Emplacamentos de veículos registram alta de 1,53% em agosto

Da Redação

A Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores apurou, nesta quinta-feira, 1 de setembro, o desempenho do setor automotivo no mês de agosto e do acumulado de 2016.

De acordo com o levantamento realizado pela entidade, que representa mais de 7.000 concessionários de veículos (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros), o total de emplacamentos no mês de agosto foi 1,53% maior que o registrado em julho. Ao todo, foram comercializadas 275.980 unidades em agosto, contra 271.817 em julho deste ano. Em relação a agosto do ano passado (319.224 unidades), houve queda de 13,55% e, no acumulado de janeiro a agosto 2015/2016, a retração chegou a 20,64% para todos os segmentos somados. Foram emplacadas, de janeiro a agosto deste ano, 2.140.477 unidades, contra 2.697.166 no mesmo período do ano passado.

O resultado positivo do mês de agosto sobre julho pode ser atribuído ao maior número de dias úteis, já que foram 23 dias em agosto, contra 21 em julho. Não fosse por isso, o resultado teria sido negativo, já que as vendas diárias sofreram retração de 8% em agosto, na comparação ao mês anterior. “Também as Olimpíadas impactaram, negativamente, nos dias de vendas, reduzindo o fluxo de clientes nas concessionárias nos dias dos jogos, mas tudo foi compensado pelo maior volume de dias úteis no mês”, explicou o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, para quem o setor e a economia devem começar a reagir a partir da definição do quadro político nacional. “Sabemos que os índices de confiança estão melhorando e, com a definição política, a economia e o setor devem começar a reagir, ainda que moderadamente, nos próximos meses, o que nos faz projetar uma queda menor no acumulado do ano, em torno de 16%”, acredita Assumpção Júnior.

Os segmentos de automóveis e comerciais leves também apresentaram alta de 1,9% nos emplacamentos em agosto. Foram emplacadas 178.103 unidades, contra 174.780 em julho. Se comparado com agosto de 2015 (199.833 unidades), o resultado aponta queda de 10,87%. No acumulado do ano, esses segmentos caíram 22,80%. Foram comercializadas 1.303.987 unidades nos primeiros oito meses de 2016, contra 1.689.043 no mesmo período de 2015.

Acompanhe, na tabela a seguir, os dados de emplacamentos de veículos NOVOS para cada segmento automotivo.

Imagem / Tabela: Fenabrave

Citroën C4 Lounge tem recall do servofreio

José Oswaldo Costa

A Citroën  anunciou, hoje, uma campanha de chamamento para o sedan-médio C4 Lounge.

novo-Citroen-C4-Lounge-2016-7

Foto: Divulgação / Citroën

O componente envolvido é o servofreio que, de acordo com a montadora, teve uma montagem inadequada do diafragma. Em alguns casos, pode haver perda de vácuo do sistema de assistência de frenagem.

Ou seja, o freio perde eficiência e o pedal pode endurecer. Com isso, aumenta-se a distância de frenagem, gerando risco de acidentes. A Citroën não informou se já foi constatado algum acidente ligado ao problema.

O atendimento inicia-se hoje e a duração do reparo é de 3 horas. O horário é das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira. Outras informações pelo telefone: 0800 011 8088 (www.citroen.com.br).

Os chassis envolvidos no recall do C4 Lounge são os seguintes:

GG520898 a HG502941 – Data de fabricação: 05/01/2016 a 05/05/2016

 

Série especial Audi A1 Sport chega às concessionárias

Da Redação

A1 Sport bx 1 (2)Acaba de chegar ao País uma nova edição especial, limitada a 50 unidades, para o Audi A1 Sportback, batizada A1 Sport. Oferecido nas cores vermelho e branco, o modelo, que é baseado na versão de entrada Attraction, recebe um pacote de estilo esportivo que inclui arco contrastante, espelhos retrovisores externos e detalhe sob as lanternas na tampa do porta-malas com pintura cinza platinada, spoiler dianteiro e saias laterais com aplicação de alumínio, extensões traseira e dianteira do arco da roda, além de rodas de alumínio de 17 polegadas com design exclusivo. O kit esportivo acrescenta R$11 mil ao preço da versão Attraction, que na tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) é R$104,74 mil.

O A1 Sport conta com o motor 1.4 TFSI, que tem 1.395 cm³ de cilindrada e desenvolve 125 cv de potência máxima e 200 Nm de torque (disponível entre 1.400 e 4.000 rpm). A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 8,9 segundos e a velocidade máxima chega a 204 km/h.

O modelo é equipado, ainda, com câmbio S tronic de dupla embreagem com sete velocidades, que pode ter as trocas de marchas feitas automaticamente ou usar o controle manual, operando o sistema tanto pela alavanca seletora no console central como pelas palhetas localizadas no volante.

A direção eletromecânica garante que o motorista tenha assistência ideal em todas as situações de rodagem. O nível de assistência é reduzido conforme a velocidade do veículo aumenta. O modelo também é equipado com ESP (Electronic Stability Program – programa eletrônico de estabilidade), que pode ser usado em modo esportivo ou inteiramente desligado.

Quando o ESP é desativado completamente, a vetorização de torque continua ativa para garantir a precisão na direção do veículo e o EDL (Electronic Differential Lock – bloqueio eletrônico do diferencial) permanece em funcionamento para assegurar o máximo de tração. A estratégia de controle de vetorização de torque foi ampliada e agora leva em conta todos os índices de aderência das estradas.

A lista de equipamentos de série do A1 Sport inclui volante multifuncional revestido de couro, coluna de direção com ajuste de altura e profundidade, computador de bordo, banco do motorista com ajuste de altura, retrovisores externos eletricamente ajustáveis, assistente de partida em rampas, faróis bi-xenônio com ajuste automático de altura de facho e luzes diurnas de LEDs, sensor de estacionamento traseiro e rádio MMI com conexão via Bluetooth.

A1 Sport bx 2 (2)

Fotos: Divulgação / Audi