Novo Mercedes-Benz Classe E chega ao Brasil em três versões

Da Redação

20161019_103b73c1246a46f0ad58fba6c16c9ca7_img-5343-2A Mercedes-Benz traz para o Brasil o novo Classe E 250. A décima geração do Classe E chega ao País em três versões, todas com motor 2.0 litros turbo que gera 211 cv e com a nova transmissão automática 9G-TRONIC de nove velocidades. O sedã acelera até 0 a 100 km/h em 6,9 segundos e atinge 250 km/h de velocidade máxima, limitada eletronicamente.

O modelo também marca a apresentação mundial de diversas inovações técnicas. Sistemas de informação, entretenimento e controle integram o conceito Intelligent Drive e oferecem uma experiência de condução semiautônoma.

“O Classe E é o sedã mais vendido da Mercedes-Benz no mundo e, no passado, redefiniu repetidamente os padrões de seu segmento. O modelo leva agora esta tradição para o futuro, com uma grande variedade de inovações que representa mais um passo no sentido da condução autônoma e que poderá ser utilizada pelos nossos clientes no Brasil”, afirmou Holger Marquardt, diretor geral Automóveis América Latina e Caribe.

20161019_cd1411a5b0424179a7301ea106a578f4_img-5635-2Comparado ao de seu antecessor, a distância ente eixos aumentou 65 milímetros (2.939 / 2.874) e o comprimento total, 43 milímetros (4.923 / 4.880).

A versão Exclusive traz a clássica grade do radiador da Mercedes-Benz, com a estrela no capô. Os modelos Avantgarde são identificáveis pela grade do radiador esportiva, com uma grande estrela como elemento central.

O novo E 250 traz um motor a gasolina de quatro cilindros de nova geração, com 2,0 litros e 211 cv de potência. O torque máximo de 350 Nm é disponibilizado a partir de apenas 1.200 rpm, o que garante reações rápidas mesmo em baixa velocidade. Turboalimentado e com injeção direta na câmara de combustão, o motor tem os injetores montados no centro do cabeçote do cilindro, com capacidade de executar até oito injeções por ciclo, a uma pressão de 200 bar, criando um jato cônico de combustível.

Desta forma, a gasolina se mescla ao ar com maior facilidade, chegando com menor intensidade à parede dos cilindros, o que ajuda a reduzir emissões indesejadas. Os motores do novo Classe E são sempre equipados de serie com a função ECO start/stop.

Todas as versões são equipadas de série com a transmissão automática de nove marchas. Trocas manuais são possibilitadas por meio das borboletas instaladas atrás do volante multifuncional.

20161019_a7a1577a6c1e4332993ee6d877481e1c_img-6150-2Assistência e Segurança – O Active Brake Assist (assistente ativo de frenagem), disponibilizado de série, pode alertar o motorista em situações de colisão iminente, dando o apoio durante as frenagens de emergência e, se necessário, também automaticamente fazer de maneira autônoma. Além de veículos lentos, reduzindo a velocidade ou estacionados, o sistema também pode detectar pedestres atravessando a zona de risco à frente do veículo.

Em autoestradas e estradas menores, o Controle de Distância Ativo (Distronic) não apenas é capaz de manter o veículo à distância correta dos automóveis à frente como, pela primeira vez, segui-los a uma velocidade de até 210 km/h. Isto pode facilitar a vida do motorista, que não precisa mais operar os pedais do freio ou do acelerador durante a condução normal e também recebe uma ampla assistência ao volante do sistema Controle de Direção Ativo – mesmo em curvas de raio médio.

Outro item único, o Assistente Ativo de Manutenção de Faixa, reconhece quando o veículo está involuntariamente saindo da faixa a velocidades entre 60 e 200 km/h e alerta o condutor por meio de vibrações no volante. Se o condutor não reagir ao aviso, o sistema pode acionar os freios de um lado para ajudar a trazer o veículo de volta à pista.

Além disso, a lista de novos equipamentos do Classe E inclui os faróis de alta resolução, cada um com 84 LEDs de alta performance controlados individualmente, que iluminam o caminho automaticamente com uma distribuição de luz que não ofusca outros usuários da via. Isso acontece porque essa configuração permite que a distribuição da luminosidade seja controlada separadamente em cada um dos faróis e adaptada dinâmica e rapidamente às situações do tráfego.

20161019_c568d80c9b494598b977cf00335ffb5b_img-6219-2Todas as funções do Intelligent Light System nos modos de farol alto ou baixo podem assim, pela primeira vez, ser executadas de forma puramente digital e sem atuadores mecânicos, incluindo, em estreia mundial, uma função de iluminação ativa puramente eletrônica.

Outros sistemas presentes de série no modelo são o Crosswind Assist (assistente de ventos transversais), que pode ajudar o motorista reduzindo substancialmente os efeitos de ventos cruzados fortes, evitando que o veículo de desvie muito da pista.

Os para-lamas dianteiros, capô e grande parte das seções dianteira e traseira são feitos de chapa de alumínio ou alumínio fundido. Esta carroceria de baixo peso – mesmo com quase cinco metros de comprimento o E 250 pesa apenas 1.615 quilos (65 kg a menos do que a versão anterior) – diminui o consumo de combustível e contribui para uma dirigibilidade ágil e esportiva.

20161019_5d852303392e4a9586a09b60c73a88b8_img-6130-2O sedã vem de série com suspensão Agility Control, com sistema de amortecimento seletivo, que se ajusta automaticamente às condições do piso. A confortável suspensão da versão Avantgarde com Todas as informações do sistema de infotainment são exibidas em uma tela de mídia de 12,3 e alta resolução.

Além disso, teclas de controle sensíveis ao toque no volante aparecem pela primeira vez em um automóvel. Como uma interface de telefone celular, eles respondem com precisão a movimentos de varredura horizontais e verticais, permitindo ao motorista controlar todo o sistema de informação e entretenimento sem ter que tirar as mãos do volante.

Outros controles para o sistema de informação e entretenimento são disponibilizados na forma de um touchpad com controlador no console central que pode até mesmo reconhecer grafia manuscrita. Também há teclas de acesso direto para funções de controle como o sistema de ar-condicionado ou para prática ativação ou desativação de alguns sistemas de assistência ao motorista.

20161019_5cc8071ebfc8410da88f9ce59755dbca_img-6138-2

Fotos: Divulgação / Mercerdes-Benz / Pedro Danthas

O novo Classe E é oferecido no mercado brasileiro em três versões de acabamento e design, todas elas com uma ampla gama de equipamentos e sistemas de segurança e assistência ao motorista. Para marcar a estreia do novo E 250, a marca preparou a versão especial E 250 Exclusive Launch Edition, que traz como itens exclusivos as rodas de liga leve com 19 polegadas de diâmetro.

A versão especial compartilha com o E 250 Exclusive, que usa rodas com 18 polegadas, o interior com acabamento em madeira brilhante marrom escuro, a praticidade e segurança dos pneus run flat, câmera traseira, Parking Pilot com Active Parking Assist Parktronic (estacionamento automático em vagas longitudinais ou transversais), fechamento remoto da tampa do porta-malas, pacote Driving Assistance e Drive Pilot. Todas as versões do novo E 250 proporcionam integração Apple Car Play e Android Auto e acesso sem uso de chave (Hands Free Access).

Já o E 250 Avantgarde se distingue visualmente pelo design diferenciado da dianteira, dominada pela grade esportiva com a estrela da Mercedes-Benz ao centro. O interior também é diferenciado, com acabamento em alumínio. Como nas outras versões, o cliente pode optar pelo revestimento dos bancos em couro nas cores preto, marrom/preto e bege/preto.

O novo Classe E chega ao mercado brasileiro com preço público sugerido de R$325,90 mil na versão Exclusive Launch Edition, R$319,90 mil na versão Exclusive e R$309,90 mil na versão Avantgarde.

Chery New QQ, fabricado no Brasil, começa a ser vendido

Da Redação

chery-new-qq-6A Chery Brasil anunciou o início das vendas do New QQ nacional, o seu segundo modelo a ser fabricado no complexo Chery em Jacareí (SP). A partir desta semana, o subcompacto pode ser encontrado em toda a rede Chery em duas versões, com preço especial de lançamento: Look, por R$ 29,99 mil, e ACT, por R$31,99 mil. Ambas são completas, sendo que o ACT é equipado com acessórios extras, como rodas de liga leve, vidros elétricos traseiros, retrovisores com ajuste elétrico, quatro auto falantes, limpador e desembaçador traseiro.

O subcompacto carrega o título de primeiro carro de uma montadora chinesa a fazer parte do ranking Car Group do Cesvi Brasil, que lista os modelos com os melhores índices de reparabilidade, ou seja, os automóveis que oferecem a melhor relação entre custo e facilidade de reparos, que impactam diretamente não só no bolso do consumidor, como também no momento do cálculo do seguro, pelas empresas seguradoras.

“O New QQ nacional já chega ao mercado com boas notícias, desbancando seus concorrentes no quesito eficiência, emissão, índice de reparabilidade e custo de seguro. São fatores que contam positivamente no momento de decisão de compra por parte do consumidor, cada dia mais consciente e responsável, financeira, social e ambientalmente. Temos uma nova geração de QQ pronta para conquistar os consumidores mais exigentes”, declarou Luis Curi, vice presidente executivo da Chery Brasil.

chery-new-qq-8O Chery New QQ chega às lojas em duas versões. Ambas completas, pois o modelo conta com itens de série que em outras marcas são considerados opcionais.

A versão Look vem equipada com ar condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos dianteiros, Chery Media System (rádio AM/FM com USB e dois auto falantes), DRL (Day Running Lights), freios ABS com EBD, airbag duplo, ajuste elétrico dos faróis, trava central nas chaves e rodas de aço com calotas personalizadas.

A versão ACT conta com tudo o que há na outra versão e acrescenta vidros elétricos traseiros, retrovisores com ajuste elétrico, quatro auto falantes, limpador e desembaçador traseiro e rodas de liga leve de 14 polegadas, em substituição às de aço.

Ambas versões estão disponíveis nas cores preto, branco, vermelho, prata, marrom e azul.

O motor 1.0 de três cilindros é moderno e tecnológico. Desenvolvido pela ACTECO, é fabricado em bloco de alumínio e cabeçote composto de 12 válvulas, alimentado por um sistema de injeção direta de gasolina, que desenvolve 69 cavalos de potência. A transmissão é mecânica de cinco marchas.

chery-new-qq-39O conjunto motriz do New QQ nacional é considerado um dos eficientes e econômicos do país, tendo recebido a melhor classificação (nota AA) na categoria microcompactos na 8ª edição do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV), divulgado pelo Inmetro em abril. O modelo também foi contemplado com o selo Conpet de eficiência energética, classificação dada aos automóveis mais eficientes e que obtiveram os melhores resultados em sua categoria e no ranking geral da lista do Inmetro.

O sistema de suspensão dianteira é tipo MacPherson, com molas helicoidais, amortecedores de dupla ação e barra estabilizadora, que tem como características melhor performance com peso leve, velocidade de resposta rápida e forte desempenho de absorção de choque. A suspensão traseira é equipada por uma estrutura de eixo rígido com molas helicoidais e amortecedores de dupla ação, que permite o equilíbrio do contrapeso, aumentando assim o conforto de todos a bordo.

O sistema de freio ABS com EBD da Bosch e os airbags duplos completam o sistema de segurança a bordo.

chery-new-qq-28

chery-new-qq-30

chery-new-qq-32

Fotos: Divulgação / Chery Brasil / BiBo Bouzaz

BMW F 700 GS, nacional, será apresentada no Salão de SP

Da Redação

bmw-f700-gs

Foto: Divulgação / BMW Motorrad

A BMW Motorrad Brasil apresentará ao público a nova BMW F 700 GS no Salão do Automóvel 2016, que este ano terá de forma inédita a presença das três marcas do BMW Group Brasil – BMW, MINI e BMW Motorrad. A motocicleta, produzida na nova fábrica própria da BMW Motorrad, em Manaus (AM), a partir desta quinta-feira (20), estará disponível nas concessionárias a partir de novembro, com preço especial de R$39,95 mil.

“Vamos aproveitar o Salão do Automóvel, um dos maiores eventos automotivos do mundo, para mostrar ao público a BMW F 700 GS, uma motocicleta versátil e tecnológica, que já vinha gerando grande expectativa entre os consumidores brasileiros e entusiastas”, comentou Federico Álvarez, diretor da BMW Motorrad Brasil.

Para uma melhor ergonomia e conforto no uso cotidiano, a big trail vem com altura do banco menor em relação ao solo (820 milímetros) – ligeiramente mais baixa em relação à BMW F 800 GS.

Ainda que seja o modelo de entrada do portfólio, a nova BMW F 700 GS agrega atributos de motocicletas de categorias superiores, trazendo uma experiência premium aos clientes recém-chegados à marca. Além de design ela compartilha, por exemplo, o motor de dois cilindros e oito válvulas com duplo comando, 798 cc, a gasolina, com refrigeração líquida, que equipa a BMW F 800 GS, e se destaca por sua confiabilidade e durabilidade. Este motor conta com sistema de injeção de combustível combinado a uma caixa de transmissão de seis marchas.

A potência, no caso da nova big trail, é de 75 cv (a 7.000 rpm), com torque máximo de 77 Nm (disponíveis a 5.300 rpm). O pacote de itens de segurança incorpora sistema de freios com tecnologia BMW Motorrad ABS, com disco duplo de 300 mm, na dianteira, e disco de 265 mm, na traseira.

Entre os equipamentos inclusos destacam-se ajustes de compressão da mola traseira, de retorno do amortecedor traseiro, dos manetes de freio e embreagem, amortecimento variável auxiliar, balança de alumínio dupla, lentes das luzes indicadoras de direção escurecidas, lanterna traseira em LED, sensor de cavalete lateral e tomada 12V.

A nova BMW F 700 GS estará disponível com pacote Premium, nas cores cinza metálico e laranja, e equipada com manoplas aquecidas e protetores de mãos, controle de pressão dos pneus (RDC), computador de bordo, controle de tração (ASC), luzes indicadoras de direção em LED e cavalete central.

Chevrolet Tracker 2017 estará no Salão de São Paulo

Da Redação

tracker

Foto: Divulgação / General Motors do Brasil

Depois de destacar a presença das novas gerações do Camaro e do Cruze Sport6 na edição 2016 do Salão do Automóvel de São Paulo, a Chevrolet confirma mais um importante lançamento: o novo Tracker.
A versão 2017 do SUV de entrada da marca chega às concessionárias até o fim deste ano no Brasil, mesma época que em outros importantes mercados globais.
Para isso, o Tracker vem repleto de novidades. Há mudanças mecânicas, visuais, de conteúdo e de acabamento. Uma configuração específica para o mercado nacional foi criada para atender as particularidades do consumidor local. Entre elas destacam-se o motor 1.4 turbo Flex, a transmissão automática sequencial de seis velocidades e o sistema Stop/Start. O powertrain é o mesmo do novo Cruze.
Entre os itens inéditos disponíveis estão o multimídia MyLink com Android Auto e Apple CarPlay, o exclusivo sistema OnStar, o teto solar elétrico e os faróis e as lanternas com LEDs, além de alertas anti-distração e outros equipamentos de segurança e de comodidade.
O Tracker traz ainda mudanças visuais. A parte frontal foi completamente redesenhada, assim como parte da traseira e as rodas aro 18, ressaltando as linhas musculosas da carroceria. Já a cabine ganha melhor acabamento com painéis e bancos mais sofisticados.
A atual geração do Tracker já emplacou mais de 400 mil unidades em aproximadamente 70 países nos últimos três anos. O montante o posiciona como um dos três modelos mais bem-sucedidos da sua categoria no mundo.

Fiat Strada tem novas versões para a linha 2017

Da Redação

fiat-strada-adventure-2017

Fiat Strada Adventure – Cabine Estendida e Dupla

Com 15 anos de liderança no mercado em seu segmento, a picape Strada chega em toda a rede Fiat trazendo novas versões em sua linha 2017.

Referência em seu segmento, o Fiat Strada 2017 conta agora com oito opções de compra em sua nova gama. As novas versões são: Working Plus 1.4 Flex (cabine simples), Hard Working 1.4 Flex (cabines simples, estendida e dupla) e Adventure 1.8 16V Flex Dualogic (cabine dupla).

fiat-strada-working-2017

Fiat Strada Working – Cabine Simples

A nova versão Working Plus 1.4 Flex Cabine Simples traz, além dos equipamentos de série, como capota marítima e iluminação na caçamba, da versão de entrada da gama (Working 1.4 Flex Cabine Simples), também os conteúdos direção hidráulica, brake light, janela corrediça, grade protetora do vidro traseiro e porta-escadas.

A Hard Working 1.4 Flex Cabine Simples traz todos os equipamentos de série da Working Plus 1.4 Flex e mais: ar condicionado, calotas integrais, faróis de neblina, vidros elétricos dianteiros, travas elétricas e banco do motorista com regulagem de altura. A Hard Working Cabine Estendida oferece a mais da versão Cabine Simples, barras longitudinais de teto e ganchos para amarração de carga na cabine. Já a versão Cabine Dupla da Hard Working soma ainda na lista de série a terceira porta, cintos de segurança laterais traseiros retráteis de 3 pontos e porta-óculos.

fia-strada-hard-working-2017

Fiat Strada Hard Working – Cabine Estendida

Fotos: Divulgação / Fiat / Adeildo Silva

Já as versões top da gama do Fiat Strada, as Adventure 1.8 16V Flex Cabines Estendida e Dupla, além de seu visual mais robusto e suas características mais aventureiras, oferecem todos os equipamentos de série da Hard Working, mais rodas 16”, sensor de estacionamento, retrovisores externos elétricos e rádio Connect CD MP3/WMA integrado ao painel com RDS, viva voz Bluetooth e entrada USB. A versão Cabine Dupla ainda conta em sua lista de série com bolsa porta-objetos e porta-copo na lateral traseira e apoios de cabeça traseiros rebaixados com regulagem de altura.

A nova versão Adventure 1.8 16V Flex Dualogic Cabine Dupla chega equipada de série com todos os itens da Adventure CD, mais câmbio Dualogic Plus e volante com alavanca de seleção de marchas tipo borboleta.

O consumidor pode deixar a sua picape Strada ainda mais completa com a lista de opcionais. Ela traz Central Multimídia, Adventure Locker (bloqueio de diferencial), sensor de estacionamento traseiro, rádio USB MP3 e pintura metálica. E ainda conta com mais de 57 acessórios Mopar, que estão disponíveis nas concessionárias Fiat de todo o Brasil.

Confira abaixo os preços das versões:

– Strada Working 1.4 Flex CS – R$46,79 mil

– Strada Working Plus 1.4 Flex CS – R$48,82 mil

– Strada Hard Working 1.4 Flex CS – R$52,88 mil

– Strada Hard Working 1.4 Flex CE – R$57,04 mil

– Strada Hard Working 1.4 Flex CD – R$64,25 mil

– Strada Adventure 1.8 16V Flex CE – R$66,28 mil

– Strada Adventure 1.8 16V Flex CD – R$73,13 mil

– Strada Adventure 1.8 16V Flex Dualogic CD – R$77,60 mil

Audi A6: quando luxo e desempenho estão juntos

José Oswaldo Costa (Publicado no Diário do Comércio – Edição: 14/10/2016)

GEDSC DIGITAL CAMERA

O Audi A6 é um sedan executivo vendido, no Brasil, nas versões Ambiente e Ambition. A primeira é equipada com motor 2.0 turbo de 252 cv e 370 Nm de torque. Com ele, o modelo leva 6,7 segundos para sair da imobilidade e atingir os 100 km/h e a velocidade máxima é de 250 km/h, limitada eletronicamente.

A Ambition é a versão topo de linha e utiliza motor 3.0 turbo de 333 cv e 440 Nm de torque. O tempo para acelerar de 0 a 100 km/h é de 5,1 segundos. A velocidade máxima também é limitada em 250 km/h. Esse motor V6 utiliza um compressor mecânico posicionado no interior do V, entre as duas bancadas de cilindros, para comprimir o ar na admissão.

Em situações de baixa e média rotação (com pouca exigência do motor), uma embreagem eletromagnética desativa o compressor. O propulsor apresenta, ainda, dupla injeção de combustível, além de comandos de válvulas de admissão e escapamento reguláveis, tudo para reduzir o atrito interno.

Tanto o Audi A6 Ambiente quanto o Ambition utilizam transmissão automatiza de sete marchas (S Tronic) de duas embreagens.

GEDSC DIGITAL CAMERADC Auto recebeu, para avaliação, o Audi A6 Ambition 3.0 V6 quattro. Como o nome revela, o modelo é equipado com a tradicional tração integral, sob demanda, da marca. Tivemos a oportunidade de utilizar o sedan pelas estradas de Minas Gerais, percorrendo mais de mil quilômetros. Além do luxo e do acabamento interno se sobressaltarem, bem como o ótimo espaço para os ocupantes, salta aos olhos seu desempenho comparável ao de modelos esportivos.

O rodar é macio e muito confortável, assimilando qualquer irregularidade do piso. E mesmo sendo um veículo de grandes proporções (ver ficha técnica), apresentou ótimo desempenho em trechos com muitas curvas fechadas. Impossível não se sentir seguro, também, com tanta potência disponível para realizar ultrapassagens.

Quando o motor é exigido, a rápida resposta ao pedal do acelerador faz com que os ocupantes “colem” aos seus bancos. Para quem aprecia, sensação muito gostosa. E mesmo com esse formidável desempenho, todo luxo e conforto necessários a um sedan executivo estão presentes. É uma mistura de estilos bastante interessante.

GEDSC DIGITAL CAMERA

O A6 foi renovado e apresenta mudanças no design. A moldura da grade do radiador está mais larga e o conjunto ganhou um elegante acabamento cromado. O para-choque dianteiro foi redesenhado. As tomadas de ar nas suas extremidades passam a ser interconectadas e também receberam moldura cromada.

Os faróis foram alterados, ficando mais modernos, e, na versão avaliada, são totalmente em LED, o que aumenta a eficiência da iluminação e a vida útil, além de apresentar menor custo de manutenção. Na versão Ambiente, os faróis são de xenônio.

GEDSC DIGITAL CAMERA

Na traseira, as lanternas são novas, com luzes de LED, e estão mais estreitas. A borda da tampa do porta-malas recebeu um friso de alumínio. Nas extremidades do difusor de ar (na cor preta), na parte mais baixa do para-choque, foram instaladas as novas ponteiras de escapamento, com formato trapezoidal que reforça a aparência de largura do carro.

As saias laterais foram redesenhadas, trazendo contornos mais fortes.  As caixas das rodas são grandes e bem definidas. Os frisos das janelas passam a contar com acabamento preto brilhante (black piano) e as belíssimas rodas em liga leve de 19 polegadas também são novas. As rodas são de 18 polegadas na versão de entrada.

Segurança e eficiência também presentes:

O interior traz o primoroso acabamento da Audi, com muito bom gosto. Materiais belos e de qualidade chamam a atenção. O acabamento com aparência de alumínio está presente na parte central do painel, inclusive abaixo do quadro de instrumentos, no console central e emoldurando as maçanetas das portas, que também são do mesmo material.

Os bancos são revestidos com couro Milano e apresentam regulagem elétrica com duas memórias de posição. Na unidade avaliada, eram na cor preta, mas o comprador pode optar pelo bege, pelo marrom ou pelo cinza. Na versão Ambiente, o revestimento é feito com material sintético. À noite, o modelo conta com iluminação ambiente (em LED) para o interior.

GEDSC DIGITAL CAMERA

As duas versões trazem, de série, o rádio MMI Plus com controle por voz e sistema de navegação. Também estão presentes os sistemas Audi Connect, para smartphones, e Bluetooth. A versão avaliada apresenta sistema de som da marca Bose (que inclui DVD Player) e traz 14 alto-falantes, speaker central e subwoofer. São 472 watts de potência.

O quadro de instrumentos é simples, elegante e funcional. Entre o velocímetro e o conta-giros está instalado o display colorido, de sete polegadas, que concentra todas as informações e regulagens mais importantes do carro. Temperatura do motor e marcador de combustível são digitais.

GEDSC DIGITAL CAMERA

A tela do sistema multimídia fica embutida no painel, acima das saídas de ar centrais. Ao ser ligado, através dos comandos alojados no console central, ela emerge automaticamente. O sistema traz mapas em 3D, disco rígido de 20 gigabytes para armazenamento de música nos formatos WMA e MP3, Bluetooth, comandos por voz e entrada USB. O ar-condicionado é de duas zonas independentes, com saídas para o banco traseiro, e o sedan executivo conta com teto solar elétrico.

GEDSC DIGITAL CAMERA

Fotos: José Oswaldo Costa

O A6 Ambition possui o prático head-up display, com algumas informações sendo projetadas no para-brisa evitando, assim, que o condutor tire sua atenção do trajeto. São projetados dados de navegação, velocidade, controle de cruzeiro e mensagens de advertência. O modelo é equipado, ainda, com câmera de ré e sensores de estacionamento dianteiros e traseiros.

Falando do controle de cruzeiro, ele é adaptativo e mantém distância constante do veículo que trafega à frente. Isso é possível pela presença de um radar que ajusta a velocidade. A velocidade e a distância são programadas pelo motorista.

As duas versões do Audi A6 são equipadas com seis airbags (dianteiros, laterais e do tipo cortina) e controles de estabilidade e tração. O sistema Audi Drive Select oferece ao condutor a possibilidade de alterar as características do motor, da transmissão, da direção e de outros sistemas. Ele conta com cinco modos: efficiency (eficiência); comfort (conforto); auto (automático); dynamic (dinâmico) e individual. No último, o motorista altera cada parâmetro da maneira que achar melhor.

A versão avaliada também trazia entre seus itens o assistente de partida em rampas, monitoramento da pressão dos pneus, sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis, indicador de fadiga do motorista, alerta de ponto cego e sistema de visão noturna.

De acordo com os números da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), foram vendidas, nesse ano, 152 unidades do Audi A6 (até ontem). Na tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o preço do Audi A6 Ambition 3.0V6 quattro é R$357,96 mil. Já a versão Ambiente 2.0 TFS,I tem o preço de R$271,10 mil na mesma tabela.

 *Mais fotos do Audi A6 no: www.flickr.com/photos/detalhauto

BMW Motorrad anuncia recall da BMW G 650 GS e GS Sertão

Da Redação

  • Campanha envolve modelos equipados com motor monocilíndrico fabricados entre março de 2013 e outubro de 2015;
  • 3.457 motocicletas estão envolvidas.

A BMW Motorrad Brasil convoca proprietários das motocicletas BMW G 650 GS e BMW G 650 GS Sertão fabricadas entre março de 2013 e outubro de 2015 a comparecerem a uma concessionária autorizada da marca para agendarem gratuitamente a atualização do software responsável pelo gerenciamento do motor. Tal falha pode causar o mau posicionamento do atuador de marcha lenta e, em determinadas ocasiões, causar o desligamento inesperado do motor.

Quando a falha se manifestar em baixas velocidades da motocicleta, poderá ocorrer o travamento da roda traseira com possível queda do condutor e passageiro, podendo causar danos físicos e materiais a eles e a terceiros. A BMW do Brasil destaca que, até o presente momento, não tem conhecimento de nenhum acidente no Brasil envolvendo os veículos da marca BMW objeto desta campanha de recall por consequência da falha de funcionamento no software de gestão do motor.

Esta campanha preventiva tem como objetivo principal garantir a segurança dos clientes da BMW Motorrad e orienta os proprietários das referidas motos a entrarem em contato com a concessionária autorizada para que seja efetuado o agendamento da atualização do software de gerenciamento do motor. O serviço é gratuito e dura, em média, aproximadamente 60 minutos. Os serviços poderão ser realizados a partir de 28 de novembro de 2016.

Para mais informações, a BMW recomenda aos clientes que entrem em contato com a empresa por meio do Serviço de Atendimento ao Cliente BMW (0800 707 3578), de 2ª a 6ª-feira, das 8 às 19 horas, ou acessarem http://www.bmw-motorrad.com.br/br/pt/recall.

Os chassis não sequenciais envolvidos são:

MODELO DE ATÉ
G 650 GS Sertão Z386206 Z386225
G650 GS Z085641 Z599188