Honda CRF 1000L Africa Twin é superlativa

Rogério Machado*   (Publicado no Diário do Comércio – 25/08/2017)

Modelo se destaca, em todos os tipo de terrenos, no segmento das Adventure Motorcycles

Vei10 - No caso da Africa Twin tamanho e documento. Um conjunto bem equilibrado com o motor `pronto` para respostas rapidas.

Foto: Honda / Divulgação

As denominações usadas para identificar motocicletas capazes de se dar bem tanto na estrada quanto fora dela não foram suficientes para suportar o avanço da cilindrada e da sofisticação desse tipo de veículo.

Foi necessário cunhar outro nome para as supermotos com uso on-off road, inaugurando outro nicho de mercado, e assim nasceu a Adventure Motorcycle.

Realmente, o nome é apropriado. Nunca se aventurou tanto sobre duas rodas, seja em viagens em terrenos pouco explorados e regiões inóspitas ou mesmo em escapadas que podem dar a volta ao mundo.

Todos querem desbravar esse planeta já bastante ocupado pela raça humana. Durante viagens, me encontro com motociclistas alemães no Canadá, italianos no Marrocos, franceses na Croácia, brasileiros na Terra do Fogo e por aí vai.

Parece que todos querem se aventurar e podemos ver isso através de uma avalanche de blogs e páginas inspiradoras no Facebook, além de portfólios com extensas experiências de vida, indo cada vez mais longe.

Vei11 - Rogério Machado - Bem ambientada nas estradas de Minas.O fato é que BMW, Honda, Yamaha, Ducati, KTM, Triumph, Huskvarna e Suzuki, entre outras, encontraram nesse segmento um terreno fértil para projetos muito interessantes. Uma destas bem-sucedidas motocicletas é a Honda CRF 1000L Africa Twin.

Quando se fala em uma motocicleta com motor de 1000cc, capaz de fazer off-road, as perguntas que vêm à mente dizem respeito a agilidade e manobrabilidade. Como manter estas características com um veículo de grande porte?

Na Africa Twin esse desafio de equilibrar os volumes e o peso foi muito bem resolvido através da adoção de um motor dois cilindros paralelos. Componentes de massa significativa, como a bateria, foram posicionados próximos a eles.

E esta disposição favoreceu a concentração do peso em uma área mais central, resultando em um centro de gravidade relativamente baixo com uma distribuição de peso adequada sobre as rodas.

Isto deixou a moto muito versátil, também, em manobras de baixa velocidade.

O motor com cilindros paralelos contribui com a versatilidade da Africa Twin.Motor – O motor produz 90,2 cv, o que garante um desempenho excelente na superação de obstáculos, aclives acentuados e também na estrada.

A elasticidade é um dos seus pontos altos e a motocicleta responde às solicitações de forma suave, porém vigorosa, o que deixa as manobras mais seguras em todo terreno.

O controle de tração (HSTC) ajuda a domesticar os cavalos e pode ser regulado em três graduações, de acordo com o uso. O controle de vibrações é outro aspecto bem resolvido.

Tanto que no guidão, pedaleiras e assento não se percebe a presença do motor. O câmbio de seis marchas é preciso e bem escalonado, utilizando embreagem multidisco a banho de óleo.

Durante a avaliação, rodando em terreno misto entre estradas de terra e asfalto, a CRF1000L apresentou um consumo de 23 km/l.

Os freios ABS sao excelentes. O traseiro pode ser utilizado em modo convencional.

Fotos: Rogério Machado

Suspensão e freios – A suspensão anterior oferece 230 mm de curso com garfo invertido, enquanto na traseira é monoamortecida (pro-link) com curso de 220 mm. Ambas com possibilidades de regulagem para o peso do piloto e condições do piso.

Respondem muito bem no asfalto ou irregularidades de terreno. Os freios estão muito bem calibrados e apresentam uma resposta positiva mesmo em situações mais críticas. O sistema ABS é absolutamente necessário em qualquer motocicleta e, no caso da Africa Twin, essencial, pela proposta de uso, transmitindo muita segurança.

O piloto pode desativar o traseiro para uso em condições específicas. As rodas raiadas são de alumínio, posterior 18 polegadas e anterior 21 polegadas. Conferem uma ótima rodagem sobre piso irregular. O entre-eixos de 1.574 mm oferece uma grande estabilidade nas estradas.

Ergonomia e conforto garantem o prazer na pilotagem 

O formato do tanque de combustível, bastante estreito na parte posterior, favorece muito as manobras com o piloto em pé. Outro ponto que nos agradou foi a posição do guidão e das pedaleiras.

O assento pode ser regulado em altura com uma variação de 20 mm. A postura é praticamente ereta, transmitindo a sensação de domínio pleno da motocicleta e evitando o cansaço.

O pequeno para-brisa em acrílico tem um papel importante no conforto, criando um ótimo ambiente de pilotagem. Os instrumentos com mostrador digital possuem o fundo preto com as indicações em tom claro, o que favorece a visibilidade e leitura em qualquer velocidade.

Vei13 - O painel digital com fundo preto facilita a leitura

Foto: Honda / Divulgação

Um conjunto de malas está disponível, como opcional, completando o papel estradeiro da CRF1000L.

A opção por uma adventure motorcycle leva a diversas marcas, com diferentes aspectos de desempenho e ergonomia, que resultam na adaptação do piloto à motocicleta e vice-versa, já que muitos sistemas são reguláveis.

Antes de fazer sua escolha, inclua um test drive na Africa Twin. Na tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o preço da Honda CRF 1000L Africa Twin é R$ 66,73 mil.

Vei12 - Rogério Machado - A pintura e acabamentos sao pontos fortes na Africa Twin.

Foto: Rogério Machado

Ficha técnica:

Dimensões (mm): comprimento, 2.334; largura, 932; altura, 1.478; entre eixos, 1.574; distância mínima do solo: 250; altura do assento, 870 max. 850 min.

Peso seco: 212 kg.

Capacidades: tanque combustível 18,8l (reserva 3,6l), Óleo 4,9l (4,1l na troca com filtro)

Chassi: berço duplo.

Suspensões: dianteira Telescópica invertida 230 mm e traseira pro-link de 220 mm ambas ajustáveis.

Freios ABS: dianteiro com disco de 310 mm e traseiro com disco de 256 mm (ABS traseiro pode ser desativado).

Pneus Tubetype: dianteiro 90/90 (roda de alumínio de 21 polegadas) e traseiro 150/70 (roda de alumínio de 18 polegadas).

*Colaborador

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s