Nova Frontier está pronta para a disputa

José Oswaldo Costa  (Publicado no Diário do Comércio – Edição: 06/10/2017)

Picape da Nissan conta, agora, com bom pacote tecnológico, conforto e powertrain de respeito

GEDSC DIGITAL CAMERAA nova Nissan Frontier foi lançada no mês de março. Em seis meses de “venda cheia” – de abril a setembro – vendeu 1.943 unidades, ou seja, algo em torno de 324 unidades/mês. Os números são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Tivemos duas oportunidades para avaliar a picape: trecho totalmente de rodovia asfaltada, em viagem realizada ao interior do Estado, e trecho misto (asfalto e terra), em uma expedição realizada pela montadora para a região de Lagoa Santa e Serra do Cipó.

Em ambas, tivemos a chance de verificar as boas qualidades da Frontier. Nos mais de mil quilômetros que percorremos no asfalto, o motor 2.3 16V bi-turbo com intercooler, injeção direta e movido a diesel, capaz de render 190 cv e 45,9 kgfm de torque, mostrou-se totalmente adequado para a picape.

As retomadas, em qualquer velocidade, são vigorosas e dão muita segurança para as ultrapassagens. O câmbio, bem escalonado, é automático de 7 marchas com possibilidade de trocas sequenciais através da própria alavanca. Lembrando que, na geração antiga, a transmissão era de cinco marchas e sem a opção por trocas manuais.

Uma boa novidade, ainda mais com a caçamba vazia, é a nova suspensão traseira. Foi adotado o sistema multilink com molas helicoidais que trabalham em conjunto com um eixo rígido. Traduzindo: conforto no rodar (menos solavancos no interior) e boa estabilidade.

GEDSC DIGITAL CAMERA

Fotos: José Oswaldo Costa

Além disso, a mudança faz com que a picape fique com a traseira menos “arisca” em pisos ruins. Nesse quesito, se aproximou muito do conforto ao rodar oferecido pela Fiat Toro, uma picape menor com dirigibilidade similar à de um sedan.

O eixo traseiro foi reposicionado para ficar protegido contra os danos causados por pedras ou colisão com o piso.

A tração 4×4 também está presente, com opção pela integral ou reduzida: 4×2, 4×4 High e 4×4 Low. Ela pode ser acionada por meio de um botão giratório no painel com o veículo em velocidade de até 100 km/h. Uma boa novidade para o off-road é o limitador de diferencial (LSD), que evita que as rodas patinem.

O sistema mostrou ótimo desempenho nos trechos de terra em que rodamos em Lagoa Santa e na Serra do Cipó. Qualquer obstáculo era transposto sem a menor dificuldade. Além disso, a tração deu o equilíbrio necessário para que a picape ficasse “nas mãos” nas estradas de terra batida que apresentavam muito pó solto, devido ao clima extremamente seco, e cascalho.

Interior, igual aos sedans, se destaca

Vei4 - Nissan - Divulgação

Foto: Nissan / Divulgação

Internamente, a Frontier ganhou um novo sistema multimídia com tela de 6,2 polegadas. Ele possui 2 GB de espaço e conexão à internet por meio de Wi-Fi pela plataforma Android e download de aplicativos. A chave é presencial e a picape conta com botão Push Start para dar a partida.

Falando em interior, as mudanças o tornaram bem mais confortável e aconchegante. O quadro de instrumentos é bem mais moderno e lembra bastante o que é utilizado no sedan Sentra.

São dois relógios (velocímetro à esquerda e conta-giros à direita) com o computador de bordo entre eles.

Aliás, como vem ocorrendo com as picapes disponíveis no nosso mercado, o interior lembra muito o de um sedan no que diz respeito à qualidade dos materiais utilizados e acabamento.

A Frontier utiliza couro, material cromado imitando alumínio e o já conhecidíssimo black piano (preto brilhante).

Bons exemplos são o banco do motorista, que conta com ajustes elétricos, e o sistema de ar-condicionado, de duas zonas, que agora possui saídas para o banco traseiro. Além disso, os dois bancos dianteiros possuem sistema de aquecimento. Todos são forrados em couro.

O volante multifuncional tem boa pega e o diâmetro é adequado para manobras e para o peso do veículo. Além dos porta-copos presentes no console central, existem mais dois, escamoteáveis, abaixo das saídas de ar laterais.

GEDSC DIGITAL CAMERA

Foto: José Oswaldo Costa

No interior da caçamba, a Nissan oferece duas boas novidades: uma tomada 12V e os quatro ganchos para amarração que são móveis, o que facilita a amarração de cargas dos mais diferentes tipos e tamanhos.

Interessante que tomada de 12V é o que não falta na picape. Além da tradicional, posicionada abaixo do botão seletor da tração 4×4 no console central (próxima ao câmbio), uma segunda foi instalada no alto do painel, acima das saídas centrais do sistema de refrigeração.

Nesse primeiro momento, a picape está sendo vendida exclusivamente na versão LE, importada do México. Quando passar a ser importada da Argentina, a gama de opções será ampliada. Na tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) seu preço é R$ 162,51 mil.

Dentre outros, a nova Nissan Frontier LE 4×4 2.3 Turbodiesel conta com duplo airbag, retrovisores externos com rebatimento elétrico, volante multifuncional com iluminação dos botões, câmera de ré, sensor de estacionamento traseiro, controle de tração, sistema que controla descidas em rampas (HDC), sistema de partidas em rampas (HSA), freios ABS com controle eletrônico de frenagem (EBD) e assistência de frenagem (BA), computador de bordo, sistema multimídia com GPS, rádio, CD/DVD, Bluetooth e entrada USB, ar-condicionado digital de duas zonas com saídas para o banco traseiro, faróis de neblina, bancos revestidos em couro, banco do motorista com ajustes elétricos, chave presencial, botão de partida (start/stop) e rodas em liga leve.

Com as modificações feitas na nova geração, a Nissan Frontier se mostra uma rival à altura de todas as suas concorrentes. Até então, a mais defasada do mercado, hoje esbanja tecnologia embarcada, conforto, bom acabamento e powertrain respeitável. Motivos de sobra para a concorrência se preocupar.

Ficha Técnica:

✔  Velocidade máxima — 180 km/h

✔  0 a 100 km/h — 12,5 segundos

✔  Potência — 190 cv

✔  Consumo médio — 8,7 km/l (cidade) e 10,4 km/l (estrada)

✔  Distância entre-eixos — 3,15 metros

✔  Comprimento — 5,25 metros

✔  Largura — 1,85 metro

✔  Altura — 1,86 metro

✔  Ângulo de entrada — 31,6º

✔  Ângulo de saída — 27,2º

✔  Vão livre do solo — 292 mm

✔  Capacidade da caçamba — 1.054 litros

✔  Capacidade do tanque — 80 litros

✔  Pneus/ Rodas — 255/70 R16 / Liga leve 16 polegadas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s