Nova geração do Jeep Wrangler chega aos EUA

Da Redação      (Publicado no Diário do Comércio – 08/12/2017)

Modelo será lançado no Brasil em 2018

All-new 2018 Jeep® Wrangler Rubicon, 1944 Jeep Willys-OverlandO novo Jeep Wrangler 2018 foi apresentado nos Estados Unidos. O veículo, com grande capacidade off-road, chega ao Brasil no segundo semestre do ano que vem. Segundo a Jeep, o novo Wrangler traz motorizações avançadas e eficientes, comportamento dinâmico superior no asfalto e uma série de recursos inovadores de segurança e tecnologia.

“A Jeep sempre representou a excelência em capacidade off-road e na condução ao ar livre. Nosso novo Wrangler 2018 mantém esse legado importante e o leva ao futuro”, disse Mike Manley, chefe global da Jeep.

“O novo Wrangler é instantaneamente reconhecível como um Jeep, mantendo-se fiel ao original, mas é melhor em todos os sentidos – oferecendo capacidade ainda mais robusta, mais conforto de rodagem, mais eficiência de combustível graças a várias opções avançadas de powertrain, mais conforto interno, mais segurança e mais tecnologia”, finalizou.

Produzido na fábrica de Toledo, Ohio (EUA), o Jeep Wrangler de duas portas estará disponível a partir de janeiro na América do Norte, em três versões diferentes: Sport, Sport S e Rubicon. Com a carroceria de quatro portas, a versão recebe o nome de Sahara.

O novo Wrangler oferece dois sistemas 4×4 avançados e, pela primeira vez na sua história, uma caixa de transferência de duas velocidades com tração integral permanente e uma relação reduzida de 2,72:1 disponível para a versão Sahara.

All-new 2018 Jeep® Wrangler SaharaChamada de Selec-Trac, essa nova caixa de transferência é intuitiva e permite que o condutor o configure e esqueça, enquanto a força é constantemente entregue às rodas dianteiras e traseiras.

No sistema Command-Trac 4×4, a caixa de reduzida tem relação de 2,72:1, e eixos dianteiros e traseiros Dana de última geração e relação no eixo traseiro de 3,45:1.

No Wrangler Rubicon, o sistema Rock-Trac 4×4 tem eixos Dana 44 de última geração e alto desempenho com relação reduzida de 4:1. A relação 4,1 do eixo dianteiro e traseiro é padrão, assim como os diferenciais de bloqueio eletrônico Tru-Lok.

As versões do Wrangler Rubicon oferecem evoluções em articulação e curso de suspensão em comparação à geração anterior com a ajuda de uma barra estabilizadora eletronicamente desconectável.

Ambos os sistemas Command-Trac e Rock-Trac oferecem gerenciamento de torque em tempo integral, ideal para condições de baixa tração. É possível ainda equipar o Wrangler com o Trac-Lok, um diferencial traseiro de deslizamento limitado que oferece torque e aderência extras durante situações escorregadias e de baixa tração, como a condução sobre areia, cascalho, grama molhada, lama fina, neve ou gelo.

All-new 2018 Jeep® Wrangler RubiconAlguns números do modelo: ângulos de 44° (entrada), 37° (saída) e 27,8° (rampa), distância do solo de 27,7 cm, 76 cm de capacidade de submersão, pneus de 33 polegadas nas versões Rubicon e capacidade de rebocar 1.587 kg.

Além disso, há placas de proteção sob a carroceria e ganchos de reboque dianteiros e traseiros.

Design – O novo Wrangler apresenta linha de cintura mais baixa e janelas maiores para melhor visibilidade externa, especialmente nas trilhas.

A equipe de design do Jeep deu à grade de sete fendas um olhar atualizado que agora mostra as duas fendas nas pontas se cruzando com os faróis, homenageando os Jeep CJ (como o CJ-5 feito no Brasil entre as décadas de 1950 e 1980).

A parte superior da grade foi suavemente inclinada para melhorar a aerodinâmica.

Nas versões Sahara e Rubicon, os faróis de LED e as luzes de neblina disponíveis oferecem luz. Estes modelos apresentam luzes diurnas e as setas de direção em LED estão posicionados na frente dos para-lamas trapezoidais. Atrás, as tradicionais lanternas quadradas podem ser de LED.

Vei4 - FCA US LLC - DivulgaçãoMotores e transmissões – O motor EcoDiesel V6 de 3 litros e o novo quatro-cilindros 2.0 com turbocompressor juntam-se à linha Wrangler, que mantém o Pentastar V6 de 3.6 litros, que teve melhorias significativas para 2018.

O novo motor turbo de 2 litros, 4 cilindros em linha e injeção direta oferece 270 cv de potência e 40 kgfm de torque. Juntamente com uma transmissão automática de 8 velocidades, seu torque supera o do motor V6 também oferecido no Wrangler.

O motor Pentastar V6 de 3.6 litros da FCA oferece 285 cavalos de potência e 36 kgfm de torque. Ele é projetado para fornecer uma ampla gama de torque com uma ênfase especial no torque a baixas rotações, aspecto crucial na direção extrema do off-road.

Uma transmissão manual de seis velocidades totalmente nova é padrão em todos os modelos Wrangler equipados com o Pentastar V6 de 3.6 litros, tendo um câmbio automático de oito marchas como opcional.

O motor EcoDiesel de 3 litros só estará disponível a partir de 2019 nas versões de 4 portas do Wrangler, com 260 cv de potência e 61 kgfm de torque, bem como sistema Stop-Start (ESS) de série.

Uma nova transmissão automática de 8 marchas também vem como padrão, retralhada para lidar com o aumento de torque. O EcoDiesel V6 implementará a nova tecnologia de turbocompressor com rolamento de baixa fricção projetado para funcionar em baixas velocidades e em situações de transição onde a resposta imediata é necessária.

All-new 2018 Jeep® Wrangler Sahara

Fotos: FCA US LLC / Divulgação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s