Ford Ka Freestyle chegará no 2º semestre

José Oswaldo Costa*

de São Paulo / SP

Vei4 - Pedro Bicudo - Ford - DivulgaçãoA Ford apresentou, nessa semana, uma nova opção para o hatch compacto Ka. Denominada Freestyle, a versão aventureira foi mostrada para a imprensa especializada no mesmo dia em que era lançada na Índia.

Aqui, o evento foi, apenas, para o pré-lançamento. Tanto que os jornalistas sequer tiveram acesso ao interior do carro que, segundo a Ford, terá várias mudanças em relação às versões atuais. A única informação obtida é que o Ka Freestyle utilizará a central multimídia Sync 3.

Com lançamento previsto para o início do 2º semestre, as opções de motorização e câmbio que serão utilizadas também não foram informadas.

Vei5 - Pedro Bicudo - Ford - Divulgação

Fotos: Pedro Bicudo / Ford / Divulgação

*o jornalista viajou a convite da Ford

Peugeot 3008 ganha nova versão, topo de linha, Griffe Pack

José Oswaldo Costa*  (Publicado no Diário do Comércio – Edição: 02/02/2018)

de Indaiatuba / SP

Tecnologias para segurança se destacam

Vei1 - Peugeot - DivulgaçãoA atual geração do Peugeot 3008 foi lançada no Brasil no fim de junho do ano passado. Importada da França, chegou ao País em versão única de acabamento.

Desde então, foram vendidas mais de 1 mil unidades. Além dessas, existe uma fila de espera de 500 unidades, segundo a montadora francesa.

Agora, para a linha 2018, o utilitário esportivo ganha uma versão mais completa: Griffe Pack.  Dessa forma, o modelo passa a ter duas versões: Griffe (R$145,99 mil) e Griffe Pack (R$154,99 mil).

Mas, pelos R$ 9 mil de diferença entre uma versão e outra, o que o comprador leva a mais? De início, podemos dizer que o SUV recebeu um bom “recheio” tecnológico.

Tecnologias – O 3008 ganhou múltiplos ADAS (Advanced Driver Assistance System), como: Active Safety Brake (frenagem automática de emergência e alerta de colisão); correção e alerta de permanência em faixa; detector de fadiga; assistência de farol alto (comutação automática de faróis altos/baixos); leitor de sinalização de velocidade (reconhecimento das placas de velocidade e recomendações); piloto automático inteligente; sistema de ponto cego ativo e Visiopark (assistente de manobras de estacionamento).

Na apresentação da nova versão, os jornalistas especializados tiveram a oportunidade de ver o funcionamento, na prática, do Active Safety Brake, por exemplo.

O utilitário é equipado com uma câmera na parte superior do para-brisas e um radar no para-choque dianteiro. Isso faz com que ele seja capaz de frear, ou parar totalmente, caso detecte uma falta de reação do motorista diante de uma colisão iminente em um carro dianteiro ou um pedestre.

Esse sistema é acionado quando a velocidade do veículo estiver entre 5 km/h e 140 km/h no momento em que um veículo em movimento é detectado; quando a velocidade do veículo for de no máximo 80 km/h; quando um veículo parado for detectado e quando a velocidade do veículo for de no máximo 60 km/h quando um pedestre for detectado.

Já o sistema o sistema ativo de ponto cego e o alerta de permanência em faixa funcionam, também, com uma câmera na parte superior do para-brisas. Ele reconhece linhas contínuas e descontínuas nas vias e alerta o condutor no caso de ultrapassagem involuntária.

Vei2 - Peugeot - DivulgaçãoOu seja, em caso de falta de atenção, na tentativa de desvio da direção, a uma velocidade superior a 60 km/h, e estando com as duas mãos ao volante, o sistema emite um alerta e também corrige a trajetória do veículo para mantê-lo na faixa.

Além disso, ele avisa o condutor da presença de outro veículo nas zonas de ponto cego do SUV em velocidade entre 12 km/h e 140 km/h. O alerta é dado por uma luz que se acende no retrovisor do lado em questão, assim que um carro, caminhão ou moto for detectado. Mais do que isso, o sistema também “segura” o volante, evitando colisão lateral.

A assistência de farol alto faz análises dos faróis. Ele alterna automaticamente entre luz alta e baixa, dependendo das condições do trânsito e de iluminação, e otimiza o tempo de circulação em luz alta.

Um sistema bastante interessante é o leitor de sinalização. Ele detecta as placas, as lê e exibe no painel de instrumentos. E é atualizado quando o veículo passa por uma nova placa de limite de velocidade destinada a automóveis.

O limite de velocidade recomendado completa a função: o condutor pode optar por adaptar a regulagem da velocidade do veículo em função do limite de velocidade lido pela câmera.

Além desses novos recursos que a equipam, a versão Griffe Pack conta, ainda, com: controle de estabilidade; sistema de freios com ABS, auxílio de frenagem de urgência e repartidor eletrônico de frenagem; seis airbags (frontais, laterais e do tipo cortina); apoios de cabeça e cinto de segurança de três pontos para os cinco ocupantes; sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis e alerta de pressão baixa dos pneus.

É sempre bom ressaltar que o Peugeot 3008 recebeu 5 estrelas – nota máxima – nos testes de segurança realizados pelo respeitado instituto Euro NCAP. Além disso, o modelo recebeu quase 40 prêmios ao redor do mundo.

Externamente, o Peugeot 3008 Griffe Pack se distingue da versão de entrada pelos retrovisores e teto pintados na cor preta.

Conforto – No interior, destaque para o painel de instrumentos totalmente digital de 12,3 polegadas. Já o sistema multimídia, bastante intuitivo e de fácil operação, apresenta tela sensível ao toque de 8 polegadas. Ela foi fixada como um tablet.

Vei3 - Peugeot - Divulgação

Fotos: Peugeot / Divulgação

Botões posicionados como teclas de piano, abaixo das saídas de ar centrais – de muito bom gosto – reúnem as principais funções: rádio, climatização, parâmetros do veículo, telefone e aplicativos móveis.

Os bancos dianteiros são equipados com massageador: oito bolsas de ar espalhadas nos encostos proporcionam cinco tipos de massagens diferentes. Em trechos longos, como em viagens, são muito bem-vindos.

No conjunto mecânico, nenhuma alteração. O Peugeot 3008 Griffe Pack utiliza o mesmo, e competente, motor 1.6 THP (turbo), desenvolvido em parceria com a BMW, capaz de render 165 cv e 24,5 kgfm de torque.

Ele trabalha em conjunto com um câmbio automático de 6 marchas. Existe a opção pelas trocas manuais através de paddle shifts localizados atrás do volante.

Alguns números do utilitário esportivo: comprimento – 4,45 metros; largura – 1,91 metro; altura – 1,62 metro; entre-eixos – 2,67 metros; altura livre do solo – 226 mm; ângulo de ataque – 20º e ângulo de saída – 29º. O porta-malas tem capacidade para 520 litros.

Com 106 pontos de venda no Brasil, a Peugeot se prepara, agora, para o lançamento do 5008 (utilitário maior do que o 3008) e para a versão de passageiros do furgão Expert.

*O jornalista viajou a convite da Peugeot

Linha 2018 do Honda City traz, como destaque, novo sistema multimídia

Da Redação

Honda City 2018 EXL (42)A Honda apresentou a linha 2018 do City. O modelo chega ao mercado com design renovado e alguns equipamentos inéditos.

Na linha 2018, o City será oferecido em cinco versões, todas equipadas com o motor 1.5, de até 116 cv, e transmissões CVT ou manual de cinco velocidades.

O sedan recebeu novos para-choques, na dianteira e traseira, que trazem linhas mais horizontais e esportivas e que tornam o visual mais largo, valorizando o porte.

A nova grade frontal traz design que avança sobre os faróis, trazendo o logotipo da Honda destacado e ampliado ao centro. Os faróis também são novos e trazem luzes de rodagem diurnas em LED integradas, de série, em todas as versões do City.

Honda City 2018 EXL (96)Esses novos faróis trazem iluminação com refletor duplo e lâmpadas halógenas em todas as versões, com exceção do modelo EXL, que recebe um conjunto exclusivo com luzes em LED, tanto para o farol baixo como para o alto.

Na traseira, as novas lanternas possuem guias em LED, de desenho inédito, nas versões LX, EX e EXL. Nestas versões, o City recebe uma nova roda de liga leve de 16 polegadas com desenho exclusivo.

Honda City 2018 EXL (56)A versão DX, por sua vez, passa a ser equipada com rodas de liga leve de 15 polegadas, que trazem também um desenho inédito.

Em todas as versões, o City 2018 traz itens de série como: ar-condicionado (manual nas versões DX, Personal e LX, e digital full touchscreen na EX e EXL); sistema de som com Bluetooth e entrada USB; direção elétrica EPS; acionamento elétrico para travas das portas e vidros das quatro portas; volante com ajuste de altura e profundidade e chave do tipo canivete com sistema de travamento e destravamento das portas com imobilizador, dentre outros.

Honda City 2018 EXL (5)Para a linha 2018, a Honda adotou uma nova cor para o acabamento no painel presente a partir da versão LX, que ganhou um cinza mais escuro, enquanto os bancos, nas versões equipadas com tecido, trazem também uma nova padronagem.

No City EX a novidade fica por conta da adoção dos airbags laterais, em adição aos dois frontais, de série em todas as versões. Também oferece como destaques volante com acabamento em couro e apoio de braço central dianteiro revestido e com porta-objetos, bem como o controle de cruzeiro e o sistema de áudio com tela de 5 polegadas, oito alto falantes, além de câmera para manobras em marcha à ré.

A versão EXL traz uma nova central multimídia de sete polegadas com navegador integrado e conectividade com o sistema Apple CarPlay e Android Auto.

Honda City 2018 EXL (7)Complementando a versão EXL, a linha 2018 recebeu retrovisores elétricos com rebatimento automático, tanto por meio de um botão interno, como pela chave.

Honda City 2018 EXL (50)

Todas as fotos desse texto são da versão EXL – Créditos: Honda / Divulgação

Preços Sugeridos e Versões:

DX (manual): R$60,90 mil

Personal (CVT): R$68,70 mil

LX (CVT): R$72,50 mil

EX (CVT): R$77,90 mil

EXL (CVT): R$83,40 mil

*valores adicionais para pintura metálica (R$990) e especial (R$1,29 mil)