Peugeot amplia sua linha de utilitários e apresenta o 5008

José Oswaldo Costa*  (Publicado no Diário do Comércio – Edição: 23/03/2018)

de São Paulo / SP

Modelo de sete lugares é oferecido em duas versões

Vei1 - Pedro Bicudo - Peugeot - DivulgaçãoA Peugeot lançou a nova geração do SUV 3008 no fim do mês de junho do ano passado. Desde então, segundo a montadora francesa, foram emplacadas mais de 1.250 unidades no Brasil, sendo que ainda existem 260 compradores aguardando na fila.

Afinal, o belo modelo é importado da França. Importado como o mais novo lançamento da marca do leão, o utilitário 5008. Trata-se, na realidade, de um 3008 com sete lugares. O 5008 tem 20 cm a mais de comprimento em relação ao 3008.

Quanto ao peso, a diferença é pequena: 65 kg. E isso é muito importante, uma vez que o powertrain dos dois é o mesmo. Tanto o Peugeot 3008 quanto o novo 5008 utilizam o ótimo motor 1.6 THP (turbo) de 165 cv e 24,5 kgfm de torque.

O câmbio é automático de 6 marchas, equipado com o novo comando por impulso elétrico e o modo Sport. Existe a possibilidade de trocas manuais através de “borboletas” (paddle shifts) localizadas atrás do volante.

Com esse conjunto, a Peugeot informa um consumo de 12 km/l na estrada.

O compartimento de bagagens, onde está localizada a terceira fileira com dois bancos individuais (embutidos no assoalho), tem capacidade para 780 litros quando esses bancos não estão sendo utilizados.

Vei5 - Pedro Bicudo - Peugeot - DivulgaçãoSe a segunda fileira também for rebatida, o espaço para bagagens aumenta para 1.940 litros. Porém, com 7 passageiros no SUV, ele é reduzido para 167,5 litros.

Importante destacar que os bancos da terceira fileira podem ser removidos do veículo, o que soma 40 litros para a capacidade de carga. Cada banco pesa 10,9 kg, informou a Peugeot.

Para melhor acomodar os dois passageiros da fileira extra, a segunda fileira pode ser empurrada mais para frente, através de trilhos (movimento independente para cada um dos três bancos), sem sacrificar o espaço para as pernas de seus ocupantes.

Isso ficou claro durante o test drive realizado na apresentação do veículo, quando o dirigimos em estrada, com apenas três ocupantes.

Sem a necessidade de utilizar os assentos extras naquele momento, o espaço entre a perna do passageiro do banco traseiro e o encosto do dianteiro realmente impressionou. Afinal, são generosos 2,84 metros de entre-eixos.

Vei4 - Pedro Bicudo - Peugeot - DivulgaçãoInterior – O interior do Peugeot 5008 é praticamente idêntico ao do seu “irmão” menor. Destaque para o painel que traz quadro de instrumentos 100% digital (tela de 12,3 polegadas) e sistema multimídia que integra praticamente todas as funções do veículo em uma tela, sensível ao toque, de 8 polegadas.

O quadro de instrumentos digital é personalizável e reúne todas as informações que o condutor desejar ter diretamente no seu campo de visão. Ele possui quatro modos de visualização diferentes.

O acabamento, algo já tradicional da marca, é primoroso, com materiais de extremo bom gosto e qualidade. A diferença no interior entre o 3008 e o 5008 está na presença, no segundo, de dois “mimos” para os passageiros da segunda fileira: mesinhas dobráveis fixadas nos encostos dos bancos dianteiros e persianas de proteção solar nas janelas.

Outro mimo, este presente nos dois modelos, é o sistema de massagem nos encostos dos bancos dianteiros. Em trechos mais longos, são mais do que bem-vindos. Os passageiros da segunda fileira contam, ainda, com saída do sistema de ventilação (entre os bancos dianteiros) e podem controlar a saída do fluxo de ar do ar-condicionado.

Vei3 - Pedro Bicudo - Peugeot - DivulgaçãoSegurança – O novo Peugeot 5008 traz um pacote se segurança e tecnologia muito interessante.

Os destaques são:

Active SafetyBrake (Frenagem Automática de Emergência e Alerta de Colisão): sistema equipado com uma câmera na parte superior do para-brisas e um radar no para-choque dianteiro, fazendo com que o SUV seja capaz de frear ou parar totalmente caso detecte uma falta de reação do motorista diante de uma colisão iminente em um carro dianteiro ou um pedestre;

– Correção e alerta de permanência na faixa de rodagem: caso o condutor ultrapasse as linhas contínuas ou descontínuas, reconhecidas pelo sistema de câmera, sem acionar as setas, ele é alertado pelo veículo (aviso sonoro e maior carga no volante para “impedir” a manobra);

– Detector de fadiga: alerta visual e sonoro assim que considerar que o comportamento do condutor denota certo grau de sonolência ou distração;

– Assistência de farol: alterna automaticamente entre luz alta e baixa, dependendo das condições do trânsito e de iluminação, e otimiza o tempo de circulação em luz alta.

– Leitor de sinalização de velocidade: o sistema detecta as placas de velocidade, as lê e exibe no painel de instrumentos. A leitura é atualizada quando o veículo passa por uma nova placa de limite de velocidade destinada a automóveis.

– Sistema de ponto cego ativo: avisa o condutor da presença de outro veículo nas zonas de ponto cego em velocidade entre 12 km/h e 140 km/h. O alerta é dado por uma luz que se acende no retrovisor do lado em questão, assim que um carro, caminhão ou moto for detectado. O sistema também “segura” o volante, evitando colisão lateral.

Completando o pacote, o Peugeot 5008 também oferece: controle de estabilidade (ESP), controle de tração, auxílio à frenagem de urgência, repartidor eletrônico de frenagem, 6 airbags (frontais, laterais e do tipo cortina) e sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis.

Vei2 - Pedro Bicudo - Peugeot - Divulgação

Os rivais são Outlander, Sorento e SW4

O Peugeot 5008 chega ao nosso mercado em duas versões de acabamento: Griffe (R$157,49 mil) e Griffe Pack (R$166,49 mil). Até o fim de março, elas contam com preço especial de lançamento: R$154,99 mil e R$163,99 mil, respectivamente.

São quatro cores disponíveis: a chamada Emerald Crystal (cor de lançamento que ilustra essa matéria); cinza; branco e preto.

Importante salientar que alguns dos itens apresentados nessa matéria estão presentes, somente, na versão topo de linha (Griffe Pack). A Peugeot destacou 3 modelos como sendo os principais concorrentes do 5008: Mitsubishi Outlander, Kia Sorento e Toyota SW4.

A montadora francesa vem investindo muito na mudança de sua imagem junto ao público brasileiro. Tanto que, na apresentação do 5008, executivos mostram números de mercado em que dois modelos se destacam no quesito desvalorização.

O hacth 208 e o utilitário-compacto (ou crossover) 2008 apresentam 15,6% de desvalorização, estando ambos no top 3 de seus segmentos entre os que menos perdem valor após a compra.

5008MEDIA-6156

Fotos: Pedro Bicudo / Peugeot / Divulgação

Um bom exemplo é o 2008, que tem como principais concorrentes Jeep Renegade, Honda HR-V, Ford EcoSport e Renault Captur. A média de desvalorização desse segmento, segundo a Peugeot, é de 16,3%.

Além disso, a marca inaugurou, desde 2015, 42 concessionárias e conta com 106 pontos de vendas. Na luta pela fidelização do comprador, oferece um prazo máximo de 24 horas para os serviços de revisões agendadas. Caso esse prazo seja ultrapassado, o cliente não paga.

Em reparos que ultrapassem 4 dias de oficina, disponibiliza um veículo para o cliente, mesmo nos casos em que não há mais cobertura da garantia.

*o jornalista viajou a convite da Peugeot

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s