Peugeot Partner 2019 já está nas concessionárias por R$64,99 mil

Da Redação

1353014-5jymh3ufcqO Peugeot Partner 2019 já está nas concessionárias da marca. O furgão passa a contar com uma nova motorização1.6 16V, bicombustível, que gera 122 cv.

Além disso, recebeu novas tecnologias, como o painel 100% digital com velocímetro, conta-giros, indicador de troca de marcha – GSI, entre outros.

Peugeot Partner 2019_2_bx

Peugeot Partner 2019_3_bxA capacidade de carga é de 800 kg e, o volume útil, de 3 m³. As medidas do baú são as seguintes: 1,25 metro de altura, 1,16 metro de largura e 1,7 metro de comprimento.

O modelo também é um dos únicos de seu segmento a contar com porta lateral corrediça de série, ideal para o carregamento em ambientes urbanos ou com pouco espaço.

1353032-r1mtnd9vgq

1353017-3688ykyu42O Peugeot Partner 2019 será comercializado, em versão única, com o preço de R$64,99 mil.

O novo motor 1.6 16V gera, como informamos anteriormente, 122 cv a 5.750 rpm e um torque máximo de 161 Nm a 4.000 rpm (números com etanol). Uma característica importante é que cerca de 80% do torque já estão disponíveis a partir de 1.500 rpm, facilitando acelerações e retomadas de velocidade, mesmo com o veículo carregado.

1353026-rg7s25kby0

Fotos: Peugeot / Divulgação

De acordo com a Peugeot, o furgão venceu licitações nos estados do Minas Gerais e do Pará, onde já foram entregues mais de 800 unidades para desenvolverem as mais diferentes funções, como por exemplo, no estado do Sudeste, foram transformadas em ambulâncias.

O modelo conta com o ar-condicionado, direção hidráulica e porta lateral corrediça com dispositivo de bloqueio quando aberta, item que facilita o manuseio de objetos pesados aumentando a segurança e o conforto do usuário. Também está presente o comando de regulagem de altura do facho dos faróis.

O Partner utiliza uma suspensão dianteira independente, do tipo McPherson, com amortecedores hidráulicos e barra estabilizadora. Na traseira, também independente, com barras de torção, amortecedores hidráulicos e barra estabilizadora.

BMW M2 Competition chega ao Brasil

Da Redação

P90298666_highRes_the-new-bmw-m2-compeA BMW iniciou, hoje, a pré-venda do novo M2 Competition no mercado brasileiro. O preço sugerido é R$377,95 mil. Substituto do BMW M2 Coupé no segmento de esportivos compactos, o modelo oferece, de acordo com montadora, mais potência, dinamismo e refinamento em relação ao antecessor.

O M2 Competition vem equipado com um novo motor 3.0 turbo à gasolina, com seis cilindros em linha, 410 cv de potência (ante 370 cv do antecessor) e 550 Nm de torque (contra 465 Nm). Ele conta com injeção direta de combustível, variabilidade dos comandos de válvulas e dos dois turbo compressores, o que garante o preenchimento ideal dos cilindros em todos os momentos, informou a BMW.

Envolto por uma barra em fibra de carbono que aumenta a rigidez estrutural da dianteira e melhora a precisão em curvas, o propulsor trabalha com uma transmissão automática de sete velocidades com dupla embreagem e Drivelogic (DCT), que transmite potência de forma ininterrupta durante as trocas de marchas enquanto o consumo de combustível e a emissão de poluentes são reduzidos.

P90298683_highRes_the-new-bmw-m2-compeSegundo a BMW, esse conjunto impulsiona o esportivo dos 0 aos 100 km/h em 4,2 segundos e o leva à velocidade máxima de 280 km/h com o pacote M Driver.

Para tornar a condução mais divertida, o M Dynamic Mode, uma sub função do controle dinâmico de estabilidade (DSC), permite um pequeno deslize dos pneus traseiros, otimizando a dinâmica de direção.

Abaixo da grande dianteira, radiadores complementares para o óleo da transmissão e para o fluido de arrefecimento do motor garantem a máxima eficiência em refrigeração.

P90298653_highRes_the-new-bmw-m2-compeNa dianteira, a tradicional grade em formato de rim ganhou contornos mais retilíneos e acabamento preto. Há ainda novos retrovisores M, faróis adaptativos Full-LED, novo design das entradas de ar, que ficaram mais amplas, e um radiador adicional.

O modelo ganhou, ainda, saídas de ar laterais em acabamento dark chrome, o qual é observado também no logotipo M na traseira e nas duplas saídas de escapamento. O design é arrematado pelas novas lanternas e pelas novas rodas de liga leve de 19 polegadas, exclusivas para o modelo.

P90298654_highRes_the-new-bmw-m2-compeSão cinco opções de cores externas disponíveis: branco (sólida), preto (metálica), azul (metálica), laranja (metálica) e prata.

P90298671_highRes_the-new-bmw-m2-compeO acabamento interno conta com revestimentos em fibra de carbono no painel de instrumentos, console central e puxador das portas.

O volante multifuncional, em couro, oferece trocas manuais por meio de aletas, além dos botões seletores dos modos M Drive (M1 e M2), que permitem uma configuração personalizada da pilotagem a partir de ajustes específicos do motor, direção, transmissão e controle de estabilidade (DSC).

O painel de instrumentos, por sua vez, tem novo display com ponteiros vermelhos e grafia M2 Competition de boas-vindas. O porta-malas oferece 390 litros de capacidade.

P90298676_highRes_the-new-bmw-m2-compe

P90298679_highRes_the-new-bmw-m2-compeOs novos bancos esportivos M Sport trazem revestimento em couro, logotipo M2 iluminado, costura aparente e cintos de segurança com detalhe na costura com as cores BMW M.

Há duas opções de revestimento interno: couro preto perfurado com costura azul (não disponível para cor externa laranja) e couro preto perfurado com costura laranja (não disponível para cor externa azul).

P90298677_highRes_the-new-bmw-m2-compeHá um novo sistema de navegação com tela sensível ao toque de 8,8 polegadas, HD de 20GB para armazenamento de arquivos de áudio via USB ou CD, apresentação de mapas em satélite e gráficos em 3D, e sistema de som Harman Kardon.

Entre as diversas funções estão chamadas de emergência inteligente, serviços de concierge, BMW Teleservices e preparação para Apple CarPlay.

No quesito segurança, freios M Sport; faróis Full-LED adaptativos; assistente de farol alto; airbags duplos dianteiros, laterais dianteiros e cortina dianteiros e traseiros; além de controles de estabilidade e tração.

P90298678_highRes_the-new-bmw-m2-compe

Fotos: BMW Group / Divulgação

Com a função de regeneração de energia, o alternador gera energia elétrica quando o condutor trava ou liberta o pedal do acelerador. Assim, a energia cinética anteriormente não utilizada é transformada em energia elétrica para alimentar a bateria.

A função automática start stop desliga o motor quando o veículo efetua uma parada temporária, por exemplo, em semáforos ou congestionamentos, para economizar combustível.

Ford lança a linha 2019 do compacto Ka

Amintas Vidal*   (Publicado no Diário do Comércio – Edição: 27/07/2018)

de Gramado (RS)

Principal novidade é a versão FreeStyle, com motor 1.5 de 136cv e câmbio automático de 6 marchas

FordKa2019 1O nome FreeStyle batizou uma série especial do Ford EcoSport, ainda na primeira geração. Ela fez tanto sucesso que virou versão de linha e, até hoje, é a mais vendida do SUV compacto da marca.

Para a versão aventureira do seu modelo mais vendido atualmente, o Ka hatch, a Ford não perdeu tempo e usou o mesmo nome. Já o modelo de três volumes, o Ka+, mudou de nome e passa a responder por Ka Sedan. As duas carrocerias também receberam uma nova versão topo de linha, a Titanium.

Toda a linha ganhou novos para-choques, detalhes nas grades, faróis e lanternas. O prolongamento da grade inferior cria um vinco em forma de “C” que sobe pelas laterais do para-choque dianteiro.

Essa é a nova assinatura visual da marca que estreia no Brasil através do Ka. De forma mais discreta, a assinatura se repete no para-choque traseiro. Os elementos das grades receberam novos desenhos, cores e materiais de acabamento. Os faróis e lanternas receberam pequenas mudanças internas, tanto em desenho quanto nas superfícies refletivas.

FordKa2019 2No interior, a parte central do painel foi redesenhada para receber a nova central multimídia com tela flutuante ou o sistema de som mais simples. Já no caso da versão de entrada do Ka hatch, a peça foi refeita para receber um som convencional a ser instalado pelo cliente.

As demais peças internas mantiveram seus desenhos ganhando, apenas, novas cores e materiais de acabamento. Por fim, os bancos receberam novas padronagens: tecido  e material sintético que imita o couro na versão FreeStyle e totalmente em material sintético, com detalhes perfurados, na versão Titanium.

FordKa2019 Titanium

FordKa2019 SE 2Versões – As versões de entrada S, SE e SE Plus trazem os mesmos equipamentos básicos, mas se diferenciam, principalmente, pelos sistemas multimídia. Os itens de série, da versão S, são: computador de bordo, banco do motorista com ajuste de altura, vidros elétricos dianteiros, quatro alto-falantes, iluminação no porta-luvas, ar-condicionado, direção elétrica, trava elétrica das portas, banco traseiro bipartido (60/40), rodas de aço de 14 polegadas, ganchos Isofix para cadeiras infantis, airbags frontais e freios ABS.

A SE acrescenta rádio My Connection com bluetooth, compartimento para celular no painel e maçanetas e retrovisores na cor do veículo.

Já a SE Plus traz a central multimídia Sync 3 com tela flutuante de 6,5 polegadas, duas entradas USB iluminadas e de carregamento rápido, vidros elétricos traseiros, retrovisores elétricos, rodas de aço de 15 polegadas, sensor de estacionamento traseiro e faróis de neblina.

Da primeira à última versão de entrada, são R$ 2,5 mil de diferença, um valor competitivo para a categoria.

FordKaHatch2019 1

FordKaHatch2019 2A versão intermediária SEL, exclusiva na carroceria sedan, soma à SE Plus os seguintes itens: mais quatro airbags (totalizando seis), controle de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, bancos parcialmente em material sintético que imita o couro, câmera de ré, alarme volumétrico, setas nos retrovisores e rodas de liga leve de 15 polegadas.

Aventureiro – O Ka FreeStyle, versão exclusiva na carroceria hatch, é o mais diferenciado. Seus para-choques têm desenho mais encorpado e possuem imitação de peito de aço na parte inferior central.

Nas laterais, molduras em plástico preto contornam as caixas de roda passando pelas soleiras e formando uma linha contínua ao redor do carro. Sobre o teto, barras longitudinais deixam a versão preparada para receber um rack (acessório vendido à parte) com capacidade para transportar até 50 kg de carga.

FordKaFreeStyle2019 4No interior, a parte superior do painel é na cor “laranja queimado”, mesma cor usada nos grafismos do tecido dos bancos e em detalhes dos acabamentos das portas. As demais partes são moldadas ou revestidas na cor preta, assim como no teto. Outra exclusividade da versão são os tapetes de borracha em forma de bandejas, inclusive no porta-malas.

Como a versão tem altura elevada, 188 mm de vão livre, e ainda a possibilidade de transportar peso extra sobre o teto, ela também recebeu alterações mecânicas para garantir o controle direcional: afastamento de 30 mm entre as rodas (aumenta a estabilidade), pneus mais largos (185 /60/R15) e maior diâmetro da barra estabilizadora, 23 mm.

FordKaFreeStyle2019 1

Vei3 - Ford - DivulgaçãoDe série, o Ka FreeStyle vem com controle de tração e de estabilidade, seis airbags, central multimídia Sync 3, rodas exclusivas de 15 polegadas e todos os outros equipamentos básicos das versões citadas anteriormente.

A versão Titanium existe para as duas carrocerias, mas apenas com o motor 1.5 de 3 cilindros e câmbio automático de seis marchas. Além de todos os equipamentos disponíveis na versão SEL, ela agrega bancos totalmente revestidos em material que imita o couro e partida por botão com chave presencial.

O câmbio automático de 6 marchas, exclusivamente conjugado às versões com motor 1.5, elevam os preços das mesmas em R$ 4,5 mil.

Motores 1.0 e 1.5 de 3 cilindros

O motor 1.0 de três cilindros e 12 válvulas continua o mesmo, um dos melhores da categoria. Ele conta com tecnologias como o duplo comando variável de válvulas, coletor de escape integrado, correia banhada a óleo, sistema duplo de resfriamento e apresenta uma das maiores taxas de compressão entre seus pares, 12:1.

Ele desenvolve um torque de 100,0 Nm a 3500 rpm (Gasolina) e 105,0 Nm a 4500 rpm (Etanol). Sua potência atinge 80/85 cv (gasolina/etanol). Ele é acoplado apenas ao câmbio manual de cinco marchas, que passou por algumas melhorias.

FordKaSedan2019 1A marcha a ré passou a ser sincronizada e a primeira, a segunda e a terceira marcha, ganharam dupla sincronização. O conjunto é o mais leve entre os concorrentes, aproximadamente 30 kg a menos, e usa a menor quantidade de óleo da categoria.

O motor 1.5 de três cilindros e 12 válvulas, que já equipa o EcoSport, é novidade na linha Ka. Além das mesmas tecnologias do motor 1.0 citadas, ele ainda conta com tuchos hidráulicos com balancins roletados e bomba de óleo variável com dois estágios de controle de pressão.

É capaz de desenvolver um torque de 150 Nm entre 3500 e 5000 rpm (gasolina) e 150 Nm entre 3000 a 6000 rpm (etanol). Sua potência atinge 128/136 cv (gasolina/etanol).

Esse motor é oferecido em conjunto ao câmbio manual ou ao câmbio automático de 6 marchas, outra novidade deste lançamento. Essa transmissão permite as trocas através do botão posicionado na alavanca de marchas, mas seria melhor se fosse em aletas atrás do volante.

Outro recurso é a posição Sport, em que as marchas são trocadas em rotações mais altas do motor, priorizando o desempenho. O sistema é do tipo “inteligente”, que aprende a forma de condução do motorista,  otimizando a dirigibilidade.

FordKaSedan2019 2

Fotos: Ford / Divulgação

Preços de cada versão – Ford Ka 2019:

Ka 1.0 S – R$ 45,49 mil

Ka 1.0 SE – R$ 45,99 mil

Ka 1.5 SE – R$ 51,99 mil

Ka 1.5 SE (automático) – R$ 56,59 mil

Ka 1.0 SE Plus – R$ 48,49 mil

Ka 1.5 SE Plus – R$ 54,49 mil

Ka 1.5 SE Plus (automático) – R$ 58,99 mil

Ka 1.5 Freestyle – R$ 63,49 mil

Ka 1.5 Freestyle (automático) – R$ 67,99 mil

Ka 1.5 Titanium (automático) – R$ 68,99 mil

Ka Sedan 1.0 SE – R$ 49,49 mil

Ka Sedan 1.5 SE – R$ 57,99 mil

Ka Sedan 1.5 SE (automático) – R$ 62,49 mil

Ka Sedan 1.0 SE Plus – R$ 51,99 mil

Ka Sedan 1.5 SE Plus – R$ 57,99 mil

Ka Sedan 1.5 SE Plus (automático) – R$ 62,49 mil

Ka Sedan 1.5 SEL – R$ 65,99 mil

Ka Sedan 1.5 Titanium (automático) – R$ 70,99 mil

*O colaborador viajou a convite da Ford

Volvo lança, no Brasil, versão de entrada do utilitário esportivo XC40

Da Redação

XC40_004 (1)Depois de lançar no Brasil o XC40, nas versões Momentum e R-Design, a Volvo Cars apresentou a configuração de entrada T4, completando a linha 2019 de seu mais novo utilitário esportivo.

O XC40 é produzido na fábrica de Ghent, na Bélgica. Com ele, a marca oferece ao consumidor, pela primeira vez em sua história, três utilitários esportivos globais (com o XC60 e o XC90) voltados ao segmento que mais cresce no mundo.

Em suas dimensões, o XC40 apresenta um entre-eixos de 2,70 metros; 1,86 metro de largura; 1,65 metro de altura e 4,42 metros de comprimento.

XC40_039Na versão T4, o Volvo FULL LED System incorpora aos faróis do veículo as funções de nivelamento automático de acordo com a carga do carro; Active High Beam (AHB), com sistema automático que adapta a luz alta para evitar o ofuscamento em outros veículos e Daytime Running Lights (DRL) com acendimento automático, no qual a luz diurna contribui para a visualização do veículo, mesmo em dias muito claros.

Na traseira, a lanterna característica se identifica com os novos SUVs da Volvo, com feixes de LED.

XC40_029O Sensus Connect, sistema multimídia, é acessível pela tela antirreflexo sensível ao toque de 9 polegadas de LCD no painel central, que reúne praticamente todos os comandos do veículo em um único lugar.

Navegação, conectividade e entretenimento estão a pouquíssimos toques. As funções também podem ser acessadas por comando de voz. Como no XC60 e XC90, a integração do smartphone está disponível com os aplicativos Apple CarPlay e Android Auto.

XC40_019O XC40 apresenta, ainda, painel de instrumentos digital personalizável de 12,3 polegadas.

O sistema Sensus integra também o Volvo On Call, um serviço de segurança, proteção e conveniência que oferece assistência 24h, auxílio de emergência e localização, em caso de roubo ou furto.

XC40_025O modelo dispõe da transmissão automática de 8 velocidades acoplada ao motor T4 Drive-E, de 2 litros, 4 cilindros em linha, com turbocompressor, que gera potência de 190 cv e torque de 300 Nm.

Em números, a nova versão do utilitário esportivo chega a 210 km/h e sai da imobilidade aos 100 km/h em 8,4 segundos, de acordo com a Volvo.

A nova versão T4 é equipada com o City Safety, sistema que auxilia o condutor com frenagem automática para evitar e reduzir o risco de colisão contra veículos, pedestres e animais de grande porte, mesmo durante a noite.

XC40_017Outro recurso é a Mitigação de Pista Oposta (Oncoming Lane Mitigation), que ajuda os motoristas a evitar colisões com veículos que se aproximem vindos da pista contrária.

Esse recurso funciona ao avisar o motorista distraído que invade a faixa oposta, oferecendo suporte automático à direção e conduzindo o veículo de volta à sua própria pista, fora do caminho de qualquer outro automóvel que esteja vindo. O sistema é ativado entre 65 e 140 km/h.

O XC40 também disponibiliza como itens de série outros recursos, como sistema de alerta de mudança de faixa, sistema de proteção em saída de estrada, sistemas de proteção contra impactos laterais e lesões na coluna cervical.

XC40_015

Fotos: João Mantovani / Volvo Cars / Divulgação

O modelo acrescenta, ainda, à lista de equipamentos, sensor de estacionamento traseiro, assistente de partida em aclive e declive, assistente de descidas íngremes, controle de cruzeiro e, como opcional, direção semiautônoma de até 130 km/h, por R$5 mil.

Preços e Versões:

XC40 T4 – R$ 169,95 mil

XC40 T5 Momentum – R$194,95 mil

XC40 T5 R-Design – R$214,95 mil

Edição especial Range Rover Evoque Autobiography chega ao País

Da Redação

1532548955

A Land Rover está trazendo, para o Brasil, uma edição especial Range Rover Evoque Autobiography. A marca britânica também confirmou a chegada de mais 20 unidades da versão conversível do modelo.

Limitado a apenas 25 unidades, o Range Rover Evoque Autobiography estará disponível em cinco cores. Ele chega ao País com o preço sugerido de R$305,80 mil.

O modelo conta com rodas aro 20 polegadas com acabamento diamantado, sistema de faróis adaptativos em LED, além de porta malas com abertura acionada por gesto.

Por dentro, apresenta as soleiras iluminadas com a marca Autobiography. O amplo uso do couro premium Oxford, no painel teto e volante, oferece mais requinte. O tecido está presente, também, nos bancos, porém, com acabamento perfurado para um ar mais esportivo.

Os bancos dianteiros contam com 14 ajustes elétricos distintos, além de memória para até três pessoas diferentes.

O SUV apresenta 5 câmeras posicionadas na parte traseira, dianteira e nas laterais, oferecendo ao motorista uma visão 360º do lado de fora do veículo. A tecnologia é ideal em situação de pouco espaço para manobras ou em meio a um percurso fora de estrada.

O sistema head-up display, a laser, projeta em alta definição no para-brisas as informações mais relevantes para o motorista como velocidade atual, orientação de rota do GPS e marcha selecionada, tudo para que ele evite ao máximo tirar os olhos da estrada.

O sistema de entretenimento a bordo é o In Control Touch Pro, topo de linha da Land Rover. Ele traz TV Digital em alta definição, 17 auto-falantes Meridian com 825W de potência e índices imperceptíveis de distorção independente do volume.

Por meio da tela sensível ao toque de 10 polegadas, disposta no painel, os ocupantes podem, de forma fácil e intuitiva, acessar todas as funções de entretenimento do modelo que conta com conectividade USB e bluetooth, DVD player, iluminação com até 10 cores diferentes que podem ser ajustadas de acordo com a preferência dos ocupantes, sistema de navegação por GPS em 3D e funções de telefonia móvel como chamadas, agenda, discagem rápida ou mesmo nível de sinal e bateria, além de conexão com APPs, como Spotify.

A tela também exibe em tempo real as condições de funcionamento do sistema Terrain Response que ajusta todas as configurações de aceleração, tração e bloqueio de diferenciais, de acordo com o tipo de piso em que se trafega: Normal / Terra / Lama / Cascalho. O veículo é equipado com tração integral.

A série especial Autobiography traz, sob o capô, o motor 2.0 turbo de 290 cv, a gasolina. O propulsor oferece torque de 40,8 Kgfm a apenas 1.500 rotações, de acordo com a montadora.

A aceleração da imobilidade aos 100 km/h é feita em 6,4 segundos e, a velocidade máxima, é de 231 km/h.

CONVERSÍVEL

Fotos: Land Rover / Divulgação

Range Rover Evoque Conversível

Além da série especial Autobiography, a Land Rover também traz ao Brasil algumas unidades adicionais do Range Rover Evoque conversível.

O modelo, apresentado pela primeira vez durante o Salão do Automóvel de São Paulo de 2016, teve suas 45 unidades disponibilizadas vendidas.

Agora, outras 20 unidades adicionais estão disponíveis para venda nas concessionárias Jaguar Land Rover de todo o Brasil ao preço de R$300,40 mil.

As novas unidades são equipadas com teto totalmente automatizado que se abre em 18 segundos, e pode ser levantado em 21 segundos, com velocidades de até 48 km/h.

Ducati iniciará a pré-venda da Supersport S no Brasil

Da Redação

SUPERSPORT S - 3_4A partir da próxima segunda-feira (30), as concessionárias Ducati, em todo o Brasil, estarão realizando a pré-venda do novo modelo Supersport S. A nova moto chega com preço sugerido ao consumidor de R$63,90 mil.

Apresentada no Salão Duas Rodas 2017, ela chega ao mercado brasileiro em agosto.

Segundo a Ducati, a motor tem, como característica principal, a posição mais ergonômica e relaxada para o piloto e também para o passageiro. De visual leve e compacto, a Supersport S é dinâmica, mas com fortes tons que remetem à superbike Panigale, completou a fabricante.

A Supersport S é uma máquina ágil e conta com o pacote de segurança Ducati (ABS Bosch + Controle de Tração). A moto apresenta longos intervalos de manutenção e tanque de combustível de 16 litros, ideal para jornadas de média distância.

O motor é de cilindro duplo de 937 cm3 Testastretta 11°, que produz 113 cv a 9.000 rpm  e uma curva completa de torque linear com pico de 96,7 Nm a 6.500 rpm. També é equipada com três modos de pilotagem (esportivo, turismo e urbano). Cada um deles pode ser customizado, permitindo que a moto seja ajustada rapidamente para atender preferências e níveis de pilotagem pessoais.

SUPERSPORT S - chapada

Fotos: Ducati / Divulgação

A Ducati SuperSport S vem equipada com suspensão Öhlins totalmente ajustável, sistema de aumento/redução de marchas Ducati Quick Shift (DQS) e capa para o assento traseiro.

O quadro SuperSport foi desenvolvido do famoso design Trellis. Compacto, leve e rígido, o quadro tem papel fundamental em tornar a SuperSport ligeira, mas sem deixar de ser uma máquina instintiva que pode ser pilotada por qualquer piloto.

A distância entre os eixos de 1.478 mm, e o pneu traseiro de 180/55, fazem da SuperSport fácil de manusear tanto em ruas das cidades quanto em curvas montanhosas, maximizando a estabilidade nas curvas e em alta velocidade.

A  Ducati Supersport S será comercializada no Brasil com a cor Ducati Red, quadro Ducati Red e rodas Matt Black.

Equipamentos:

  • Motor Testastretta 11° de 937 cm3 com 113 cv a 9.000 rpm e 96,7 Nm a 6.500 rpm
  • Emissões Euro 4
  • Sistema de escapamento 2-1-2 com pré-silenciador inferior e silenciador lateral com tubos agrupados
  • Quadro Trellis com motor com sustentação de carga
  • Visor de Plexiglas com altura ajustável em 2 posições e 50 mm de deslocamento
  • Rodas com 3 raios em formato de Y
  • Pneus Pirelli Diablo Rosso III, 120/70ZR 17 dianteiro e 180/55ZR17 traseiro
  • Garfos Marzocchi de 41 mm totalmente ajustáveis
  • Amortecedor Sachs com amortecimento de ressalto e pré-carga da mola ajustável
  • Sistema de frenagem dianteiro Brembo com dois discos de 320 mm e pinças M4.32
  • Bomba do freio radial dianteiro Brembo PR18/19
  • 3 Modos de Pilotagem (Esportivo, Turismo, Urbano)
  • Pacote de Segurança Ducati (ABS Bosch + Controle de Tração Ducati)
  • Pronto para aumento/redução de marchas Ducati Quick Shift (DQS)
  • Farol com farol de milha diurno (DRL) de LED
  • Instrumentação totalmente em LCD
  • Entrada USB à prova de água por baixo do assento
  • Pronto para incorporar o sistema multimídia Ducati (DMS)

BMW convoca recall das G 310 R e G 310 GS por problema com o suporte do descanso

Da Redação

BMW G 310 GS

Foto: Joerg Kuenstle / BMW Motorrad / Divulgação

A BMW do Brasil está convocando os proprietários das motocicletas BMW modelos G 310 GS e G 310 R, fabricadas entre abril de 2017 e abril de 2018, a entrarem em contato com um concessionário autorizado para agendar gratuitamente a correção do suporte do descanso lateral da motocicleta ou a substituição da peça, conforme o caso.

Verificou-se que a região de fixação do descanso lateral, localizada do lado esquerdo do quadro da motocicleta, pode apresentar falhas.

Em casos extremos, o suporte do descanso lateral pode se romper, ocasionando a queda repentina da motocicleta enquanto ela está parada, ou no momento em que o condutor ou garupa montam na motocicleta.

Os serviços poderão ser agendados a partir de 20 de agosto de 2018 e levam cerca de uma hora.

Os chassis, não sequenciais, envolvidos são:

MODELO DE ATÉ
G 310 R R853502 R854519
G 310 GS R854703 R861659

Para verificar se sua unidade está dentro do sequenciamento de chassis desta campanha ou para outras informações, acesse http://www.bmw-motorrad.com.br/br/pt/recall/index.html, ou entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente BMW, exclusivo para Recall: 0800 019 7097 (de 2ª a 6ª feira, das 8 às 19 horas).

BMW informa preços e versões do Série 3

Da Redação

P90180570_highRes_the-new-bmw-3-seriesProduzido, desde 2014, na fábrica do BMW Group em Araquari (SC), o BMW Série 3 acaba de ganhar o novo pacote Plus, cuja principal característica é a oferta de novos equipamentos, com destaque para as rodas de liga leve com novo design, além do novo painel de instrumentos multifuncional e do sensor de estacionamento dianteiro, ambos disponíveis a partir da opção BMW 320i Sport GP Plus ActiveFlex.

A chegada do novo pacote, no entanto, não impacta nos preços do BMW Série 3 2018, de acordo com a montadora.

Os preços sugeridos e versões são: R$169,95 mil (320i Sport Plus ActiveFlex), R$184,95 mil (320i Sport GP Plus ActiveFlex), R$197,95 mil (320i M Sport Plus ActiveFlex) e R$259,95 mil (328i M Sport Plus ActiveFlex).

Confira, abaixo, os conteúdos de cada versão:

BMW 320i Sport Plus ActiveFlex – Passa a vir com novas rodas de liga leve, de 18 polegadas e cinco raios duplos.. Além desta novidade, a versão traz faróis em LED com máscara negra, volante Sport Plus com controle de cruzeiro, ar-condicionado automático digital de duas zonas, bancos dianteiros esportivos com ajustes elétricos e memória de posição para o motorista, revestimento de couro com costura em vermelho no volante, e câmera de ré.

O interior do veículo conta com acabamento de alumínio escovado e aço no painel, molduras em preto ao redor dos controles do rádio e do ar-condicionado, além de assentos revestidos em bege, preto ou preto com costuras em vermelho.

A lista de equipamentos inclui, ainda, apoio de braço traseiro central, pacotes de conveniência e luzes internas, sensores de chuva com acendimento automático dos faróis baixos, conexão wireless para bluetooth e interface USB.

P90180563_highRes_the-new-bmw-3-seriesBMW 320i Sport GP Plus ActiveFlex – Esta opção vem com as mesmas rodas de liga leve de 18 polegadas e cinco raios duplos da versão Sport Plus, mas agrega, ainda, o novo painel de instrumentos multifuncional e sensores de estacionamento dianteiro e traseiro.

A lista de equipamentos, neste caso, também inclui os mesmos equipamentos da versão Sport Plus ActiveFlex, assim como opções de pintura externa e acabamentos internos. O diferencial aqui é a presença do teto solar em cristal com acionamento elétrico, do sistema de som Hi-Fi – com nove alto-falantes e 205 W de potência –, e da oferta do sistema de navegação, com sistema BMW ConnectedDrive, tela sensível ao toque e preparação Apple CarPlay.

BMW 320i M Sport Plus ActiveFlex – Sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, painel de instrumentos multifuncional, e rodas de liga-leve M, de 19 polegadas que exibem design diferenciado caracterizado por sete raios duplos, são as novidades dessa versão.

Além dos mesmos equipamentos das versões anteriores, esta versão se destaca pela presença do teto solar de cristal com acionamento elétrico e do volante Sport Plus M, revestido de couro, e que traz controle de cruzeiro com função freio.

O acabamento interno inclui alumínio no painel e molduras em preto ao redor dos controles do rádio e ar-condicionado. Já o revestimento dos assentos pode ser nas cores preto ou bege.

P90180567_highRes_the-new-bmw-3-seriesBMW 328i M Sport Plus ActiveFlex – As novidades da opção topo de linha 328i M Sport Plus ActiveFlex ficam por conta do sensor de estacionamento dianteiro e o novo sistema de som Surround Harman Kardon, dotado de amplificador digital, 16 alto-falantes e 600 W de potência.

O cardápio de itens de série desta versão é o mesmo do 320i M Sport Plus, porém, conta com alguns equipamentos diferenciados como pacote avançado de telefonia com bluetooth e interface USB, apoio de cabeça traseiro rebatível, apoio dianteiro central retrátil para braço e faróis full-LED adaptativos.

O acabamento interno exibe alumínio no painel e molduras em preto ao redor dos controles do rádio e ar-condicionado, revestimento de teto BMW Individual Anthracite e bancos forrados com couro Dakota em cinco combinações diferentes de cores (preto, cognac, vermelho, oyster e bege) e tipos de costuras.

O BMW Série 3 Plus vem com o sistema BMW ConnectedDrive: um conjunto de funcionalidades acessível por meio de um SIM Card – o mesmo utilizado em telefones celulares – conectado à internet.

No BMW 320i Sport Plus ActiveFlex essa tecnologia agrega serviço de alerta de manutenção de componentes e chamada de emergência inteligente e, a partir do 320i Sport GP Plus ActiveFlex, ela passa a oferecer informações sobre condições de trânsito em tempo real (RTTI) e serviços de concierge, como reservas de hotéis e recomendações sobre restaurantes.

P90180569_highRes_the-new-bmw-3-series

Fotos: Alberto Martinez / BMW Group / Divulgação

Todas as versões do BMW Série 3 Plus vem com seis airbags – frontais, laterais dianteiros e tipo cortina dianteiros e traseiros –, freios a disco ventilados com ABS, controles de estabilidade e tração e pneus com tecnologia Run-flat.

O sedan é equipado com um motor de quatro cilindros, 1.997 cm³, dotado de tecnologia TwinPower Turbo ActiveFlex. A versão 320i entrega potência de 184 cv. Neste caso, a aceleração de 0 a 100km/h é feita em 7,3s enquanto, a velocidade máxima, atinge 235 km/h, segundo a BMW.

No 328i, o motor extrai 245 cv. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 5,9 segundos e, a velocidade máxima, é de 250 km/h. Em ambos os casos, a tração é traseira e, o câmbio, automático de oito marchas, com alavancas atrás do volante para trocas de marchas.

NOTA: as fotos que ilustram esse texto são do sedan 340i, que possui design externo idêntico aos do 320i e 328i. A assessoria de imprensa da BMW não disponibilizou imagens dos modelos, tanto externas quanto internas.

Câmbio automático para Polo e Virtus 1.6

José Oswaldo Costa*   (Publicado no Diário do Comércio – Edição: 20/07/2018)

Versão visa atender, principalmente, o público PCD e modelos ficam abaixo da faixa de R$70 mil

Vei1 - Volkswagen - DivulgaçãoDe janeiro até a última quarta-feira (dia 18), o Volkswagen Polo teve 36.834 unidades emplacadas no Brasil, ocupando a 4ª colocação no ranking geral. Levando-se em conta os seis primeiros meses do ano, a média mensal de vendas foi de 5.690 unidades.

O sedan que se originou dele, o Virtus, chegou ao mercado em janeiro, o que diminui consideravelmente o seu desempenho no ranking, visto que foram computadas somente 86 unidades vendidas no primeiro mês de 2018.

Mesmo assim, o modelo obtém bons números no acumulado do ano, com 18.733 unidades emplacadas até a última quarta-feira e a 19ª colocação entre os mais vendidos do País. De janeiro a junho, a média mensal ficou em 2.822 unidades (lembrando, sempre, que o número quase insignificante de janeiro está incluído nessa conta).

Essas informações foram obtidas junto à Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

PCD – Visando uma ampliação das vendas, a Volkswagen apresentou, nessa semana, o Polo e o Virtus equipados com o motor 1.6 MSI e câmbio automático de seis marchas. Com eles, a montadora passa a atuar em uma importante faixa de mercado (PCD – Pessoa com Deficiência).

Vei5 - Volkswagen - Divulgação

Os veículos, que já estão à venda, foram posicionados abaixo da faixa estabelecida para os modelos destinados a essa finalidade, que é de R$ 70 mil. Os preços são os seguintes: VW Polo 1.6 MSI (automático) – R$ 62,69 mil e VW Virtus 1.6 MSI (automático) – R$ 66,53 mil.

Em relação aos mesmos modelos, equipados com câmbio manual, a diferença de preço fica um pouco acima de R$ 5 mil.

Dessa forma, o Polo passa a contar com cinco configurações: 1.0 MPI, 1.6 MSI, 1.6 MSI com transmissão automática, Comfortline 200TSI e Highline 200TSI.

Já o sedan Virtus, agora é oferecido em quatro opções: MSI, MSI com transmissão automática, Comfortline 200TSI e Highline 200TSI.

Os modelos têm três anos de garantia de fábrica sem limite de quilometragem e são oferecidos em sete cores: preto, branco e vermelho (sólidas) e cinza, azul, prata (metálicas). Essa última conta com duas opções de tonalidade.

Abstract concrete geometric structure background. 3D renderingA transmissão automática de seis marchas que passa a ser usada no Polo e no Virtus, com motorização 1.6, é a mesma que equipará o Gol e o Voyage, que serão lançados na próxima semana.

Trata-se, também, do mesmo câmbio que equipa o Polo e o Virtus 200TSI (1.0 turbo), de 128 cv de potência.

O motor 1.6 é capaz de render 110/117 cv de potência e 15,8/16,5 kgfm de torque (gasolina e etanol, respectivamente). Ele tem quatro cilindros, 16 válvulas (4 válvulas por cilindro) e possui bloco e cabeçote feitos de alumínio, o que colabora para reduzir o peso do conjunto.

Com quatro válvulas por cilindro, sendo duas para admissão e duas para escape, ele conta com duplo comando de válvulas integrado à tampa, com variação na admissão, proporcionando mais torque em baixa rotação e melhor desempenho, informou a montadora.

Esse motor tem duplo circuito de arrefecimento, que permite temperaturas diferentes para o bloco e para o cabeçote – o sistema utiliza duas válvulas termostáticas. O coletor de escape forma uma peça única com o cabeçote. Resultado: vantagens de dirigibilidade na fase fria do motor e, consequentemente, menor consumo de combustível.

Vei3 - Volkswagen - DivulgaçãoOs modelos têm três anos de garantia de fábrica sem limite de quilometragem e são oferecidos em sete cores: preto, branco e vermelho (sólidas) e cinza, azul, prata (metálicas). Essa última conta com duas opções de tonalidade.

Câmbio automático – A transmissão automática de seis marchas possui como principais características, segundo a VW, a alta robustez, as rápidas trocas de marcha, o elevado nível de conforto e a boa eficiência energética.

Ela foi projetada para carros com motores transversais e possui engrenagens planetárias, com acoplamento por conversor de torque. O câmbio conta com bloqueio do conversor de torque em diversas condições de uso, o que evita o deslizamento interno do componente, reduzindo o consumo de combustível.

Oferece, ainda, a opção de trocas manuais sequenciais  por meio da alavanca de câmbio ou pelas aletas (paddle shifts) atrás do volante multifuncional, item de série na linha 2019.

Também é equipado com o modo de acionamento esportivo (posição “S”), que altera os momentos das trocas de marchas para rotações mais elevadas, proporcionando aceleração mais rápida, para um comportamento mais dinâmico do veículo.

Com esse novo powertrain, a Volkswagen informou que o Polo acelera de 0 a 100 km/h em 10,5 segundos e atinge 188 km/h de velocidade máxima (etanol). O sedan Virtus registrou 10,8 segundos e 190 km/h, respectivamente (etanol).

Vei4 - Volkswagen - Divulgação

Fotos: Volkswagen / Divulgação

Bom conteúdo de série e opção de dois pacotes

Produzidos em São Bernardo do Campo (SP), o Polo e o Virtus MSI automáticos saem de fábrica equipados, de série, com direção com assistência elétrica, ar-condicionado, vidros elétricos nas quatro portas (os dianteiros possuem função um toque para fechamento e abertura), travas elétricas, faróis de dupla parábola e chave tipo “canivete” com controle remoto.

Também estão incluídos, de série, computador de bordo, para-sóis iluminados para motorista e passageiro, tomada de 12V no console central, suporte para celular no painel com entrada USB para carregamento, regulagem de altura para o banco do motorista, entre outros.

Outro item de série é o sistema multimídia (Media Plus), que tem entradas USB e SD-card, conexão bluetooth, rádio AM-FM e leitor de arquivos mp3.

Como opcionais, estão disponíveis dois pacotes. O primeiro, chamado de Interatividade, inclui sistema de infotainment (Composition Touch), sensores de estacionamento traseiros, roda em liga leve de 15 polegadas com pneus 195/65 R15 e retrovisores externos com ajuste elétrico e função tilt down.

Com tela colorida sensível ao toque de 6,5 polegadas, o sistema de infotainment traz entradas USB, para SD-card e conexão Bluetooth. Ele permite conectividade por meio do App-Connect (Android Auto, Apple CarPlay e Mirrorlink), comando por voz e acesso ao Car Menu, com ajustes do veículo por meio da tela.

Para o Polo, o pacote Interatividade tem o preço de R$ 3,42 mil e, para o Vitus, R$ 3,36  mil.

O segundo pacote, denominado Safety, traz o controle eletrônico de estabilidade (ESC) e todos os recursos atrelados a ele, como controle de tração (ASR), bloqueio eletrônico do diferencial (EDS) e assistente de partida em subida/descida (HHC).

Para equipar o Polo com esse pacote, o comprador terá que desembolsar R$ 1,38 mil. Se o modelo escolhido for o Virtus, o pacote Safety custa R$ 1,35 mil.

Segurança – Todas as versões do Polo e do Virtus são equipadas com quatro airbags – dois dianteiros e dois laterais. De grandes dimensões, as bolsas laterais protegem para cabeça e tórax e restringem o movimento do corpo durante um impacto, elevando significativamente a segurança dos ocupantes.

Também fazem parte da lista de série os sistemas Isofix e top-tether, que garantem mais segurança e facilidade para fixação de cadeirinhas infantis.

Os modelos conquistaram classificação máxima nos testes realizados pelo Latin NCAP, que avalia carros novos vendidos na América Latina e Caribe, com 5 estrelas na proteção para adultos e crianças.

Os testes do Latin NCAP incluem análise de impacto frontal – a 64 km/h contra uma barreira deformável descentrada (40%) –, impacto lateral (contra uma barreira deformável montada em um trenó a 50 km/h contra o veículo) e impacto lateral contra poste – o veículo é lançado lateralmente a 29 km/h em direção a um poste.

A classificação da proteção infantil é oferecida por meio da avaliação do comportamento dinâmico dos sistemas de retenção infantil (as cadeirinhas de criança) nos testes frontal e lateral, além da facilidade e segurança na instalação desses dispositivos.

Adicionalmente, o Latin NCAP atribuiu ao Polo e ao Virtus o Advanced Award, destinado a veículos que atendem critérios de proteção a pedestres. Eles foram os primeiros modelos comercializados no Brasil a receberem esse prêmio, de acordo com a VW. A avaliação é feita com base em testes que simulam situações de acidentes envolvendo pedestres, conforme padrões estabelecidos por legislação europeia.

*Com informações da Volkswagen do Brasil

Fiat Argo Drive 1.0 e Drive 1.3 passam a ter controles de estabilidade e tração como opcionais

Da Redação

Lançado há pouco mais de um ano, o Argo teve  quase 60 mil unidades comercializadas desde então.

Para a linha 2019, as versões 1.0, Drive 1.0, Drive 1.3, Drive 1.3 GSR, HGT 1.8 e HGT 1.8 automático do hatch chegam. As versões Precision 1.8 e Precision 1.8 automático continuarão disponíveis como 2018 e, em breve, também serão atualizadas, informou a montadora.

Entre as novidades do Argo 2019 estão novos opcionais e novos itens de série. O sistema Start & Stop passa a ser oferecido, como opcional, nas versões Drive 1.0 e Drive 1.3. O Argo Drive 1.3 GSR e as versões 1.8 continuam com o sistema de série.

Outra (boa) novidade para as versões Drive 1.0 e Drive 1.3 passam a ter a opção de ser equipadas com os controles de estabilidade e tração e o sistema Hill-Holder (assistente de partida em rampas). Para elas, o alarme antifurto é de série.

Confira como fica cada versão e kits de opcionais abaixo.

Argo 1.0

A versão de entrada conta, agora, como opcional, com o Kit Visibilidade: desembaçador, limpador e lavador do vidro traseiro com intermitência. Além dele, ainda estão disponíveis os já conhecidos Kits Rádio Connect e Convenience. De série, a versão já vem equipada com ar-condicionado, vidros elétricos dianteiros, trava elétrica, direção elétrica, computador de bordo, volante com regulagem de altura, ESS (sinalização de frenagem de emergência) e rodas de aço estampado aro 14 polegadas.

Argo Drive 1.0

Argo2De série, a versão traz o alarme antifurto e, como opcional, controle de tração (TC), controle eletrônico de estabilidade (ESC) e sistema Hill-Holder. Traz, ainda, equipamentos como direção elétrica progressiva, ar-condicionado, banco do motorista com ajuste de altura e Isofix.

Entre os opcionais, estão disponíveis os Kits Parking, Rádio Connect e Convenience, já disponíveis na linha anterior, além do novo Kit Tech, com sistema Start & Stop, controle de tração (TC), controle eletrônico de estabilidade (ESC) e sistema Hill-Holder.

Argo1Também oferece o Kit Multimídia 9” com a central multimídia com tela de 9 polegadas touchscreen, comandos de voz bluetooth, áudio streaming, AUX/USB/MP3, rádios AM/FM, volante com comandos de áudio e telefone, além de segunda porta USB para passageiros traseiros.

Argo Drive 1.3

Argo3A versão também conta com a novidade do alarme antifurto de série e com os novos opcionais controle de tração (TC), controle eletrônico de estabilidade (ESC) e sistema Hill-Holder. O modelo, com motor Firefly 1.3, pode ser equipado ainda com os kits de opcionais tradicionais Parking, Connect e Convenience. Além desses, o cliente pode adquirir os novos Kits Multimídia 9” e Tech.

Argo Drive 1.3 GSR

Argo4Assim como no Drive 1.3, a versão com câmbio GSR (automatizado) conta com alarme antifurto de série como novidade, além de outros itens, como controle de tração (TC), controle eletrônico de estabilidade (ESC), sistema Hill-Holder, a função Auto-Up Shift Abort, que garante retomadas mais vigorosas, controle de velocidade de cruzeiro, apoia braço para o motorista, vidro elétrico traseiro e retrovisores externos elétricos com função tilt down e repetidores laterais.

Como opcionais, são oferecidos o Kit Multimídia 9”, o Kit Parking e o Kit Connect.

Argo HGT 1.8

Argo5A versão com acabamento, calibração de suspensão e controle de estabilidade esportivos passa a contar, na linha 2019, com sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico de série. Os clientes podem optar, ainda por, adquirir como opcionais a câmera de ré, side bags dianteiros e os pacotes Stile e Tech.

Argo HGT 1.8 AT

Argo6

Fotos: Marcos Camargo / FCA  / Divulgação

Com o câmbio automático de seis marchas, a versão, assim como a manual, traz de série o sensor de estacionamento traseiro com visualizador gráfico e conta com os mesmos opcionais: Kit Stile, Kit Tech, side bags dianteiros e câmera de ré.

Confira os preços da nova linha do Fiat Argo 2019:

Argo 1.0 – R$44,99 mil (preço de oferta sugerido)

Argo Drive 1.0 – R$47,99 mil (preço de oferta sugerido)

Argo Drive 1.3 – R$53,99 mil

Argo Drive 1.3 GSR – R$59,59 mil

Argo HGT 1.8 – R$65,99 mil

Argo HGT 1.8 AT6 – R$71,99 mil