Porche lança a versão Cabriolet do 911 Carrera

Da Redação

p19_0027_a3_rgbSeis semanas após o lançamento do coupé, as atenções se voltam agora para o 911 Cabriolet. O 911 conversível dá continuidade a uma tradição de vária décadas, estabelecida quando a Porsche apresentou o primeiro 911 Cabriolet no Salão Internacional de Frankfurt, em setembro de 1981: clientes e fãs foram cativados instantaneamente.

A primeira versão de capota aberta do 911 saiu da linha de produção em 1982 e tem sido uma presença constante na linha do modelo desde então. A versão conversível do icônico carro esportivo será lançada em 2019 sob um alarde praticamente sem precedentes.

Ela inclui todos os recursos inovadores do coupé, juntamente com itens avançados específicos do Cabriolet, tais como o novo sistema hidráulico que abre e fecha a capota de forma mais rápida.

A capota de tecido totalmente automática tem uma janela traseira de vidro integrada, ao mesmo tempo que a estrutura do teto maleável contém elementos de magnésio – denominados arcos – que evitam que o perfil da capota se altere com o vento em altas velocidades.

Ela pode ser aberta ou fechada em velocidades de até 50 km/h. A nova hidráulica do teto diminuiu o tempo de abertura para cerca de doze segundos, enquanto um defletor aerodinâmico acionado eletricamente garante a proteção do pescoço dos ocupantes do impacto do vento.

p19_0029_a3_rgbO 911 Cabriolet será oferecido, inicialmente, nas versões Carrera S, com tração traseira, e Carrera 4S, com tração nas quatro rodas. Ambas contam com um motor boxer de 6 cilindros de 2.981 cm³ turboalimentado, com 450 cv a 6.500 rpm e 530 Nm entre 2.300 e 5.000 rpm.

A eficiência foi aumentada e as emissões reduzidas através de um processo de injeção aperfeiçoada. Outras medidas de otimização também foram implementadas, como um novo posicionamento para os turbocompressores e do sistema de resfriamento do ar da alimentação.

A força é disponibilizada através de uma nova transmissão de dupla embreagem com 8 velocidades. O Carrera S acelera de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos (com o pacote opcional Sport Chrono, 3,7 segundos) e pode atingir uma velocidade de até 306 km/h.

O Carrera 4S atinge uma velocidade máxima de 304 km/h e faz de 0 a 100 km/h em 3,8 segundos (com o pacote Sport Chrono, 3,6 segundos), segundo a Porche.

A nova posição de montagem do motor torna o Cabriolet mais rígido torsionalmente que seu antecessor. Pela primeira vez, o chassi esportivo Porsche Active Suspension Management (PASM – gerenciamento ativo da suspensão) é disponibilizado para o 911 Cabriolet.

p19_0025_a3_rgbAs molas utilizadas nele são mais duras e mais curtas, as barras antirrolagem dianteira e traseira são mais rígidas e o chassi como um todo foi rebaixado 10 milímetros. Esses ajustes dão ao 911 uma sensação mais neutra na estrada, com melhor distribuição de peso.

Design – O novo 911 Cabriolet parece mais largo. Caixas de rodas mais largas cobrem as grandes rodas de 20 polegadas na dianteira e 21 polegadas na parte de trás. Os modelos com tração traseira agora têm a mesma largura de carroceira dos atuais modelos com tração integral.

O eixo traseiro é 44 mm maior. A dianteira de todos os modelos – agora 45 mm mais larga – revive uma característica das primeiras gerações do 911: um capô esticado para a frente com um rebaixo em frente ao para-brisa. Os dois elementos se alongam à frente do veículo e dão a ele uma aparência mais dinâmica.

Em todos os modelos, a traseira é dominada pelo defletor traseiro com posicionamento variável consideravelmente mais largo e pela elegante faixa luminosa contínua. Com exceção das seções dianteira e traseira, toda a parte externa da carroceria agora é feita de alumínio.

Interior – O interior tem linhas bem definidas e retas e instrumentos embutidos definindo o painel. Como no 911 original, o novo painel cobre toda a largura entre dois níveis horizontais em forma de asas.

p19_0032_a3_rgbDos lados do conta-giros posicionado ao centro, dois displays estreitos sem molduras fornecem informações para o motorista. Agora com 10,9 polegadas, a tela central do sistema Porsche Communication Management (PCM – sistema de gerenciamento de comunicações) pode ser operada rapidamente e sem provocar distrações.

O 911 Carrera S Cabriolet custa a partir de 134.405 euros na Alemanha e o 911 Carrera 4S Cabriolet, a partir de 142.259 euros, incluindo VAT (imposto por valor adicionado) e equipamento específico para o país.

Os modelos serão oferecidos também no Brasil, com entrega prevista para início do 2º semestre de 2019. Os preços e configurações ainda estão em definição.

P18_0874_a3_rgb

P18_0880_a3_rgb

Fotos: CB /  Porche / Divulgação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s