Design brasileiro em expansão

Rogério Machado*

de Betim (MG)

O pequeno auditorio serve para tomadas de decisao ainda em fases preliminares.O pequeno auditório serve para tomadas de decisão ainda em fases preliminares

O automóvel é um produto tecnológico e, à medida que evolui, avançam com ele todos os processos empregados no seu projeto, design e produção. Vivemos um tempo em que as mudanças são de tal magnitude que, não raro, chegam a ser disruptivas, ou seja, provocam uma quebra dos modelos existentes e isto se traduz, também, no “modo” de projetar, passando do paradigma linear para o sistêmico.

Centro de estilo da Fiat Betim recebe status de Design Center:

Visitando recentemente o Design Center da FCA (Fiat Chrysler Automóveis), localizado na fabrica da Fiat em Betim (MG), pudemos testemunhar como estas mudanças estão impactando na prática projetual dos novos carros da marca, com reflexos nas linhas de produção, no time-to-market e na qualidade do produto.

Na oportunidade, pudemos conversar com o responsável pelo novo Design Center LATAM, Peter Fassbender, bem como com a equipe de designers, sobre o quanto este processo evoluiu desde que o setor nasceu discretamente em 2002, ainda dependente da matriz na Itália.

De lá para cá, houve uma reordenação do desenho global da FCA, agora com quatro pólos de design, ou Design Centers, localizados em Detroit (EUA), Turim (Itália), Xangai (China) e este aqui, em Betim, ampliado agora para atender a demanda de produtos de toda a América Latina, além de incluir em seu foco de abrangência as brands Jeep e Ram.

O antigo estúdio que, entre outros produtos, serviu de maternidade para a família Adventure e para a picape Toro, era instalado em uma área limitada, o que levou ao longo do tempo para construção de plataformas adicionais em diferentes partes da fábrica, um arranjo que custava tempo nos deslocamentos e um delay das tomadas de decisão.

O mockup para avaliacao do uso dos comandos internos com o veiculo em movimento.O mockup para avaliação do uso dos comandos internos com o veículo em movimento

Estes gargalos levaram a construção do novo Design Center, instalado em um grande complexo localizado no coração da área industrial, entre a engenharia e as linhas de produção, ainda dotado de área útil para futura expansão.

Este novo complexo segue uma arquitetura “pensada” em conjunto com os designers e profissionais que ali exercem suas atividades e foi desenvolvido, também, para promover uma conexão entre a área produtiva e a engenharia, antecipando soluções antes mesmo que o produto ganhe forma definitiva, evitando elevados custos financeiros e reduzindo o tempo de projetação.

UX Lab, o cliente participando do projeto:

Começamos nosso percurso pelo UX Lab (Laboratório para experiências do usuário), um espaço que visa avaliar a capacidade de interação (localização, leitura, acionamento e interpretação) do ser humano com os comandos de bordo, incluindo aí a identificação de ideogramas, o acionamento dos comandos e a expectativa de resposta dos equipamentos.

Para promover esse exercício são utilizados dois mockups de interior (simuladores do ambiente interno dos veículos). Um deles, adaptado para uso de óculos de realidade virtual (VR), possibilitando a opção por diferentes ambientes e condições de iluminação, diurna e noturna.

O outro está em fase de desenvolvimento e possui um simulador de movimento, avaliando a localização e acionamento dos equipamentos por parte do usuário com o veiculo em movimento.

Realidade virtual para medir a percepcao dos comandos.Realidade virtual para medir a percepção dos comandos

O UX Lab conta com uma sala de observações oculta, da qual o analista pode identificar as reações dos usuários sem intimidá-los com a sua presença. Essa base experimental nasceu nos laboratórios no Vale do Silício (EUA).

Virtual Room, o futuro na tela:

Em seguida, conhecemos o Virtual Room, que é dotado de um pequeno auditório e equipado com uma tela de alta definição com dimensões que permitem a visualização de imagens de veículos em dimensões reais.

Esse ambiente funciona para apresentação e discussão de propostas com participação das diversas áreas da fábrica. O equipamento possibilita a manipulação virtual de imagens com simulação de cenários e iluminação, cores de pintura e acabamento.

A tela de vidro possibilita estudar modificações através do line drawing (aplicação de linhas com uso de fitas adesivas) diretamente sobre a imagem. Uma passagem ao lado deste ambiente nos conduz a outra sala que pode receber mockups externos de veículos modificados ou novos modelos.

A iluminação é indireta e, além de não modificar a percepção das cores reais, não produz reflexos indesejáveis. Uma das partes do ambiente é usada para apresentação de propostas de cores externas.

A intervencao direta sobre a imagem no Virtual Room.A intervenção direta sobre a imagem no Virtual Room

Para receber nossa visita, o Design Center expôs ali alguns carros conceito dos últimos anos e pudemos constatar a eficiência e neutralidade da iluminação.

A modelagem, colocando as ideias em três dimensões:

O último laboratório que conhecemos foi um dos pontos altos da visita, a sala de modelagem. Neste laboratório são modeladas novas formas que nasceram dos croquis em papel ou virtuais, sejam para modificações em produtos existentes, seja para novas propostas.

A modelagem é feita com o uso de clay, uma massa específica que utiliza diferentes ceras em sua composição, produzida por cerca de seis ou sete empresas com diferentes formulações, sempre mantidas em segredo.

A intervencao sobre o clay com o uso das ferramentas de modelagem.A intervenção sobre o clay com o uso das ferramentas de modelagem

Nas últimas décadas, o material sofreu mudanças em sua base química com a eliminação do enxofre por razões de saúde, mas continua com a mesma consistência desde a década de 1920, quando começou a ser usado.

A aplicação é feita com o material aquecido a 66°C, temperatura na qual ele adquire uma consistência que permite a moldagem (parecido com as massas infantis). Ao resfriar, ele vai se tornando mais consistente sem perder suas características de moldabilidade com instrumentos específicos que cortam, alisam, removem ou produzem detalhamentos, possibilitando sempre uma revisão da forma.

O clay para modelagem, quase 100 anos a servico do design.O clay para modelagem, quase 100 anos a serviço do design

Um mockup que utiliza parte de um modelo existente e parte modelada em clay.Mockup que utiliza parte de um modelo existente e parte modelada em clay

Antes de esculpir um mockup em tamanho real, são feitos modelos em escala reduzida, cerca de três ou quatro propostas. O processo pode ser realizado através de usinagem computadorizada (não fomos neste ambiente) e a intervenção humana fica para a finalização.

Após definida a forma, a carroceria pode ser escaneada para obtenção das cotas dimensionais e do detalhamento das seções que serão utilizadas na produção dos estampos para produção definitiva, bem como matrizes para injeção de plásticos.

Diversos tipos de películas simulando vidros, plásticos ou pintura automotiva podem ser aplicadas sobre o clay com um resultado bastante realístico.

Um escritório sofisticado:

Após a visita aos laboratórios, fomos ao pavimento superior onde ficam as mesas dos designers, dispostos em um enorme living room equipado com cafeteria, ambiente de leitura e um tablado para apresentação de ideias.

É interessante observar que neste ambiente descontraído são pensados, discutidos e definidos o design do interior, exterior, as cores e os materiais dos veículos que estarão nas ruas no futuro. ​

O ambiente descontraido onde os designers desenvolvem suas ideias.O ambiente descontraído onde os designers desenvolvem suas ideias

Um coffee shop que nao interrompe os projetos.Um coffee shop que não interrompe os projetos

Fotos: Rogério Machado

*o colaborador realizou a visita a convite da FCA – Fiat Chrysler Automóveis

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s