Emplacamentos de veículos apontam alta de 10,6% no acumulado do ano

Da Redação

A Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) divulgou o desempenho das vendas no mês de outubro e, também, no acumulado de 2019.

De acordo com levantamento realizado pela entidade, com base nos emplacamentos registrados pelo Renavam, no mês de outubro, foram comercializadas 367.587 unidades, entre automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros, o que representa alta de 9,09% na comparação com o mês de setembro, quando foram emplacados 336.968 veículos.

Na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando as vendas comercializadas somaram 351.590 unidades, o resultado de outubro de 2019 ficou 4,55% acima.

De janeiro a outubro, 3.320.021 veículos foram emplacados, o que representa crescimento de 10,6% ante igual ao período do ano passado, quando foram registrados 3.001.820 veículos.

O volume acumulado, dos dez meses de 2019, está em linha com a projeção de 10,76% de crescimento, feita pela entidade, para o ano, com volume total ultrapassando as 3,9 milhões de unidades.

Segundo o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, o mercado vem se comportando de forma estável. “A evolução positiva foi registrada em função de dois dias úteis a mais, em outubro (23 dias contra 21 dias em setembro). Se considerarmos apenas os dias corridos, o mercado permaneceu, praticamente, estável, com uma pequena retração de 0,43%”, ponderou.

Automóveis e Comerciais leves

As vendas de automóveis e comerciais leves somaram, em outubro, 241.175 unidades, o que representa aumento de 8%, na comparação com o mês de setembro, quando as vendas somaram 223.217 veículos.

Quando comparado com outubro de 2018, período em que foram emplacadas 244.537 unidades, o resultado aponta para leve retração de 1,37%.

No acumulado do ano, esses segmentos cresceram, juntos, 7,5%, chegando a 2.176.145 unidades comercializadas, contra 2.023.925 no mesmo período de 2018.

“O ritmo de crescimento permanece moderado e estável, e positivo no acumulado, o que é muito importante para os resultados do setor em 2019. Conforme as projeções da Fenabrave, o ano deverá ser encerrado com crescimento de 10,03% considerado todos os segmentos somados”, comentou Assumpção Júnior.

unnamed(7)

Tabela: Fenabrave / Divulgação

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

VW Golf GTE é lançado em mercados específicos e MG fica de fora

Da Redaçãounnamed(1)Primeiro veículo da ofensiva elétrica da Volkswagen na região da América Latina, o Golf GTE chega ao mercado brasileiro.

O Golf GTE, de acordo com a VW, une o melhor de dois mundos: desempenho esportivo com excelente eficiência energética. Pode ser conduzido no modo totalmente elétrico por cerca de 50 km. Isso atende a demanda de 2/3 da população que vive nos grandes centros urbanos, ou de sete em cada 10 pessoas.

O cliente pode rodar todos os dias sem emitir CO2, sem ruído e gastando muito menos. Para rodar 50 km por dia, é preciso desembolsar apenas R$ 5,00, de acordo com o preço estimado da energia na região Sudeste, informou a fabricante.

57aafbd6be2acffdd2530a1f574a067fA Volkswagen tem uma estratégia robusta para a eletrificação na Região América Latina: serão seis carros elétricos e híbridos até 2023. O Golf GTE é o primeiro dessa ofensiva e o 14º lançamento dos 20 previstos até 2020 dentro da estratégia da Nova Volkswagen. É o primeiro híbrido da história da marca no Brasil.

O Golf GTE estará disponível em três concessionárias da marca, em regiões estratégicas (Brasília, São Paulo e Curitiba) e de alto volume para esse produto, com preço sugerido de R$ 199,99 mil, com pacote fechado de equipamentos. Ou seja, o estado de Minas Gerais não está incluído neste lançamento.

Dentro do segmento de hatches médios híbridos, o Golf é o único com tecnologia plug-in, que permite o carregamento em tomada convencional de 220V ou em aparelhos wallbox de 3,6 kW ou mais.

Além disso, o modelo traz itens exclusivos na categoria, como ACC (Controle Adaptativo de Cruzeiro), painel de instrumentos totalmente digital (Active Info Display) e sistema multimídia com tela sensível ao toque de 9,2 polegadas e controle por gestos.

unnamed(4)O Golf GTE tem dois motores: um a combustão de 1.4 TSI turbo, com 150 cv, e um motor elétrico de 75 kW (102 cv). Combinados, oferecem potência de 204 cv (150 kW). Se o motor elétrico for a única fonte de força de propulsão, o Golf GTE pode atingir velocidades de até 130 km/h.

Quando toda a potência combinada do sistema é utilizada, o GTE vai de 0 a 100 km/h em 7,6 segundos, atingindo velocidade máxima de 222 km/h, segundo a VW. Ainda mais significativo é o potencial de propulsão superior do Golf GTE, obtido graças à combinação dos dois motores, que produz torque máximo de 350 Nm (35,7 kgfm).

Sua autonomia total, incluindo o motor elétrico e o motor a gasolina, ultrapassa 900 km.

Modo elétrico: basta acionar um botão ao lado do câmbio para entrar no “e-mode”. Nessa condição, apenas o motor elétrico de 75 kW (102 cv) e 330 Nm (33,6 kgfm) é utilizado, o que torna o Golf GTE um veículo totalmente livre de emissões.

Importante: sempre que o Golf GTE é ligado, o modo “e-mode” é acionado automaticamente. Em outras palavras: não há som de ignição.

unnamed(2)Modo híbrido: ao selecionar esse modo, a tecnologia do GTE escolhe qual é o sistema mais eficiente para cada situação de uso do veículo. Se o carro estiver em uma condição em que o motor elétrico for mais eficiente, apenas esse sistema será utilizado. Se há uma situação em que é necessária potência adicional, o motor 1.4 turbo será acionado automaticamente. O modo híbrido possui a função de utilizar a carga da bateria ou mantê-la.

Modo recarga: nessa situação, apenas o motor 1.4 TSI, de 150 cv e 250 Nm (25,5 kgfm), movimentará o veículo. E mais: além de mandar energia para as rodas, o propulsor fornecerá carga para a bateria.

Os principais sistemas são acionados de forma rápida e são sempre visualizados – seja no painel de instrumentos ou no sistema de multimídia com tela sensível ao toque, que mostra as funções, como: monitor de autonomia, mostrador de fluxo de energia e estatísticas de emissão zero.

unnamed(6)A Volkswagen, juntamente com Audi e Porsche, empresas que fazem parte do Grupo Volkswagen, firmou em outubro uma parceria estratégica com a EDP, para a instalação de 30 novas estações de recarga de veículos elétricos no País.

Serão 29 postos de 150kW, e um posto de 350kW, capazes de reabastecer a bateria de um carro elétrico rapidamente – e mais 30 equipamentos de 22kW (AC). Assim, cada ponto de recarga terá uma estação ultrarrápida e uma semirrápida.

Elas serão instaladas nas rodovias Tamoios, Imigrantes, Carvalho Pinto, Governador Mário Covas, Dom Pedro, Washington Luís e Régis Bittencourt.

Esta rede será interligada a outras já existentes no País, conectando um total de 64 pontos de carregamento, formando um corredor de 2.500 km de extensão, ligando os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Espírito Santo e Santa Catarina (de Vitória a Florianópolis).

unnamed(5)

Fotos e Imagem: Volkswagen / Divulgação

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

Volvo Car Brasil passa a vender seminovos com certificação de fábrica

Da Redação

Após a renovação total de sua linha de veículos no mercado nacional, a Volvo Car Brasil está apresentando uma nova oportunidade na compra de seus modelos premium.

Com o Volvo Selekt, a fabricante sueca começa a vender seminovos em sua rede de concessionárias certificadas pela própria marca.

Disponível em mais de 26 países, como Estados Unidos, Inglaterra e Alemanha, o programa inclui na oferta veículos das linhas 40, 60 e 90 com menos de cinco anos ou até 150 mil km rodados.

É necessário que o carro tenha o histórico completo de serviços realizados para estar qualificado a participar do Volvo Selekt.

De acordo com a Volvo, todos os modelos são submetidos a uma verificação de mais de 100 itens para atender aos padrões de segurança, desempenho e aspecto da marca.

Durante a preparação, apenas peças originais Volvo são usadas e todos os carros passam por uma atualização de software para entregar ao consumidor o que há de mais atual em segurança ativa e passiva, a exemplo da tecnologia City Safety (sistema de frenagem automática para evitar ou mitigar colisões com outros veículos, pedestres, ciclistas e animais de grande porte, tanto de dia quanto a noite).

“O Volvo Selekt é o modo inteligente e seguro de comprar um seminovo, porque são selecionamos apenas os melhores carros disponíveis. Garantimos que atendem os mais elevados padrões de qualidade, sendo a porta de entrada para novos clientes, especialmente os que buscam o seu primeiro carro premium. Trata-se de uma excelente oportunidade para adquirir seu veículo através de ótimas condições e com a mesma qualidade e tecnologias de um novo Volvo. Com o programa, podemos também atrair clientes para nossos modelos e, desta forma, fidelizar o consumidor com nossa entrega completa de produtos e serviços”, afirmou Bruno Gomes, gerente do programa.

Quem comprar um seminovo da marca leva um veículo com, no mínimo, 12 meses ou 25 mil km de garantia estendida. A certificação da montadora sueca garante cobertura mecânica e elétrica dos carros.

Mais um benefício do programa de seminovos da marca é o Volvo Assistance, serviço que oferece, por 12 meses, o Volvo On Call.

Trata-se de um pacote de soluções completas de monitoramento e de auxílio ao motorista, que pode ser acessado por aplicativo no celular ou via uma central exclusiva de atendimento que presta serviços no caso de acidentes, assistência 24h ou casos de recuperação de roubo do veículo.

O Volvo Selekt está disponível em 32 concessionárias no Brasil. Os preços dos veículos partem de R$ 140 mil e podem variar de acordo com o modelo e o ano de fabricação.

Para saber outras informações sobre o programa e as revendas autorizadas participantes, você pode acessar o seguinte endereço:

http://www.volvocars.com/br/comprar/compre-seu-volvo/volvo-selekt

BMW Série 7 passa a contar com uma versão híbrida no Brasil

Da Redação  (Publicado no Diário do Comércio – Edição: 01/11/2019)

Sedan utiliza um motor à combustão e um elétrico que, combinados, geram 394 cv

P90342264_highRes_the-new-bmw-745le-xdA BMW do Brasil está lançando na sua rede de concessionárias autorizadas no País o novo BMW 745Le M Sport, a nova versão híbrida plug-in do sedan de alto luxo, ao preço de R$ 499,95 mil.

Fabricado em Dingolfing, na Alemanha, o modelo possui estrutura Carbon Core, desempenho de esportivo e diversas tecnologias de assistência ao motorista.

Haverá uma campanha especial de lançamento em que os compradores do veículo ganharão um kit da Montblanc criado em parceria com a BMW Lifestyle exclusivamente para o modelo.

O kit é  composto por carteira, bolsa pasta para documentos, mala de viagem e caneta esferográfica, itens BMW Lifestyle criados exclusivamente para o carro.

P90342265_highRes_the-new-bmw-745le-xdA nova identidade visual da fabricante alemã é observada, no BMW 745Le M Sport, na tradicional grade em formato de duplo rim, que cresceu 40% em relação ao modelo anterior, nas lanternas mais finas e com desenho tridimensional e nos faróis dianteiros, mais estreitos e dotados de tecnologia BMW Laserlight.

A grade dianteira oferece a tecnologia Active Air Stream, que controla os defletores de ar visíveis nas aletas de modo a melhorar a aerodinâmica e eficiência do veículo. O modelo ganhou, ainda, um para-choque redesenhado, logo da BMW maior, friso inteiriço na tampa do porta-malas, novas rodas de 20 polegadas e ponteiras de escapamento redesenhadas.

Por fim, os vidros laterais laminados com maior espessura garantem um maior isolamento acústico, enquanto a dianteira do modelo elevada em 50 mm assegura maior segurança e proteção em pisos irregulares, valetas e lombadas.

Motores – A nova versão oferece sob o capô uma combinação de potência e eficiência, combinando um propulsor a combustão de 3.0 de 6 cilindros e 286 cv de potência, a um moderno propulsor elétrico com potência de 113 cv e regeneração de energia de frenagem.

P90342364_highRes_the-new-bmw-750li-xdJuntos, eles desenvolvem uma potência combinada de 394 cv e torque de 600 Nm, quando o Driving Experience Control está definido para o modo Sport. A tração traseira e a transmissão automática de oito velocidades completam o conjunto mecânico.

Dessa forma, o modelo leva, da imobilidade aos 100 km/h, apenas 5,3 segundos e a velocidade máxima é de 250 km/h, informou a BMW.

Posicionada sob os bancos traseiros, a bateria de íons de lítio, por sua vez, oferece tecnologia de última geração e capacidade de armazenamento melhorada, permitindo ao modelo cobrir até 58 quilômetros somente com energia elétrica.

“Estamos ampliando o poder de escolha do cliente com mais opções de motorização para o BMW Série 7 no Brasil e eletrificando o topo da nossa gama com um posicionamento supercompetitivo”, afirmou Roberto Carvalho, diretor comercial da BMW Brasil.

P90342269_highRes_the-new-bmw-745le-xdAssistente Pessoal – O BMW 745Le M Sport oferece uma série de tecnologias avançadas. Entre elas está o Assistente Pessoal Inteligente BMW (Intelligent Personal Assistant), que integra o novo Sistema Operacional BMW 7.0 e o BMW Live Cockpit, que agrega inúmeras funções, de sistema de navegação a comandos de gesto e voz.

O sistema pode ser acionado por meio do comando de voz “Olá, BMW”, dito pelo usuário em português e, posteriormente, podendo ser editado por um comando de voz de preferência do usuário.

Este sistema foi testado no Brasil, com o português local e desenvolvido pelo time de engenharia da empresa por meio de uma parceria com a equipe global, sediada na Alemanha.

A tecnologia permite ao usuário interagir com o veículo e executar diversos recursos, ouvir explicações sobre o funcionamento de equipamentos, além de programá-los de acordo com as preferências de quem o opera como, por exemplo, ligar o ar-condicionado a uma determinada temperatura.

P90342296_highRes_the-new-bmw-745le-xd

BMW 745Le M Sport conta com muita tecnologia embarcada e luxo

O modelo top de linha da marca também oferece sistemas assistentes de condução semiautônoma, como o BMW Driving Assistant Professional, que permite ao veículo, por meio de sensores que identificam obstáculos ao seu redor, acelerar e frear sozinho de modo a acompanhar o fluxo do trânsito.

O controle de cruzeiro ativo com função Stop&Go possibilita manter uma distância do carro à frente de forma automática, em qualquer velocidade, e detectar pedestres na pista enquanto o carro estiver em movimento, acionando os freios do veículo. Já o sistema assistente e de controle de mudança de faixa alerta para saídas involuntárias baseado na identificação das faixas de rolagem.

O sistema Parking Assistant Plus mede os espaços para estacionar automaticamente por meio de câmeras e sensores do veículo, que realiza todas as manobras com máxima precisão, economizando tempo e garantindo o conforto do motorista enquanto estaciona.

Além disso, todas as manobras podem ser visualizadas em tempo real por meio das funções do Surround View (Top View, Panorama View e 3D View), que mostra na tela touch a área de 360 graus ao redor do veículo, que pode ser explorada e girada com os dedos, permitindo assim uma visão total do carro em tela 3D. O cliente ainda pode ter a projeção 3D apresentada diretamente na tela do se celular com o BMW Connected App.

P90342300_highRes_the-new-bmw-745le-xd

P90342305_highRes_the-new-bmw-745le-xdLançado no Brasil por meio do novo BMW Série 3, o sistema Reversing Assist registra os últimos 50 metros percorridos, podendo, se desejado, “desfazê-los” em marcha ré, algo muito útil em ruas sem saída ou espaço para manobras.

Na dianteira, os faróis BMW Laserlight possuem o dobro de alcance em relação à faróis de LED. Assim como os faróis adaptativos, a distribuição de luz varia de acordo com a velocidade do veículo e com o ângulo de esterço do volante.

O modelo traz, ainda, faróis de neblina em LED integrados ao para-choque dianteiro, para melhor visibilidade em situações de pouca nitidez, e assistente de farol alto, que desliga automaticamente o farol alto ao avistar outro veículo vindo pelo lado oposto da via.

Multimídia – Também está presente o Sistema de Navegação Professional com tela sensível ao toque de 12 polegadas e comandos por gestos, memória interna de 20 GB, tecnologia iDrive Touch Controller, um seletor sensível ao toque e apto a reconhecer letras e sinais, e o BMW ConnectedDrive, que permite acesso a serviços digitais com o máximo de comodidade.

P90342304_highRes_the-new-bmw-745le-xdCom esta tecnologia, o cliente sabe as condições de trânsito em tempo real, pode acessar seus e-mails, receber notícias e consultar a previsão do tempo em diferentes localidades.

Com a central de atendimento 24h do Serviço de Concierge, ele pode consultar a programação dos cinemas, pedir recomendações de restaurantes e até fazer reservas.

O BMW Teleservices mantém o concessionário sempre informado sobre a necessidade de manutenção do novo Série 7, otimizando todo o serviço de manutenção. A Chamada de Emergência Inteligente traz tranquilidade ao identificar acidentes e chamar automaticamente os serviços de emergências locais.

Por meio da chave key display, o motorista controla diversas funções do veículo de maneira remota, por meio do visor em LED sensível ao toque, entre elas: climatização, autonomia restante, trancamento das portas e abertura dos vidros, entre outros.

P90342261_highRes_the-new-bmw-745le-xdInterior – Quem ingressa na luxuosa cabine do Série 7 tem a percepção de desfrutar de uma confortável sala de estar: tapetes em veludo, TV digital, cortina elétricas nos vidros, bancos dianteiros e traseiros com ajustes elétricos e função de massagem, entre outros, garantem o máximo de conforto para motorista e ocupantes.

Entre os itens, podemos destacar ainda direção elétrica, sistema start-stop, controle de estabilidade e tração, 6 airbags e head-up display.  O carro vem conectado à internet de fábrica e também oferece o Serviço de Concierge do BMW Group Brasil sem custos aos clientes.

Em termos de dimensões, o modelo tem 5,26 metros de comprimento, 1,90 metro de largura, 1,48 metro de altura e 3,21 metro de distância entre-eixos. O porta-malas tem capacidade de 420 litros.

P90342252_highRes_the-new-bmw-745le-xdFotos: Daniel Kraus / BMW / Divulgação

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br