Ford adota ações para garantir os serviços pós-venda aos clientes

Da Redação

A Ford informou, hoje (30 de março), que adotou ações emergenciais na área de serviços pós-venda para garantir o atendimento essencial aos clientes durante o período de restrições e isolamento social devido ao coronavírus.

As medidas abrangem desde a adequação do funcionamento das oficinas da rede e dos prazos de revisão e garantia até os serviços de assistência e carro reserva para dar o apoio que os clientes precisam neste momento de grande necessidade.

Os serviços de manutenção e fornecimento de peças continuam a funcionar nas concessionárias da marca, respeitando as proibições e determinações legais de cada localidade, para garantir a operação dos veículos, principalmente os que são utilizados na prestação de serviços essenciais à população.

Ao mesmo tempo, estão sendo tomadas todas as medidas de prevenção para proteger a saúde e a segurança dos profissionais envolvidos nesse trabalho, disse a Ford.

Os clientes da marca que estão no período de revisão do veículo não precisam se preocupar com a perda do prazo de garantia. A contagem de tempo só será retomada depois que a situação for normalizada.

O serviço de assistência 24 horas Ford Assistance também continua em operação. Em caso de solicitação de guincho, o veículo será levado para a concessionária em operação mais próxima ou para a residência do cliente, ao seu critério.

Na solicitação de veículo reserva, também foram adotadas novas regras, dando total prioridade ao atendimento dos profissionais da área médica e segurança pública. Além disso, o cliente pode devolver o carro em outra cidade sem a cobrança de taxa de retorno, em todo o território nacional.

“Todos os nossos times estão fazendo um grande esforço para garantir a continuidade dos serviços pós-vendas para os nossos clientes, neste momento em que os veículos são extremamente necessários para a população e para o trabalho dos órgãos públicos”, disse Joaquim Pereira, diretor de Serviço ao Cliente da Ford América do Sul.

“Estamos buscando soluções alternativas para contornar essas limitações e vamos continuar trabalhando em novas ações para poder prestar a devida assistência aos nossos clientes”, concluiu Pereira.

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s