Fiat Strada evolui na 2ª geração mantendo os principais atributos que lhe renderam a liderança nos últimos 20 anos

Muito mais tecnológica, a picape se tornou um produto completo para vários perfis de clientes, podendo ser utilizada tanto para o trabalho quanto para o lazer

José Oswaldo Costa

(Publieditorial)

Nova Fiat Strada Endurance Cabine Plus 1.4 Fire

A Fiat Strada é líder do seu segmento há 20 anos. Em 2019, foram comercializadas 76.223 unidades da picape, uma média de cerca de 6.351 unidades/mês.

Para que se tenha uma melhor idéia de sua incontestável liderança, a concorrente direta emplacou, no mesmo período, 42.270 unidades (cerca de 3.522 unidades/mês). Esses números são da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

De acordo com a Fiat Chrysler Automóveis (FCA), já são mais de 1,5 milhão de exemplares da Fiat Strada vendidos até hoje e, no ano passado, o modelo bateu seu recorde histórico de vendas com 58,2% de participação no segmento.

Mas, engana-se quem acha que não se mexe em time que está ganhando. O que já é muito bom pode sempre melhorar. Dessa forma, a FCA lançou, no fim do mês de junho, a segunda geração da Fiat Strada.

Essa nova geração passou a atender também os proprietários que usam a picape nos momentos de lazer com suas famílias, mas sem deixar de lado seu uso no trabalho, onde o modelo sempre se destacou e angariou admiradores.

Para se ter uma ideia da incrível receptividade alcançada pela Nova Fiat Strada, hoje a demanda média diária é de 770 unidades. Isso significa vendas 3,5 vezes maiores comparadas a 2019, e uma procura quatro vezes superior ao previsto à época do lançamento, informou a FCA.

Cerca de 70% das vendas da picape são feitas para micros, pequenos e médios empresários. Tanto da cidade, quanto do campo. Ainda assim, com a ampliação do público-alvo, as vendas para pessoa física, no varejo, saltaram de 5% na geração anterior para 25% com a Nova Fiat Strada.

Como destaca o gerente de Veículos Comerciais da FCA, Felipe Daemon, “no território work, a Fiat Strada sempre foi líder. E essa liderança se dá pelos seus atributos diferenciados: versatilidade, qualidade do produto (refletida em sua robustez para o trabalho) e o custo-benefício”.

“A Nova Fiat Strada vem se destacando pela tecnologia embarcada, pelo design e pela segurança, que evoluíram muito em relação à geração anterior, fazendo com que ela atinja uma maior faixa de público. Ou seja, o segredo é que ela passou a ser um produto completo que atende a vários perfis”, completa Daemon.

Dentro dessa evolução mencionada pelo executivo, podemos destacar alguns quesitos importantes para o segmento. O primeiro deles, diretamente ligado à sua vocação para o trabalho, é o aumento da capacidade da caçamba.

Cabine Plus – Foi muito interessante a criação da versão Cabine Plus em substituição à Cabine Simples, que saiu de linha. É uma solução híbrida entre simples e estendida. A nova versão para dois passageiros ganhou em espaço volumétrico para a caçamba e, também, no espaço interno.

A Fiat Strada Cabine Plus é capaz de acomodar até 1.354 litros, um acréscimo de 134 litros. Já a capacidade de carga passou de 705 kg para 720 kg.

Além disso, o novo posicionamento da suspensão traseira permitiu maior vão de carga na caçamba entre as picapes da categoria: os 1.059 mm entre as torres no compartimento de carga facilitam muito a acomodação de grandes volumes. Há novas molas, amortecedores e geometria, além de novas travessa de suspensão e barra estabilizadora na dianteira, e novo eixo traseiro.

E essa nova engenharia da suspensão manteve o DNA já consagrado pelo mercado de trabalho, como o feixe de molas, mas evoluiu muito. Foi mantida a robustez e obteve-se um nível de conforto muito interessante.

Outra novidade é que a caçamba conta com um vão de carga modular. Ele recebeu trilhos para acessórios da Mopar, como divisórias e cargo box, além de contar com ganchos inferiores e superiores, que tornam o espaço preparado para diferentes funções.

Com o travamento da tampa, fica bloqueado também o acesso ao estepe, localizado abaixo do assoalho da caçamba para liberar mais espaço para carga. Aliás, a nova tampa traseira está 60% mais leve, facilitando o seu manuseio.

A tampa suporta cargas de até 400 kg, o que ajuda muito, como apoio, no momento de acomodar volumes mais pesados na caçamba. Não menos importante é que ela pode se tornar uma prática mesa para serviços no campo ou para momentos de lazer, por exemplo, possuindo, para isso, até mesmo porta-copos.

O protetor de caçamba é de série para todas as versões. Através da Mopar, a Fiat oferece alguns opcionais interessantes para o serviço diário, como divisores de caçamba que impedem o deslocamento de cargas menores no interior dela, e o extensor.

Esse último possui dupla função. Serve para “fechar” a caçamba, quando é necessário transitar com a tampa aberta, e como rampa de embarque. Para as duas funções, o melhor exemplo é quando o proprietário precisa embarcar e realizar o transporte de uma motocicleta.

Internamente, o ganho de espaço foi grande. A antiga versão Cabine Simples contava com 49 litros, além de ter o estepe alojado atrás do banco, para acomodar bagagens e outros objetos. A Nova Fiat Strada Cabine Plus, com a otimização do espaço interno, conta com 151,2 litros. Não menos importante, o proprietário ganhou mais espaço para reclinar o encosto do banco.

No que diz respeito aos porta-objetos espalhados na cabine, houve um ganho de 30% em relação à geração anterior. Destaque para o nicho localizado acima da tampa do porta-luvas que pode acomodar uma máquina para cartões de crédito ou outra ferramenta de trabalho.

A Fiat Strada Cabine Plus oferece duas versões de acabamento: Endurance e Freedom.

Motores – Quando se fala em trabalho utilizando uma picape, o consumidor fica atento à motorização oferecida. No caso da Nova Fiat Strada, são duas opções: 1.4 Fire e 1.3 Firefly. Os dois são os únicos do segmento que contam com o selo A de consumo do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

O motor 1.4 Fire gera potência de 88 cv a 5.750 rpm (etanol) e 85 cv a 5.750 rpm (gasolina). Seu torque é de 12,4 kgfm com gasolina e 12,5 kgfm com etanol, ambos a 3.500 rpm.

Na média, seu consumo é o seguinte: Cidade – 11,8 km/l (gasolina) e 8,3 km/l (etanol); Rodovia – 12,4 km/l (gasolina) e 8,9 km/l (etanol).

O motor 1.3 Firefly é uma evolução do Fire. Ele conta com quatro cilindros e oferece 109 cv de potência a 6.250 rpm e 14,2 kgfm de torque (etanol). Com gasolina, são 101 cv a 6.000 rpm e torque de 13,7 kgfm a 3.500 rpm. Interessante ressaltar, também, sua autonomia de 725 km.

Consumo do motor Firefly: Cidade – 12,8 km/l (gasolina) e 9 km/l (etanol); Rodovia – 14,2 km/l (gasolina) e 9,8 km/l (etanol).

Equipamentos de Série – É importante destacar que, nos dias de hoje, mesmo que o veículo seja mais voltado para o uso no trabalho, o consumidor não abre mão de alguns recursos tecnológicos (inclusive os de segurança) e de conveniência. Ou seja, ele não se contenta mais com um carro “pelado”, o conhecido “pé de boi”.

De olho nessa tendência, a FCA trouxe uma Nova Fiat Strada bem equipada desde as versões de entrada. Todas elas contam com: airbags frontais, freios ABS, controle de estabilidade, controle de tração, assistente de partida em rampas (Hill Holder), luzes de condução diurnas, ar-condicionado, volante com regulagem de altura, computador de bordo, iluminação da caçamba, grade de proteção do vidro traseiro, entre outros.

Inclusive, devido à boa relação Preço X Conteúdo, Felipe Deamon destaca que muitos clientes estão partindo para a versão intermediária Freedom. Deamon também faz questão de lembrar as dimensões da nova picape: “A Nova Fiat Strada traz entre-eixos superior à antiga geração, o maior comprimento da categoria, ganhou em largura e em altura. Ou seja, ela está maior, mais alta e mais robusta”.

Nova Fiat Strada Freedom Cabine Plus 1.3 Firefly

Falando em números, vamos a eles, com destaque para a altura mínima do solo e para os ângulos de entrada e saída, que permitem ultrapassar obstáculos com mais facilidade e segurança:

Nova Fiat Strada Cabine Plus: comprimento – 4,48 metros; largura – 1,73 metro; altura – 1,61 metro; distância entre-eixos – 2,74 metros; altura mínima do solo – 208 mm; ângulo de entrada – 23,4°; ângulo de saída – 26,7° e ângulo de rampa – 20,8°. O tanque de combustível tem capacidade para 55 litros.

Nova Fiat Strada Cabine Dupla: comprimento – 4,48 metros; largura – 1,73 metro; altura – 1,60 metro; distância entre-eixos – 2,74 metros; altura mínima do solo – 212 mm; ângulo de entrada – 23,7°; ângulo de saída – 26,5°; ângulo de rampa – 20,9°. O tanque de combustível tem capacidade para 55 litros.

Cabine Dupla – Outra novidade da linha 2021 da Fiat Strada é a nova carroceria com cabine dupla. Com esse grande diferencial, e sua versatilidade, a nova picape está atraindo consumidores de outros segmentos.

Afinal, a ampla gama de versões com a inédita cabine dupla de quatro portas, e única na categoria para cinco ocupantes, faz da picape a melhor opção para atender múltiplos usos, seja para o trabalho, seja para o lazer.

Nova Fiat Strada Volcano Cabine Dupla 1.3 Firefly

As versões com cabine dupla possuem capacidade volumétrica para 844 litros. A capacidade de carga é de até 650 kg.

Com essa carroceria, a Fiat Strada pode contar com alguns itens a mais de segurança e tecnologia, de série ou como opcionais. Vale destacar os airbags laterais, que são de série em todas as versões com cabine dupla, aumentando a segurança para os passageiros.

A Fiat Strada Cabine Dupla é equipada com direção elétrica progressiva e, na versão de topo Volcano, com faróis em LED e a nova central multimídia Uconnect 7”, que apresenta tela sensível ao toque de sete polegadas e traz recursos como Apple CarPlay e Android Auto com projeção sem fio (wireless).

A tela é personalizável e apresenta os controles de todas as funções da picape. O multimídia oferece, ainda, a possibilidade de parear até dois smartphones.

Ele traz diversas funções, como: navegação via Waze e Google Maps; música (Streaming | MP3); reconhecimento de voz (Siri | Google Voice); leitura e resposta de mensagem handsfree para SMS e WhatsApp e integração com calendário.

Além disso, a picape chega com controle de tração avançado E-Locker (TC+) de série em todas as versões. Esse sistema é voltado para situações de off-road leve e auxilia em manobras quando o veículo que se encontra em terreno escorregadio e com a roda patinando.

O E-Locker funciona transferindo mais torque para a roda com maior aderência, fazendo com que a picape vença os obstáculos. A função, acionada através do botão TC+, é desativada automaticamente a partir de 65 km/h.

A Fiat Strada Cabine Dupla oferece três versões de acabamento: Endurance, Freedom e Volcano.

A Nova Fiat Strada conta com três anos de garantia, tendo o cliente a opção de adquirir um dos planos da Garantia Adicional Fiat de 12 ou 24 meses, para chegar a até 5 anos de cobertura.

Nas versões com motor 1.3, o valor das três primeiras revisões é de R$ 1.284, 27,3% mais baixo que o da principal concorrente, informou Felipe Daemon. “Quando se analisa o trio de revisões iniciais das versões com propulsor 1.4, o custo total é de R$ 1.336, 22% a menos do que na mesma rival em versão equivalente”, disse o gerente de Veículos Comerciais da FCA.

Por fim, Daemon faz questão de ressaltar que a Nova Fiat Strada manteve os mesmos preços praticados na geração anterior.

A Fiat Strada, desde a concepção de sua primeira geração, é um veículo que encontrou o equilíbrio entre robustez, conforto, acessórios e baixos custos de manutenção para o proprietário, apresentando um ótimo custo-benefício. A nova geração evoluiu em todos esses quesitos.

Investimentos – A FCA está vivendo um ciclo de investimentos na planta de Betim (MG). Para tanto, houve o aporte de R$ 8,5 bilhões. Este montante foi utilizado na modernização do Polo Automotivo Fiat, bem como no desenvolvimento da nova Fiat Strada, além de outros dois modelos que chegarão ao mercado no ano que vem.

A planta de Betim também passa a contar com novas áreas instaladas: Hub FCA, Safety Center, Design Center, Virtual Center e de transformação digital.

Não menos importante, o valor engloba a capacitação permanente dos colaboradores do Polo Automotivo Fiat.

NovaFiatStradaVolcanoCD33

NovaFiatStradaVolcanoCD_externas2Fotos: Fiat Chrysler Automóveis (FCA) / Divulgação

Nova Fiat Strada – Versões e Preços:

Endurance Cabine Plus 1.4 Fire (manual) – R$ 63,59 mil

Endurance Cabine Dupla 1.4 Fire (manual) – R$ 74,99 mil

Freedom Cabine Plus 1.3 Firefly (manual) – R$ 69,49 mil

Freedom Cabine Dupla 1.3 Firefly (manual) – R$ 77,99 mil

Volcano Cabine Dupla 1.3 Firefly (manual) – R$ 79,99 mil

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s