Kawasaki lança linha 2021 da Ninja 650 e da Z650

Da Redação

A Kawasaki promoveu uma live para o lançamento de dois modelos para a linha 2021: Ninja 650 e Z650.

Com design característico, a Kawasaki Ninja 650 é potente para a estrada, ideal para o dia a dia e ágil para o trânsito. Ela traz novos pneus, motor DOHC bicilíndrico de 68 cv, embreagem assistida e deslizante Kawasaki e suspensão traseira horizontal tipo back-link com amortecedor ajustável.

Priorizando a performance e conforto, além de incorporar outras características da família Ninja, a bolha está mais baixa e ligeiramente inclinada, para melhorar a proteção contra o vento.

Além disso, a carenagem fixada por presilhas suaviza a parte externa e visível, o que garante um visual limpo e agradável, deixando os parafusos para as áreas que necessitam de mais resistência no conjunto. Foram adotados faróis (alto/baixo) em LED, que aumentam o poder de iluminação.

As luzes indicadoras de direção estão integradas à carenagem na parte dianteira e os retrovisores são retráteis, que tornam o visual mais enxuto e agressivo. A fim de proporcionar leveza e conforto na pilotagem, somente manetes e punhos de comando estão fixados ao guidão.

Considerado o melhor painel de instrumentos do mercado, segundo a Kawasaki, tanto pela disposição das informações quanto pela luminosidade, o novo painel TFT com conexão bluetooth traz toques de modernidade com funcionalidades que inserem a Ninja 650 na seleta lista de motocicletas da próxima geração.

Integrado a carenagem, o painel oferece a visualização das informações, não importando as condições de luz do ambiente, pois a tela de 4,3 polegadas (10,9cm) permite aos usuários escolher entre duas cores de fundo, preta ou branca e, ainda, quatro níveis de intensidade da luz de fundo.

Dentre as informações mostradas estão: velocímetro e conta giros digitais, indicador de marcha, shift light (a barra de RPM muda de cor até ficar toda laranja e, ao atingir as rotações indicadas pelo usuário, começa a piscar indicando o momento da troca de marcha), nível de combustível, hodômetros total e 2 parciais, consumo de combustível instantâneo e previsão de autonomia, velocidade média, tempo total desde o último reinício, relógio, temperatura do líquido de arrefecimento, voltagem da bateria, lembrete da agenda de manutenção, da troca de óleo, notificação de e-mail e chamadas do smartphone e indicador de modo ECO.

O modo ECO garante economia e autonomia prolongada, ideal para o uso urbano. Conectando o smartphone à sua Kawasaki, o proprietário tem acesso ao histórico da moto e vê arquivos de dados de pilotagem através do Rideology The App.

Aqueles que participam de Track Days têm, na palma da mão, dados similares à telemetria das motos de competição. É possível rever no mapa as condições de velocidade, RPM e marcha, de acordo com o ponto do percurso, tudo em um gráfico de fácil leitura.

Além disso, o piloto pode conferir os dados de aceleração, frenagem e até mesmo de força G, informações que vão adicionar um tempero extra às conversas após os treinos.

O motor de dois cilindros paralelos, e 650 cc, entrega 68 cv a 8000 rpm e torque de 6,7 kgfm a 6500 rpm, atendendo ao Euro4 e aos limites de emissão de poluentes. Ele conta com injeção eletrônica de corpo duplo e o câmbio é de 6 marchas.

Com baixa vibração, esse motor entrega torque e potência desde os giros mais baixos e, combinados à leveza do chassi e da baixa concentração de massas, tornam a pilotagem fácil, divertida e instigante.

A Ninja 650 conta com uma dupla de discos de 300 mm na dianteira, disco simples de 220 mm na traseira e sistema ABS.

O conjunto de suspensões é progressivo e bem equilibrado. Na traseira, o amortecedor de 130 mm de curso e, na dianteira, o garfo telescópico com 125 mm de curso, trazem o ajuste ideal tanto para o uso esportivo quanto para o urbano.

A moto adotou novos pneus Dunlop Sportmax Roadsport 2, que elevam a aderência e a leveza nas mudanças de direção. Eles medem 120 x 70 x 17 na dianteira e 160 x 60 x 17 na traseira.

O assento do garupa foi melhorado com adição de espuma mais volumosa e firme, que oferece mais conforto para encarar longas distâncias, assim como o assento do piloto, que conta com maior área para apoio da lombar. As bordas estendidas da carenagem traseira oferecem apoio extra para as pernas.

São apenas 790 mm de altura até o solo e ligeiro estreitamento na junção do tanque com o assento, para o melhor encaixe das pernas.

Os manetes de freio e embreagem oferecem ajustes em até 5 níveis, para personalizar a moto à maneira de pilotar do proprietário e ao tamanho de suas mãos.

A Kawasaki Ninja 650 está disponível na cor Metallic Spark Black. O preço público sugerido é de R$ 39,99 mil + frete

Z650 – A versão 2021 da naked de médio porte da Kawasaki desembarca no mercado nacional mais confortável e refinada. Ela traz um design agressivo graças às mudanças no estilo Sugomi, farol e lanterna traseira em LED.

A Z650 oferece um motor potente, econômico e com baixa emissão de poluentes, além de novos pneus para uma pilotagem mais leve e esportiva.

A moto foi equipada com um novo painel TFT que conecta o piloto e a Z650 através do smartphone.

Os assentos contam com novo estofamento, mais espesso e confortável. As carenagens laterais acompanham toda a traseira e oferecem mais suporte para o garupa, com maior área de apoio para a lombar do piloto.

São apenas 790 mm de altura até o solo e ligeiro estreitamento na junção do tanque com o assento, que proporciona um melhor encaixe das pernas.

Assim com a Ninja, ela é equipada com embreagem assistida e deslizante que traz suavidade nas trocas de marchas.

O motor também é o mesmo da Ninja, de dois cilindros paralelos e 650 cc, produzindo 68 cv.

O duplo controle de válvulas do acelerador oferece aceleração linear e suaviza as respostas do punho direito, além disso, contribui com a eficiência do consumo, mostrada através do indicador ECO no painel.

Com seu conjunto de exaustão (escape + catalisador) atende ao Euro4 e aos limites de emissão de poluentes..

O guidão proporciona ergonomia e uma postura equilibrada de pilotagem para muitos quilômetros sem cansar. O painel fica centralizado sobre a mesa e oferece ótima visualização das informações.

O sistema de freio repete o da Ninja, descrito anteriormente. A Z650 apresenta balança estilo asa de gaivota e amortecedor ajustável com curso de 130 mm na traseira. Na dianteira, garfo telescópico com 125 mm de curso.

A Z650 adota os mesmos pneus Dunlop Sportmax Roadsport 2, sendo 120 x 70 x 17 na dianteira e 160 x 60 x 17 na traseira, da Ninja.

 A Kawasaki Z650 está disponível em duas cores em duas cores e preços:

Metallic Spark Black / Metallic Flat Spark Black:

Preço público sugerido de R$ 37,49 mil + frete

Candy Lime Green / Metallic Spark Black:

Preço público sugerido de R$ 37,99 mil + frete

Fotos: Kawasaki / Divulgação

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s