Kawasaki apresenta a linha 2021 da KX 450X

Da Redação

KX250

A Kawasaki apresentou a linha 2021 da KX 450X. O propulsor de 449cc, derivado da versão MX, traz embreagem hidráulica e mapas programáveis. A moto conta com chassi moderno e suspensão pronta para competição, além de novas rodas 21 x 18 e diferenciais como proteção do motor e disco de freio traseiro, além do apoio lateral e partida elétrica que facilitam a vida do piloto.

Otimizado para uso em modalidades com percurso livre, fora dos circuitos fechados de motocross, o motor da KX 450X entrega potência e torque em linha desde as mais baixas rotações, para desempenhar seu papel com maestria por trilhas travadas e também nos estradões.

Dentre as modificações que o motor recebeu, um sistema de atuação das válvulas desenhado pelos engenheiros Kawasaki do Mundial de Superbike, com maior diâmetro e perfil mais agressivo da câmara.

2021 KX 450X detalhes (3)Girando até 11.700 rpm, graças as novas válvulas de titânio sendo, admissão com 40 mm e exaustão com 33 mm, pó que permite máxima abertura para passagem de ar, e incrementa a performance em altos regimes de rotação. Também conta com tratamento especial das câmaras e dutos internos para prolongar a durabilidade e reduzir o atrito.

Motor com apenas 3º de inclinação, praticamente na vertical, contribuindo para a distribuição de massas e o centro de gravidade, é também a posição ideal para extrair o máximo de tração ao torcer a manopla do acelerador.

Pistão de saia curta com reforço nas extremidades e parte central, cilindro deslocado levemente para frente (8.5 mm) para reduzir os efeitos da fricção, central eletrônica (ECU) que inclui programação que permite atrasar o tempo de ignição quando a roda traseira destraciona muito rapidamente.

2021 KX 450X detalhes (4)Corpo do acelerador de 44 mm despeja grande volume de ar no motor enquanto os injetores de 12 furos entram em ação para formar o spray perfeito e obter o máximo de explosão na combustão.

Suavidade e leveza no controle por muito mais tempo devido à embreagem hidráulica. Com manete que oferece acionamento preciso, mesmo após longas horas de pilotagem e aquecimento do sistema, não será necessário fazer força na alavanca.

Os discos e molas desenhados para atuar de forma inteligente garantem precisão mesmo em “meia” embreagem. Combinada com o câmbio de 5 marchas e relação final otimizada, que utiliza coroa 51 e pinhão 13, diferente da versão de motocross que é 50/13, controlar a moto em qualquer condição de terreno mantendo o máximo de tração será tarefa fácil.

2021 KX 450X estudio (1)O sistema de controle de largada KLCM (Kawasaki Launch Control Mode) lança o piloto a frente ao reduzir a perda de tração e auxiliar o piloto a ganhar velocidade para deixar os adversários para trás, como nas largadas de motocross.

Próximo ao canote de direção, do lado direito da moto com sistema plug and play, é possível ajustar os mapas de injeção sem ter que pegar uma ferramenta sequer. São três opções de ajuste pré-programados nos plugues DFI que acompanham a moto, o hard, que vem de fábrica e oferece comportamento mais suave e linear; o soft, que é oposto ao primeiro e o standard, que oferece equilíbrio entre os dois mapas, este também é o mapa que vem de fábrica na versão MX.

Mais largo na altura dos tornozelos e estreito na altura do cavalo, o chassi modelado em alumínio é leve, rígido e esguio, o que facilita a movimentação do piloto na moto. As partes que formam o conjunto são fabricadas com diferentes processos, visando obter um chassi resistente nos pontos necessários, sem adicionar peso extra à moto.

2021 KX 450X estudio (2)Através do Kawasaki Ergo-Fit, pilotos de todos os tamanhos e diferentes tipos físicos podem ajustar a moto de acordo com seu gosto e preferência. O guidão Renthal de 28,6 mm que acompanha o modelo pode ser posicionado em 4 pontos: 25 mm a frente, 15 mm a frente, standard e 10 mm para trás. Os pedais de apoio também podem ser ajustados, tendo a posição standard ou 5 mm mais baixo como opções, o que deixa o centro de gravidade ainda mais baixo.

As suspensões ajustáveis derivadas da versão motocross, devidamente acertadas para trilhar caminhos naturais com maciez e progressividade. Na dianteira, uma Showa invertida com canelas de 49 mm, 16 ajustes de compressão e 16 de retorno, 305 mm de curso e tubos internos com acabamento especial.

Uma camada de titânio em azul marinho feita pela Kashima Coat para proteção extra contra abrasão. Na traseira, monoamortecedor em balança com o novo sistema Uni Trak, cuja montagem abaixo da linha da balança proporciona ganho de curso e considerável melhora na tração.

2021 KX 450X detalhes (2)Com ajustes de compressão separados para alta velocidade (4 voltas) e baixa velocidade (19 voltas), tem ainda 22 ajustes de retorno e ajuste de pré-carga, com 307 mm de curso.

Os freios garantem alto poder de frenagem, otimizado para o fora de estrada, graças ao disco de 270 mm na dianteira, com pinça de pistão duplo e manete que oferece respostas moduláveis aos pilotos.

O disco de 240 mm na traseira utiliza pinça de pistão único e ótimas respostas no pedal para controle e segurança. Além disso, a KX 450X traz diferenciais como o protetor de disco traseiro, diferente de sua irmã do motocross.

2021 KX 450X detalhes (1)Também estão inclusos no pacote de exclusividades da versão “X”, os protetores de motor, sob o motor entre o chassi e na lateral cobrindo a bomba d’água, equipamentos exigidos para encarar pedras, troncos e outros desafios naturais sem preocupação e o apoio lateral que permite estacionar a moto em qualquer lugar.

Muito útil em trechos íngremes ou escorregadios, o sistema de partida elétrica traz comodidade e rapidez na hora de ligar a moto. Para isso, foi preciso adicionar uma bateria Li-ion, mais leve e compacta que as convencionais, além de um dispositivo de descompressão automática na câmara de exaustão para facilitar as partidas.

Outro grande diferencial do modelo quando comparada a sua homônima versão de motocross é a adoção de roda aro 18 polegadas na traseira. Com pneus específicos para as trilhas, sendo na dianteira um Pirelli Scorpion MX Extra X com medidas 80 x 100 x 21 (51M) e na traseira o mesmo modelo, medindo 110 x 100 x 18 (64M).

KX250

A diminuição de 1 polegada no aro abre um leque de possibilidades para os pilotos quanto ao uso de pneus de parede mais alta e menor calibragem, o que se converte em conforto e aderência nas trilhas. A pintura preta contribui com a identidade visual da família KX.

Detalhes que refletem as características da linha KX e remetem as versões da equipe oficial de competição, como o minimalismo das tampas de óleo e plugues da tampa do gerador douradas, ajustadores da suspensão em verde e plásticos com gráficos moldados para durarem mais tempo.

A Kawasaki KX 450X estará nas concessionárias da marca em 2021.

Kawasaki KX 450X Lime Green PPS: R$ 51,99 mil + frete

KX250

Fotos: Kawasaki / Divulgação

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s