BMW F 700 GS chegará ao Brasil com produção nacional

Da Redação

image006

Foto: Divulgação / BMW Motorrad

A partir da próxima segunda (5 de setembro), os clientes BMW Motorrad passam a contar com uma nova opção para aqueles que buscam adentrar no segmento de motocicletas big trail premium. Trata-se da inédita BMW F 700 GS. Os interessados poderão acessar e se cadastrar no hotsite exclusivo para este novo modelo: www.bmwmotorrad.net.br/F700GS.

 A nova GS da Série F estará disponível nas concessionárias em novembro, com preço especial de R$39,95 mil. Ela também faz parte da gama de modelos a ser produzida na nova fábrica da BMW Motorrad em Manaus (AM) e que agregará outras nove motocicletas: F 800 GS, F 800 GS Adventure, F 800 R, R 1200 GS, R 1200 GS Adventure, S 1000 R, S 1000 RR e S 1000 XR, além da inédita BMW G 310 R.

Para uma melhor ergonomia e conforto no uso cotidiano, a big trail vem com altura do banco menor em relação ao solo (820 milímetros) – ligeiramente mais baixa em relação à BMW F 800 GS.

A moto utiliza motor de dois cilindros e oito válvulas com duplo comando, 798 cc, a gasolina, com refrigeração líquida, que equipa a BMW F 800 GS, e se destaca por sua confiabilidade e durabilidade. Este motor conta com sistema de injeção de combustível combinado a uma caixa de transmissão de seis marchas.

A potência é de 75 cv (a 7.300 rpm), com torque máximo de 77 Nm (disponíveis a 5.300 rpm). O pacote de itens de segurança incorpora sistema de freios com tecnologia BMW Motorrad ABS, com disco duplo de 300 mm, na dianteira, e disco de 265 mm, na traseira.

Entre os equipamentos inclusos destacam-se ajustes de compressão da mola traseira, de retorno do amortecedor traseiro, dos manetes de freio e embreagem, amortecimento variável auxiliar, balança de alumínio dupla, lentes das luzes indicadoras de direção escurecidas, lanterna traseira em LED, sensor de cavalete lateral e tomada 12V.

 A nova BMW F 700 GS faz sua estréia no mercado nacional, em campanha de pré-venda, com pacote Premium, disponível nas cores cinza metálico e laranja, e equipada com manoplas aquecidas e protetores de mãos, controle de pressão dos pneus (RDC), computador de bordo, controle de tração (ASC), luzes indicadoras de direção em LED e cavalete central.

Emplacamentos de veículos registram alta de 1,53% em agosto

Da Redação

A Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores apurou, nesta quinta-feira, 1 de setembro, o desempenho do setor automotivo no mês de agosto e do acumulado de 2016.

De acordo com o levantamento realizado pela entidade, que representa mais de 7.000 concessionários de veículos (automóveis, comerciais leves, caminhões, ônibus, motocicletas, implementos rodoviários e outros), o total de emplacamentos no mês de agosto foi 1,53% maior que o registrado em julho. Ao todo, foram comercializadas 275.980 unidades em agosto, contra 271.817 em julho deste ano. Em relação a agosto do ano passado (319.224 unidades), houve queda de 13,55% e, no acumulado de janeiro a agosto 2015/2016, a retração chegou a 20,64% para todos os segmentos somados. Foram emplacadas, de janeiro a agosto deste ano, 2.140.477 unidades, contra 2.697.166 no mesmo período do ano passado.

O resultado positivo do mês de agosto sobre julho pode ser atribuído ao maior número de dias úteis, já que foram 23 dias em agosto, contra 21 em julho. Não fosse por isso, o resultado teria sido negativo, já que as vendas diárias sofreram retração de 8% em agosto, na comparação ao mês anterior. “Também as Olimpíadas impactaram, negativamente, nos dias de vendas, reduzindo o fluxo de clientes nas concessionárias nos dias dos jogos, mas tudo foi compensado pelo maior volume de dias úteis no mês”, explicou o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Júnior, para quem o setor e a economia devem começar a reagir a partir da definição do quadro político nacional. “Sabemos que os índices de confiança estão melhorando e, com a definição política, a economia e o setor devem começar a reagir, ainda que moderadamente, nos próximos meses, o que nos faz projetar uma queda menor no acumulado do ano, em torno de 16%”, acredita Assumpção Júnior.

Os segmentos de automóveis e comerciais leves também apresentaram alta de 1,9% nos emplacamentos em agosto. Foram emplacadas 178.103 unidades, contra 174.780 em julho. Se comparado com agosto de 2015 (199.833 unidades), o resultado aponta queda de 10,87%. No acumulado do ano, esses segmentos caíram 22,80%. Foram comercializadas 1.303.987 unidades nos primeiros oito meses de 2016, contra 1.689.043 no mesmo período de 2015.

Acompanhe, na tabela a seguir, os dados de emplacamentos de veículos NOVOS para cada segmento automotivo.

Imagem / Tabela: Fenabrave

Citroën C4 Lounge tem recall do servofreio

José Oswaldo Costa

A Citroën  anunciou, hoje, uma campanha de chamamento para o sedan-médio C4 Lounge.

novo-Citroen-C4-Lounge-2016-7

Foto: Divulgação / Citroën

O componente envolvido é o servofreio que, de acordo com a montadora, teve uma montagem inadequada do diafragma. Em alguns casos, pode haver perda de vácuo do sistema de assistência de frenagem.

Ou seja, o freio perde eficiência e o pedal pode endurecer. Com isso, aumenta-se a distância de frenagem, gerando risco de acidentes. A Citroën não informou se já foi constatado algum acidente ligado ao problema.

O atendimento inicia-se hoje e a duração do reparo é de 3 horas. O horário é das 9h às 17h, de segunda a sexta-feira. Outras informações pelo telefone: 0800 011 8088 (www.citroen.com.br).

Os chassis envolvidos no recall do C4 Lounge são os seguintes:

GG520898 a HG502941 – Data de fabricação: 05/01/2016 a 05/05/2016

 

Série especial Audi A1 Sport chega às concessionárias

Da Redação

A1 Sport bx 1 (2)Acaba de chegar ao País uma nova edição especial, limitada a 50 unidades, para o Audi A1 Sportback, batizada A1 Sport. Oferecido nas cores vermelho e branco, o modelo, que é baseado na versão de entrada Attraction, recebe um pacote de estilo esportivo que inclui arco contrastante, espelhos retrovisores externos e detalhe sob as lanternas na tampa do porta-malas com pintura cinza platinada, spoiler dianteiro e saias laterais com aplicação de alumínio, extensões traseira e dianteira do arco da roda, além de rodas de alumínio de 17 polegadas com design exclusivo. O kit esportivo acrescenta R$11 mil ao preço da versão Attraction, que na tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) é R$104,74 mil.

O A1 Sport conta com o motor 1.4 TFSI, que tem 1.395 cm³ de cilindrada e desenvolve 125 cv de potência máxima e 200 Nm de torque (disponível entre 1.400 e 4.000 rpm). A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 8,9 segundos e a velocidade máxima chega a 204 km/h.

O modelo é equipado, ainda, com câmbio S tronic de dupla embreagem com sete velocidades, que pode ter as trocas de marchas feitas automaticamente ou usar o controle manual, operando o sistema tanto pela alavanca seletora no console central como pelas palhetas localizadas no volante.

A direção eletromecânica garante que o motorista tenha assistência ideal em todas as situações de rodagem. O nível de assistência é reduzido conforme a velocidade do veículo aumenta. O modelo também é equipado com ESP (Electronic Stability Program – programa eletrônico de estabilidade), que pode ser usado em modo esportivo ou inteiramente desligado.

Quando o ESP é desativado completamente, a vetorização de torque continua ativa para garantir a precisão na direção do veículo e o EDL (Electronic Differential Lock – bloqueio eletrônico do diferencial) permanece em funcionamento para assegurar o máximo de tração. A estratégia de controle de vetorização de torque foi ampliada e agora leva em conta todos os índices de aderência das estradas.

A lista de equipamentos de série do A1 Sport inclui volante multifuncional revestido de couro, coluna de direção com ajuste de altura e profundidade, computador de bordo, banco do motorista com ajuste de altura, retrovisores externos eletricamente ajustáveis, assistente de partida em rampas, faróis bi-xenônio com ajuste automático de altura de facho e luzes diurnas de LEDs, sensor de estacionamento traseiro e rádio MMI com conexão via Bluetooth.

A1 Sport bx 2 (2)

Fotos: Divulgação / Audi

Chevrolet Onix mantém o embalo: auto leve 0km mais financiado de julho

Da Redação

Vei38 - Chevrolet Onix - Divulgação - GMB

Foto: Divulgação / GMB

No dia 25 de julho, publicamos uma matéria na qual informávamos que o Chevrolet Onix havia sido o veículo 0km mais financiado do 1º semestre de 2016. Ao que parece, o hatch compacto da GM manterá o fôlego no 2º semestre. Os dados abaixo são da Cetip.

O modelo manteve a liderança no ranking de automóveis leves novos mais financiados em julho, com 7.575 unidades vendidas a crédito. No acumulado do ano, já conta com 50.286 unidades financiadas. O volume representa 62,7% de todos os autos leves novos vendidos do modelo. Segundo a Fenabrave, de janeiro a julho, foram comercializados um total de 80.146 Onix zero quilômetro.

Em segundo lugar no ranking dos autos leves novos mais financiados aparece o HB20, da Hyundai, com 4.959 financiamentos, seguido do Ka, da Ford, com 4.015 unidades, e do Prisma, também da Chevrolet, com 3.936. O Palio, da Fiat, ultrapassou o Gol, da Volkswagen, e encerrou a lista dos cinco mais financiados em julho, com 3.656 autos leves vendidos a crédito.

O levantamento é da Unidade de Financiamentos da Cetip, que opera o maior banco de dados privado de informações sobre financiamentos de veículos do país, o Sistema Nacional de Gravames (SNG). Os números contemplam os veículos comercializados por crédito direto ao consumidor (CDC), leasing e consórcio.

Em julho, o HB20 S, sedã da Hyundai, passou da 12ª para a 10ª posição no ranking, com 2.427 unidades financiadas. Outro destaque foi o SUV Renegade, da Jeep, que passou do 14º para o 12º lugar, com 2.221 unidades vendidas a crédito. Já a HR-V, da Honda, caiu da 11º para a 17º posição, com 1.782 autos leves financiados.

Entre as marcas, a Chevrolet manteve a liderança das mais financiadas no mês de julho, com 17.966 automóveis leves zero quilômetro negociados. Em segundo lugar aparece a Fiat, com 14.159 unidades financiadas, seguida pela Volkswagen, com 11.949 unidades.

Gráficos: Cetip

BMW iniciará a produção do X4 nacional nesta quarta-feira, 31 de agosto

Da Redação

img_9095_29243693721_oO BMW Group Brasil inicia, nesta quarta-feira (31), a produção do BMW X4 na fábrica do grupo em Araquari (SC), projeto que integra o plano de investimentos de 256 milhões de euros feito pelo para o período de 2013 e 2017. O empreendimento também reforça o compromisso da companhia em continuar investindo no País, ampliando seu portfólio nacional e acreditando no potencial de crescimento do segmento premium do mercado automotivo brasileiro a médio prazo.

O BMW X4, o primeiro SAC – sigla para Sports Activity Coupé ou Cupê de Atividade Esportiva, em tradução para o português – do segmento crossover médio premium, será fabricado nacionalmente na versão xDrive28i X Line, que traz sob o capô um motor de quatro cilindros, 2.0 litros e 245 cv de potência, e fará sua estreia na rede de concessionárias BMW pelo preço sugerido de R$299,95 mil, o mesmo valor de tabela do modelo importado.

“O início da produção do novo BMW X4 na fábrica do BMW Group em Araquari (SC) reitera o nosso compromisso em seguir investindo no Brasil. Temos muito orgulho em fabricar automóveis BMW em solo brasileiro e com os mesmos padrões de qualidade e alta tecnologia empregados em diferentes fábricas do BMW Group espalhadas pelo mundo”, celebra Helder Boavida, presidente e CEO do BMW Group Brasil.

“A chegada do BMW X4 à linha de produção de Araquari é fruto do nosso comprometimento com os padrões globais de qualidade do BMW Group e que estão em total sintonia com as fábricas do grupo nos Estados Unidos, no Egito, Rússia, Tailândia e Malásia, países onde o SAC também é produzido. Confio nas nossas lideranças e em todos os colaboradores para produzir ótimos carros e em perfeita qualidade, como o BMW X4, um dos veículos mais modernos da empresa. A produção do BMW X4 também demonstra a flexibilidade e adaptabilidade da fábrica de Araquari, possibilitando a produção de diferentes modelos em um mesmo local”, afirma Carsten Stöcker, Vice-Presidente Sênior da fábrica do BMW Group em Araquari.

15863308540_9b98dba5fe_o_29214406462_o

Fotos: Divulgação / BMW Group

Com a produção local do BMW X4, a expectativa é de que as vendas do modelo atinjam 45 unidades/mês até o fim deste ano, registrando um crescimento de 50% nos emplacamentos.

Com uma área total de 1,5 milhão de metros quadrados, dos quais 500 mil metros quadrados de área pavimentada, essa fábrica do BMW Group é a 30ª unidade fabril da empresa no mundo, em 14 países. Com investimento de mais de R$ 800 milhões, a unidade em Araquari tem capacidade para produzir até 32 mil carros por ano.

BMW faz chamamento para substituição de airbags

Da Redação

A BMW do Brasil convoca proprietários de modelos BMW 320i, 325Ci Coupé, 325i, 330Ci Cabrio, 330i, 540i, M3 Coupé, M5, X5 3.0i e X5 4.4i fabricados entre 2002 e 2006 a comparecerem a uma concessionária autorizada da marca para a substituição do airbag do motorista gratuitamente.

O recall é destinado aos proprietários dos veículos acima mencionados, após verificar a possibilidade destes modelos apresentarem falha de funcionamento do airbag do condutor, em decorrência de contato prolongado do gerador de gás do airbag com umidade e/ou falha durante a fabricação do gerador de gás. Ocorrendo a falha, em caso de acionamento do airbag do condutor em situação usual, um aumento na pressão interna do gerador de gás pode ocorrer, gerando rompimento da bolsa de ar e projeção de peças de metal.

Esta medida corretiva visa garantir a segurança dos clientes da marca BMW. A BMW do Brasil convoca os proprietários dos veículos afetados a entrarem em contato com uma concessionária autorizada, a fim de agendarem gratuitamente a substituição do airbag do condutor dos veículos afetados. A empresa destaca que, até o presente momento, não tem conhecimento de nenhum acidente no Brasil envolvendo os veículos da marca BMW.

O tempo gasto na realização do serviço é de aproximadamente 25 minutos e o início do atendimento poderá ser feito a partir de 14 de setembro.

Os chassis não sequenciais envolvidos são:

Modelo: 320i – de CG51407 até CG54278  / de KK47878  até KK80577

Modelo: 325Ci Coupé – de JW22125 até JW22148

Modelo: 325i – de KL36091 até KL49918 / de RA21007 até RA21080

Modelo: 330Ci Cabrio – de PJ60267 até PJ62513 / de PK44137 até PK46567  / de EH34982  até EH36596

Modelo: 330i – de KM65618 até KM68140 / de KN50468 até KN52537 / de PD81142 até PD82062 / de PE00566 até PE02163

Modelo: 540i – de GG92600 até Nao Informado

Modelo: M3 Coupé – de JP80419 até JP90860

Modelo: M5 – de GJ22563 até GJ22804

Modelo: X5 3.0i  – de LT41531 até LT47491

Modelo: X5 4.4i – de LP12286 até LP14451

Para mais informações, ligue para o Serviço de Atendimento ao Cliente BMW (0800 707 3578), de 2ª a 6ª-feira, das 8 às 19 horas, ou acesse www.bmw.com.br/recall.