Ford desenvolve aplicativo que classifica o nível de habilidade do motorista

Da Redação

A Ford desenvolveu um aplicativo que atribui pontos ao motorista, de acordo com o seu comportamento ao volante, e poderá ser usado para premiar os melhores com descontos em serviços como compartilhamento, aluguel e seguro de carros. A novidade foi apresentada pela empresa na Semana de Tecnologia de Londres, realizada esta semana.

O Projeto de Comportamento do Motorista adota a mesma estratégia de metas dos aplicativos de ginástica e condicionamento físico para classificar o modo de dirigir do usuário, usando um aplicativo protótipo para smartphone.

“Como os aplicativos que mostram a distância percorrida e as calorias que queimamos, a pontuação do motorista incentiva as pessoas a dirigir de modo mais inteligente”, diz Jonathan Scott, líder do projeto Ford Smart Mobility. “Queríamos entender melhor como as pessoas usam nossos produtos e ajudá-las a melhorar seu comportamento. A pontuação, combinada com orientações, torna isso mais fácil”.

Pesquisa

Durante quatro meses, sensores colheram dados de mais de 40 Ford Fiesta dirigidos por voluntários em Londres para registrar as ações de cada motorista em mais de 160 mil quilômetros e 4 mil horas de testes. A análise incluiu desde o mais leve movimento do volante até frenagens bruscas, assim como a hora do dia, o clima e o histórico de condução da pessoa.

Driver Behaviour

Foto: Divulgação / Ford

A visão da Ford é que esses dados são propriedade dos consumidores e poderão ser usados para lhes oferecer vantagens, por mecanismos que estão em estudo.

O aplicativo permite aos motoristas ver como diferentes comportamentos afetam a sua pontuação e podem melhorar a sua direção. Como, por exemplo, dirigir na marcha correta, manter aceleração constante e fazer curvas suaves. Ele também calcula uma pontuação para cada trajeto, com base nos dados de aceleração, frenagem e uso da direção. Um gráfico mostra em que dias o seu desempenho foi melhor ou pior.

Serviços personalizados

Cientistas da Ford e especialistas em transporte estão analisando os dados para aprofundar o estudo. A empresa global de design IDEO participou do programa para pesquisar o que as pessoas dizem, pensam, sentem e fazem quando estão no volante. Isso mostrou uma grande diferença entre como as pessoas pensam que dirigem e como dirigem de fato.

“A partir desses dados pudemos testar um algoritmo altamente avançado, desenvolvido internamente, para pontuar a direção do usuário. Essa pontuação pode ser usada para desenvolver um perfil de mobilidade, para os motoristas economizarem dinheiro em serviços criados especialmente para as suas necessidades”, completa Scott.

Mais que produzir automóveis, a Ford está se transformando também em uma empresa de mobilidade, buscando oportunidades para ser líder em conectividade, mobilidade, veículos autônomos, experiência do consumidor e análise de dados, através do plano Ford Smart Mobility. O Projeto de Comportamento do Motorista pode ajudar a aprimorar soluções atuais de mobilidade testadas na Europa, como o serviço de compartilhamento de veículos GoDrive e o compartilhamento de caronas GoRide.

Porto Seguro Auto promove Campanha de Revisão de Férias em seus Centros Automotivos

Da Redação

Com o objetivo de proporcionar uma viagem tranquila durante o período de férias, o Centro Automotivo Porto Seguro realizará, de 20 de junho a 31 de julho, a Campanha de Revisão de Férias em suas mais de 270 unidades.

A ação oferecerá condições especiais e pacotes com preços acessíveis para que segurados e não segurados efetuem a revisão automotiva, além de diagnósticos gratuitos em diversos itens do veículo, como revisão de luzes com troca de lâmpadas, alinhamento dos faróis e cristalização de para-brisa.

Preparamos pacotes com algumas opções de serviços que os clientes poderão escolher de acordo com as necessidades de manutenção de seus automóveis“, afirmou Marcos Iombriller, gerente dos Centros Automotivos Porto Seguro.

Confira os pacotes promocionais para veículos nacionais de passeio e pick ups leves:

  • Óleo e Filtros: Troca de óleo + filtro de óleo + filtro de combustível + filtro de ar + filtro antipólem: Pagamento em até 6X de R$ 61,50 no Cartão de Crédito Porto Seguro – valor total R$ 369,99. Segurados do Porto Seguro Auto têm o desconto de R$ 50,00 na contratação do pacote.
  • Troca de amortecedores: Aos segurados que optarem pela troca de amortecedores pela marca Nakata, têm a opção de comprar 4 itens e ganhar 1.
  • Troca de freios: Os segurados que trocarem o disco e as pastilhas de freio, ganharão a substituição do fluído de freio.

Endereços e outras informações: www.portoseguro.com.br/centroautomotivo

Pioneer lança novas versões das centrais multimídias compatíveis com Apple CarPlay e Android Auto

Da Redação

Pioneer

Imagem: Divulgação / Pioneer

A Pioneer, líder mundial no segmento de som automotivo, acaba de atualizar seu portfólio e lança as centrais multimídias AVIC F80TV e a AVIC F980TV. Os lançamentos, assim como os modelos anteriores, são capazes de integrar o iPhone ou o sistema Android, aos automóveis. Basta um multimídia Pioneer e baixar o aplicativo, no caso do Android Auto. Para o Apple Car Play, basta ter a última versão do iOS instalada.

Centrais Multimídias com TV Integrada

A linha AVIC da Pioneer é a primeira no Brasil compatível com Apple CarPlay e Android Auto. Ambas centrais combinam o que há de melhor em qualidade de áudio e vídeo com os melhores recursos para navegação. “Oferecemos com essa tecnologia, uma experiência incrível aos usuários da Apple e Android para fazer e receber chamadas telefônicas, enviar mensagens, ouvir músicas e acessar aplicativos, com segurança e conforto”, afirmou Anderson Piche, Gerente de Produto.

Um dos modelos, a AVIC F980TV, está disponível apenas para o Apple CarPlay e também é compatível com a tecnologia Bluetooth. Ela é equipada com uma tela de 6,2”, TV Digital integrada e operação Multi-Touch. O consumidor pode curtir suas músicas e vídeos utilizando CD, DVD, iPod, iPhone, pendrive e dispositivos conectados via Bluetooth, tecnologia essa que também pode ser utilizada para atendimento de chamadas telefônicas. Outra tecnologia exclusiva Pioneer é o Mixtrax inspirada em DJ’s, que pode analisar músicas gravadas em pendrive, criando playlists automáticas e com efeitos incríveis.

Como diferencial, a central, que possui seu próprio sistema de navegação GPS, também é compatível com o aplicativo para Smartphone AVICSYNC. Este aplicativo foi desenvolvido pela Pioneer e pode deixar a navegação GPS ainda mais completa. Ele traz informações de trânsito, busca de pontos de interesse via internet, entre outras funções.

Já o AVIC F80TV, além de todos os recursos já apresentados, possui tela de 7.0”, entrada para cartão de memória SD e compatibilidade também com o Android Auto.

O objetivo da Pioneer é satisfazer o consumidor trazendo sempre inovação e tecnologias de ponta que facilitem o seu dia a dia. Além disso, pensar em sua segurança e comodidade também está entre nossas preocupações”, finalizou o executivo.

Preço sugerido:

AVIC-F80TV – R$2.899,00
AVIC-F980TV – R$2.599,00

 

Nissan March e Versa agora com câmbio CVT

Montadora aposta no crescimento das vendas dos modelos compactos com esse tipo de câmbio

José Oswaldo Costa* (Publicado no Diário do Comércio – Edição: 17/06/16)

de Itatiba / SP

A Nissan apresentou uma novidade para sua linha de compactos que engloba o hatch March e o sedan Versa. A partir de agora, os dois modelos passam a contar com a opção pelo câmbio automático CVT, que recebeu o nome de Xtronic. Esse tipo de transmissão está disponível para a motorização 1.6 16V (111 cv) desses modelos. Mundialmente, a montadora já vendeu mais de 4 milhões de veículos equipados com câmbio CVT.

Vei1 - Divulgação - NissanAté então, o câmbio automático era disponibilizado pela Nissan, no Brasil, somente para o Sentra e o Altima. A montadora tomou a decisão de equipar os modelos compactos com ele a partir de uma pesquisa que mostrou que 40% dos consumidores desse segmento querem um veículo com câmbio automático. Dos entrevistados, 95% dos motoristas que já possuem um modelo que utiliza esse tipo de transmissão, pretende manter a escolha.

E o mercado nacional mostra um grande potencial de crescimento nessa área. Do total da nossa produção, 41% são de hatches compactos e, 17%, de sedans compactos. Desses 58% da nossa produção, apenas 23% saem da fábrica com algum tipo de câmbio automático. Importante destacar que o Xtronic que passa a equipar o March e o Versa é da mesma geração que outros modelos da marca, nos Estados Unidos e Europa, utilizam.

A grande aliada do câmbio CVT é a economia de combustível. De acordo com a Nissan, com etanol o Nissan March 1.6 16V obteve 7,8 km/l na cidade e 9,8 km/l em rodovia. Abastecido com gasolina fez 12 km/l na cidade e 15 km/l na estrada. Já o Nissan Versa 1.6 16V registrou 7,8 km/l (cidade) e 10 km/l (estrada) com etanol. Com gasolina, alcançou a médias de 12 km/l (cidade) e 14 km/l (estrada). Não menos importante é o descanso para o pé esquerdo do motorista, muito bem-vindo nesse trânsito “anda e para” das grandes cidades brasileiras.

A transmissão continuamente variável da Nissan conta com a função overdrive, acionada por meio de botão na própria alavanca. Com ele funcionando, o carro ganha potência e torque. O sistema é recomendado, por exemplo, para ultrapassagens e subidas muito íngremes. Como não tem engrenagens, o CVT não apresenta trancos durante as trocas de marcha, como ocorre com os câmbios automatizados de embreagem única.

Vei3 - Divulgação - NissanComo funciona a maioria das pessoas sabe que o CVT é do tipo continuamente variável, como o próprio nome explica (Continuously Variable Transmission). Porém, poucos sabem como é o seu funcionamento. A Nissan tratou de explicar de forma simples: “A transmissão CVT é constituída de duas polias de diâmetro variável, ligadas por uma correia metálica, sendo que a Primária (conhecida como condutora) recebe o torque do motor e a Secundária (ou conduzida) o transmite ao diferencial. Cada polia tem dois cones que se afastam ou se aproximam, diminuindo ou aumentando a largura do canal onde passa a correia, elevando ou reduzindo a velocidade do carro de acordo com as demandas do pedal do acelerador.

Quando os cones estão juntos, esse canal fica mais estreito e o raio da polia aumenta. Em marcha reduzida, a polia condutora apresenta um raio menor (cones afastados), enquanto a polia conduzida fica com raio maior. Na medida em que o carro acelera, o movimento das polias se inverte e a relação de marcha fica maior. A distância entre as polias é fixa, como também o comprimento da correia. Assim, o CVT apresenta uma infinidade de marchas entre as menores e maiores relações”.

Vei2 - Divulgação - NissanA montadora fez questão de lembrar que uma das maiores preocupações dos consumidores diz respeito ao preço das manutenções de um veículo equipado com câmbio CVT. Para tranquilizar futuros compradores, a Nissan informou, no evento de lançamento, que as revisões tanto do March quanto do Versa com esse tipo de câmbio terão os mesmo preços das revisões desses modelos equipados com câmbio manual. Dessa forma, até os 60 mil quilômetros, o proprietário desembolsará o valor de R$2,35 mil com todas as revisões, que devem ser feitas a cada 10 mil quilômetros. Ou seja, cada uma delas tem o preço de cerca de R$391.

Falando em dinheiro, veja como ficaram as versões e os preços do March e do Versa Xtronic:

March SV 1.6 16V CVT – R$54,09 mil

March SL 1.6 16V CVT – R$58,39 mil

Vei5 - Divulgação - Nissan

Versa  SV 1.6 16V CVT – R$57,99 mil

Versa SL 1.6 16V CVT – R$64,69

Versa Unique 1.6 16V CVT – R$66,29 mil

Vei4 - Divulgação - Nissan

Fotos: Divulgação / Nissan do Brasil

 

*o colaborador viajou a convite da Nissan do Brasil

Unimog conquista título de melhor “Cross Country” do ano em doze edições consecutivas

Da Redação

Pela décima segunda vez consecutiva, o Mercedes-Benz Unimog foi eleito o melhor cross-country do ano na categoria “Veículos para Fins Especiais” pelos leitores da revista “Off Road”. A eleição do “Veículo Cross-Country do Ano” teve um total de doze categorias. Mais de 85 mil votos foram contabilizados entre os 126 modelos participantes da competição. O Unimog conquistou o primeiro lugar entre os concorrentes para fins especiais com um percentual acima de 43% dos votos.

Off Road Award: Unimog ist Geländewagen des Jahres 2016Linha Unimog 2016

É difícil encontrar um desafio no mundo que o Mercedes-Benz Unimog não seja capaz de enfrentar, seja no deserto de Gobi, na tundra e taiga da Sibéria ou em alguma estrada quente da cratera vulcânica do Vesúvio.

Os atributos para aplicações tão radicais estão em seu sangue. Graças ao motor Euro VI do Unimog localizado no meio do veículo para enfrentar terrenos extremamente difíceis, o deslocamento do quadro está ainda mais para trás, e isso significa que o seu centro de gravidade ficou mais baixo e ao mesmo tempo proporciona uma grande distância do chão, otimizando ainda mais a dirigibilidade em operações fora de estrada. As articulações do eixo, atingindo até 30 graus, são possíveis devido à tecnologia de tubo e de torque em conjunto com molas helicoidais. Eixos do tipo portal e uma capacidade de subida de 45 graus são outras características do Unimog U 4023/U 5023 para terrenos extremamente difíceis. Além disso, há uma capacidade de atravessar áreas alagadas com profundidade de 1,20 m e um ângulo de inclinação lateral de até 38 graus. A condução em situações extremas com a tração em todas as rodas engatada é auxiliada pelos bloqueios dos diferenciais por solicitação e pelo sistema de controle de pressão dos pneus “Tirecontrol Plus”. Ele pode simplesmente ser selecionado pelos botões do volante de seleção para a respectiva aplicação por meio dos modos “estrada”, “areia” e “estrada irregular”.

A força do Unimog U 4023/U 5023 vem do motor OM 934 LA de alto torque com BlueTec 6 e duto comum, uma unidade de quatro cilindros com deslocamento de 5,1 litros, 170 kW (231hp) e torque de 900 Nm. Oito marchas à frente e seis à ré estão disponíveis, e opcionalmente há ainda um grupo de marchas para aplicações fora de estrada que funcionam na faixa de velocidade entre 2,5 e 35 km/h.

Juntamente com esse veículo para terrenos radicais, há o porta-implemento para os modelos entre U 216 e U 530, frequentemente visto em aplicações municipais. A linha Unimog é equipada com motores modernos Euro VI com potência de até 220 kW (299hp).

Off Road Award: Unimog ist Geländewagen des Jahres 2016

Fotos: Divulgação / Daimler AG

Quando se trata de manutenção, diagnósticos ou reparação, o Unimog também tem todas as bases cobertas. Oficinas autorizadas especializadas na linha prestam assistência técnica em mais de 650 postos de serviços, localizado em mais de 130 países, enquanto que ofertas de serviços especiais e serviços financeiros completam o pacote.

Desde 1982, a revista “Off Road” realiza a eleição do modelo cross-country do ano.

Pirelli na Fórmula 1 até 2019

Da Redação

A Pirelli vai continuar como fornecedora exclusiva de pneus para o Campeonato Mundial de Fórmula 1 da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) por mais três anos, após o término desta temporada. A fabricante de pneus italiana e a FIA renovaram o contrato atual que irá agora de 2017 até 2019.

O acordo foi sacramentado durante o inverno europeu, quando a FIA e a Pirelli – em colaboração com as equipes – concordaram em importantes mudanças para o regulamento técnico. A partir de 2017, novas regras entrarão em vigor, incluindo mudanças significativas na carenagem dos carros e nos pneus, que ficarão mais largos.

Ao se preparar para estas grandes mudanças, a Pirelli expôs a necessidade de modificar o regulamento esportivo relacionado aos testes de pneus para as equipes e para a FIA. O resultado desta mudança significa que os seguintes testes de pneus poderão ser realizados este ano:

1.Testes com carros das temporadas 2012, 2013 e 2014, usando pneus com o tamanho atual, porém com elementos protótipos na construção ou nos compostos, na preparação para 2017.

2.O total de 25 dias de testes com carros de 2015 modificados, usando pneus protótipos já no tamanho dos que serão usados em 2017: 305/670-13 na dianteira e 405/670-13 na traseira para os pneus de pista seca.

O teste descrito no primeiro ponto já está sendo realizado, tendo como base o acordo com a FIA e as Equipes.

O segundo tipo de teste, com os pneus no tamanho dos que serão usados em 2017, irá começar durante o verão europeu, de acordo com o programa que foi acertado entre a FIA e as Equipes participantes.

Ford Caminhões lança 4 novos modelos para a linha Cargo

Da Redação

A Ford apresentou hoje em Campinas, SP, quatro novos caminhões, lançados para atender os segmentos de 14, 15 e 31 toneladas de peso bruto total com a maior capacidade de carga. A proposta desses novos veículos comerciais, formados pelo C1419, C1519, C3129 e C3129 Mixer, é aumentar a rentabilidade no negócio de transporte de carga e serviços.

“Estes novos produtos são verdadeiros ‘puros-sangues’ da linha Ford Cargo. Ou seja, têm muita durabilidade e oferecem mais tonelagem de carga com o melhor compromisso em relação ao preço de compra e manutenção”, disse João Pimentel, diretor da Ford Caminhões. “Foram focados para o trabalho mais rentável no atual cenário do País”, acrescentou.

Eles estão totalmente alinhados com as atuais necessidades do mercado, em que aumentar a produtividade tornou-se vital para todos os setores de atividade, principalmente no transporte”, completou Pimentel.

A Ford usou a experiência da engenharia de caminhões e ouviu as necessidades dos clientes que querem mais por menos. O objetivo desses produtos é proporcionar um impacto positivo de economia no uso diário pesado.

Como toda a linha Cargo, os novos caminhões trazem também conforto ao motorista, fator importante na produtividade. Têm banco com suspensão a ar de série e cabine ergonômica para beneficiar o usuário em longos períodos de serviço.

Os caminhões C1419, C1519, C3129 e C3129 Mixer chegam imediatamente à rede exclusiva de distribuidores da Ford Caminhões.

Descrição dos modelos

O Ford Cargo 1419, novo modelo médio com peso bruto total de 14.500 kg, substitui o Cargo 1319 nessa faixa com a adição de 1.500 kg. A sua capacidade máxima de tração também foi ampliada para 27.000 kg e tem alto rendimento em aplicações de distribuição urbana e rodoviária de curta e média distância.

Com capacidade de carga de 9.500 kg, ele leva 1.100 kg a mais que o atual modelo mais vendido do segmento. E também tem o motor mais potente, de 189 cv.

FordCargo1419_2017-b (2)O Cargo 1519 oferece a maior capacidade de carga da categoria, pelo menos 1 tonelada a mais de peso bruto total em relação aos modelos competidores. Tem PBT de 15.400 kg, com aprimoramentos que incluem a longarina feita de aço especial, novo eixo traseiro e novas suspensões dianteira e traseira ultrarreforçadas.

FordCargo1519_2017-b (2)O Cargo 3129 tem peso bruto total de 30.500 kg e capacidade de tração de 42.000 kg. É indicado para serviço pesado, como canavieiro, madeireiro e mineração. O Cargo 3129 Mixer é uma versão especialmente preparada para o serviço de betoneira em obras da construção civil e de infraestrutura. Tem escapamento vertical e tomada de força traseira, além de novo protetor do radiador. Ambos são equipados com motor Cummins 6.7 de 290 cv, transmissão Eaton de 10 marchas à frente e 3 à ré e eixo traseiro Meritor de dupla velocidade (4,89:1/5,38:1).

FordCargo3129 6X4-b (2)

Fotos: Divulgação / Ford Caminhões/ José Henrique F. Lorca