Troller mostra possíveis caminhos para o futuro da marca

Salão Internacional do Automóvel de São Paulo

Da Redação

Troller_Salão_2018-EstandeA Troller exibe no Salão Internacional do Automóvel 2018, em São Paulo (SP), o lançamento do T4 2019 e modelos especiais equipados com acessórios. Também estão presentes os conceitos TX4 e a versão de cinco portas, que revelam as futuras tendências do utilitário off-road.

“O Troller T4 é um veículo único, tanto no desempenho como na proposta de mercado, cuja história todos os fãs do off-road conhecem. Agora, estamos mostrando junto com a linha 2019 novidades que indicam os possíveis caminhos de evolução da marca, com futuras opções de modelos”, disse Demétrio Fleck, gerente de marketing, vendas e serviços da Troller.

O Troller T4 2019 traz duas novas opções de cores, o vermelho Toscana e o cinza Moscou, e uma central multimídia exclusiva da JBL/Harman, a Smart CarDrive, com conectividade ao Android Auto e Apple CarPlay.

Ele também vem de série com computador de bordo, ar-condicionado automático digital de dupla zona e teto solar duplo.

Troller_Salão_2018-ConceitoTX4TX4 – O Troller TX4 é um conceito baseado no atual T4 que explora a criação de novas versões do utilitário, com estilo, equipamento e acessórios diferenciados para trilhas radicais.

Além da pintura especial das rodas e da carroceria em verde e azul fosco, ele é equipado com diferencial traseiro autoblocante (LRD), snorkel, para-choques off-road, rack de teto, estribos off-road personalizados, faróis auxiliares de led e pneus lameiros Scorpion 245/70 R17 com proteção de bordas.

No interior, a costura contrastante vermelha e o logo TX4 nos bancos e as saídas de ar com molduras cor cobre são detalhes diferenciados.

Troller_Salão_2018-Conceito 5 Portas-2Versão cinco portas – Os visitantes do Salão também podem ter uma visão em 3D de como seria um futuro Troller de cinco portas – configuração inédita na linha, que sempre teve três portas (duas laterais e uma traseira). O conceito é exibido em uma cabine especial de holografia, em sessões de 3 minutos com tecnologia de realidade virtual.

“O Troller de cinco portas é um exercício de design trazido para testar a receptividade do público em relação a um modelo com essas características”, disse Rogério Maues, supervisor de marketing da Troller.

Troller_Salão_2018-Conceito 5 Portas-1

Troller_Salão_2018-Conceito 5 Portas-3“É um veículo maior, tanto na cabine como no porta-malas, que futuramente poderá ampliar as opções da nossa linha sem perder a essência de 4×4 robusto para trilhas.”, completou Maues.

Troller-Salão2018-T4 BombeirosEquipamentos especiais – Para destacar a versatilidade do Troller T4 em aplicações que exigem robustez e confiança, é exibido também um modelo especial com equipamentos de resgate para o Corpo de Bombeiros.

Entre outros itens, ele tem maca instalada no teto, faróis auxiliares e luzes de sinalização de led, sirene, protetor dianteiro, guincho, engate para reboque, snorkel e pneus de uso misto Scorpion.

O porta-malas é equipado com plataforma de apoio para máquina de corte e acessórios como capacetes, máscaras de mergulho, prancha, cordas e material de primeiros-socorros. Na cabine, há radio-comunicador no painel.

Troller_Salão_2018-T4_2019-Acessórios

Fotos: Mário Miranda Filho / Troller / Divulgação

Outro Troller T4 é equipado com a linha de acessórios originais da marca, composta por mais de 100 itens de funcionalidade e personalização para quem deseja agregar praticidade e estilo nas trilhas.

Além de diversos tipos de protetores ­– de escape, câmbio, cárter, tanque e sensores­ –, a linha inclui snorkel, guincho, para-choques de aço, pneus lameiros, estribos de aço, bagageiro de teto, organizador de porta-malas, anilhas e patesca.

Legítimo off-road, o Troller T4 tem carroceria em compósito especial (SMC) resistente ao impacto e corrosão, motor 3.2 Diesel com potência de 200 cv e torque de 470 Nm, tração 4×4 com comando eletrônico e diferencial traseiro autoblocante.

Feito para o off-road, além de ter 51 graus de ângulo de ataque e saída, ele é capaz de superar com facilidade aclives de até 45 graus e áreas alagadas com 800 milímetros de profundidade.

Carros elétricos já são realidade no País

Salão Internacional do Automóvel de São Paulo

José Oswaldo Costa*  (Publicado no Diário do Comércio – Edição: 09/11/2018)

de São Paulo (SP)

Chegando à sua 30ª edição, o Salão Internacional do Automóvel de São Paulo desse ano pode ser considerado como um marco na história automotiva brasileira.

Afinal, de uma só tacada, foram anunciados três modelos de carros elétricos que passarão a ser vendidos no País em 2019.

Se ainda estamos muito distantes da Europa quando o assunto é a redução de veículos movidos a combustível fóssil rodando por ruas e estradas, esse pode ser o primeiro passo para um futuro mais limpo no Brasil.

Esse mercado ainda é bastante tímido por aqui. Dentre todos os veículos vendidos no País em 2018, apenas 0,2% eram elétricos ou híbridos (quando trabalham em conjunto um motor à combustão e um elétrico). Até setembro, somaram 2.754 unidades em um universo de quase 2 milhões de unidades comercializadas.

Hoje, veículos híbridos e elétricos possuem uma carga tributária de 25% de IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados). A partir de dezembro, essa tabela será alterada.

O imposto para os veículos elétricos passará a variar entre 7% e 18%. Para os híbridos, a variação será entre 7% e 20%. Essa variação será calculada de acordo com o peso do veículo e a sua eficiência energética.

Os três veículos que terão o início de suas vendas no próximo ano são o Nissan Leaf, o Chevrolet Bolt EV e o Renault Zoe.

Nissan LEAF aparece pela primeira vez na América LatinaNissan Leaf – A montadora anunciou, no Salão, o início da pré-venda modelo no Brasil, o veículo 100% elétrico mais vendido do mundo. O preço de pré-venda é R$ 178,40 mil. Ele chega ao nosso mercado no 1º semestre de 2019.

O processo de compra do Nissan Leaf poderá ser iniciado on-line, por meio da seleção do modelo através do site oficial da marca. Os interessados em adquirir um Nissan Leaf podem acessar o site (loja.nissan.com.br), selecionar a cor da sua preferência e fazer o pagamento da reserva com cartão de crédito Visa ou Mastercard.

O modelo chega ao Brasil em sua segunda geração. De acordo com a Nissan, o Leaf oferece autonomia de 389 km em ciclo urbano, de acordo com os padrões WLTP (270 km em ciclo combinado), e 240 km  de acordo com o ciclo EPA, permitindo que o motorista possa fazer trajetos mais longos.

Nissan LEAF aparece pela primeira vez na América Latina

Fotos: Nissan / Divulgação

Com a nova tecnologia e-Powertrain, o modelo entrega 110 kW (149 cv) de potência e 32,6 kgfm (320 Nm) de torque, melhorando a aceleração e o prazer de dirigir.

O Leaf é equipado com a tecnologia e-Pedal. O sistema permite que o motorista dê a partida, acelere, desacelere e pare, bastando apenas aumentar ou diminuir a força exercida sobre o pedal do acelerador.

Quando nenhuma pressão é exercida sobre o pedal do acelerador, freios regenerativos ou de fricção são acionados automaticamente, permitindo parar totalmente o veículo e mantê-lo imóvel mesmo em ladeiras, até que o pedal do acelerador seja pressionado novamente.

2017 Chevrolet Bolt EVChevrolet Bolt EV –  Segundo informações da General Motors, o Bolt EV é capaz de rodar, em média, 383 quilômetros com uma única carga das baterias. O modelo ainda conta com sistema regenerativo que aproveita a energia dissipada em frenagens e desacelerações para alimentar as baterias.

A recarga é feita em tomadas e o Bolt conta com um carregador semirrápido doméstico. Com ele, uma hora de recarga garante 40 km extras de autonomia. Já em carregadores rápidos, encontrados em eletropostos, 30 minutos garantem mais 145 km de autonomia.

A montadora informou que o Bolt EV oferece um alto torque, característico dos motores elétricos. Arrancadas de 0 a 100 km/h podem ser feitas na casa dos 6,5 segundos, completa o comunicado da GM. O preço anunciado para o modelo é R$ 175 mil.

Vei4 - Chevrolet - Divulgação

Fotos: Chevrolet / Divulgação

As suas principais tecnologias são: sistema regenerativo dos freios; espelho retrovisor central por câmera; assistente de estacionamento com visão 360 graus; painel digital customizável; Driver Information Center com tela de 10,2 polegadas; faróis com tecnologia HID; pneus autovedantes; assoalho plano com fechamento aerodinâmico; sistema de recarga de smartphone por indução magnética (sem fio); assistente de permanência na faixa; alerta de ponto cego; aviso de tráfego traseiro cruzado; alerta de colisão frontal e frenagem automática para mitigar acidentes.

Vei5 - Renault - DivulgaçãoRenault Zoe – A Renault anunciou que o seu modelo elétrico já está sendo vendido no Brasil. O preço informado é R$ 149,99 mil

O Zoe pode ser adquirido através do site da montadora (www.eletricos.renault.com.br). Segundo a Renault, ele possui autonomia superior a 300 quilômetros (ciclo WLTP), graças à bateria Z.E. 40. Plugado em uma corrente trifásica de 22 kW, o veículo leva apenas 1 hora e 40 minutos para chegar 80% de sua carga total.

A bateria Z.E. 40 foi desenvolvida com base em uma importante inovação: o aumento da densidade energética por meio do aumento da capacidade de armazenagem da bateria, mantendo o tamanho, solução mais avançada para respeitar a limitação em relação ao aumento de peso.

Vei6 - Renault - Divulgação

Fotos: Renault / Divulgação

O motor elétrico R90 entrega um torque máximo de 22,9 kgfm, permitindo acelerações e retomadas ágeis mesmo em baixa rotação. A aceleração vai de 0 a 50 km/h – faixa mais frequente em uso urbano – em 4 segundos, informou a Renault.

O som medido na cabine do Zoe entre 40 e 75 km/h é de 60 a 65 dB, o que é 2 a 3 vezes menor se comparado a um veículo térmico de potência equivalente. A montadora francesa já vendeu mais de 150 veículos 100% elétricos no Brasil para empresas como a Itaipu, Fedex, Transportadora Patrus e Natura, entre outras.

* O jornalista viajou a convite da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores)

Novo Mitsubishi Pajero Sport HPE chega ao mercado no 1º semestre de 2019

Salão Internacional do Automóvel de São Paulo

José Oswaldo Costa

de São Paulo

IMG_3541A Mitsubishi anunciou, durante sua coletiva de imprensa no Salão do Automóvel, que o recém-lançado Eclipse Cross passará a ser fabricado no Brasil a partir do 2º semestre de 2019. Para tanto, além de outros projetos, a montadora fará um investimento de R$300 milhões.

A grande novidade no estande da Mistsubishi é o novo Pajero Sport HPE. O  SUV será  oferecido  em  versão  única,  com  sete  lugares, teto  solar, o avançado  sistema  4×4  com  o  Super  Select  II e  equipado  com  o  motor  2.4  turbo  diesel,  em  alumínio,  com  190cv  e  43,9  kgf.m  de  torque.  A transmissão é automática  de  8 marchas.

IMG_3542

Fotos: José Oswaldo Costa

São  diversos  recursos  disponíveis, como controle  de  descida (HDC), controle  de  tração (ATC) e estabilidade (ASC), sensores  para  acendimento  dos  faróis  e  limpador  de  para-brisa, piloto  automático adaptativo (ACC) com frenagem  autônoma, sistema  de  mitigação  de  colisão (FCM), aviso  de  ponto  cego (BSW),  ar-condicionado  automático Dual-Zone, câmera  de  ré,  sensor de estacionamento e 11 airbags, incluindo  bolsas  exclusivas  para  a terceira  fileira  de  bancos.

O sistema multimídia conta com tela de 7 polegadas. O Pajero Sport chega ao mercado nacional no 1º semestre de 2019.

UdfKCDuw

Foto: Mitsubishi / Divulgação

IMG_3546

Foto: José Oswaldo Costa

Caoa Chery apresenta dois novos utilitários esportivos

Salão Internacional do Automóvel de São Paulo

José Oswaldo Costa

de São Paulo

O estande da Caoa Chery no Salão do Automóvel traz algumas novidades para o mercado nacional.

O sedan Arrizo 5, que chega em novembro e já teve uma avant-première para os jornalistas especializados, teve seus preços divulgados. A versão de entrada RX custará R$65,99 enquanto a topo de linha, RXT, tem o preço de R$72,99 mil.

ARRIZO 5 (3)

ARRIZO 5 (2)

Fotos: Caoa Chery / Divulgação

Dois novos utilitários esportivos foram apresentados: o Tiggo 5x e o Tiggo 7. O primeiro chegará ao nosso mercado agora em dezembro. Já o segundo, em janeiro do ano que vem.

IMG_3532

IMG_3530A montadora não passou muitas informações sobre eles, guardando-as para o lançamento oficial. Sabe-se, apenas, que ambos contarão com motor turbo e câmbio automático de 69 marchas. Além disso, os dois serão fabricados no Brasil, já que a Caoa Chery possui duas plantas aqui: Anápolis (GO) e Jacareí (SP).

IMG_3537

IMG_3534

Fotos: José Oswaldo Costa

Também foi mostrado o Tiggo 8, um SUV para setes passageiros. Porém, ele ainda não tem data definida para chegar ao nosso mercado.

FGD_3492

FGD_3500

Fotos: Caoa Chery / Divulgação

Nova geração do Suzuki Jimny está chegando

Salão Internacional do Automóvel de São Paulo

José Oswaldo Costa

de São Paulo

IMG_3558A Suzuki aproveita o Salão Internacional do Automóvel de São Paulo para antecipara o lançamento da nova geração do Jimny. Geração, essa que irá. Inclusive, conviver com a atual.

Com o nome de Jimny Sierra, o jipinho chega ao nosso mercado no 2º semestre do ano que vem. Ainda sem preço definido, executivos da montadora informaram que ele custará cerca de 20% a mais do que o Jimny atual.

As versões mais caras da atual geração tem o preço girando em torno de R$85 mil. Ou seja, o Jimny Sierra deverá chegar ao mercado nacional na faixa dos R$100 mil.

IMG_3554

Fotos: José Oswaldo Costa

O modelo utiliza um novo motor 1.5 capaz de render 108 cv. Serão duas opções de câmbio, automático ou manual, ambos de 5 marchas. Importante destacar que o Jimny Sierra conta com controle de estabilidade.

Das três versões que serão vendidas no nosso mercado, duas serão equipadas com câmbio automático.

gJZARdTgS-Cross – Na linha 2019, o S-Cross ganha a versão 4Style-S, mais completa. Ela vem equipada com um novo teto solar elétrico, com abertura total ou parcial, garantindo maior amplitude no interior do veículo.

Os faróis Bi-Led com DRL e nivelamento automático proporcionam uma iluminação eficaz em qualquer situação e estão integrados com o DRL, também em LED.

ZPuRL4lATambém estão presentes os sensores de chuva e luminosidade, o retrovisor eletrocrômico e os controles de áudio, Cruise Control e Speed Limiter incorporados ao volante.

O motor é o 1.4 turbo, de 146cv.

CiGo4YFNVitara – O modelo também ganhou novo teto solar. Para a linha 2019, foram redesenhados a grade do radiador e o para-choque dianteiro. O mesmo ocorreu com as lanternas traseiras que, agora, contam com LED.

O painel de instrumentos recebeu uma nova tela, com informações do veículo, de TFT e alta definição. Já a tela do sistema multimídia passa a ser de 10 polegadas.

São duas opções de motores: 1.4 turbo (146 cv) e 1.6 aspirado (126 cv). Quando o motor é o 1.4 turbo, o modelo é equipado com a tração integral All Grip.

3X2jN8Qw

Fotos: Suzuki / Divulgação

 

Toyota estreia sua marca Gazoo Racing, na América Latina, com a Hilux

Salão Internacional do Automóvel de São Paulo

IMG_3501A Toyota criou a marca Toyota GAZOO Racing, em 2015, para promover atividades de esportes a motor da marca.

A Toyota GAZOO Racing, além de englobar as atividades de automobilismo, é responsável pelo desenvolvimento de novos produtos de comercialização, derivados de melhorias que são aplicadas a partir dos aprendizados e experiências do mundo da competição e alta performance.

IMG_3504Agora, através do Salão do Automóvel, a Toyota realiza o lançamento da nova Hilux GR-S. O modelo é o primeiro produto desenvolvido regionalmente pela Toyota do Brasil e Toyota Argentina com o apoio da empresa GAZOO Racing.

Baseada na configuração topo de linha SRX, a versão recebeu ajustes para melhorar dirigibilidade e estabilidade em condições off-road. A novidade estará disponível no Brasil a partir do início de 2019 com motor turbo a diesel D-4D 2.8 16V, capaz de produzir 177 cv.

IMG_3496Dentre as novidades do modelo, destaque para a grade dianteira na cor preta com a logomarca Toyota centralizada, moldura das luzes de neblina nas cores vermelha ou branca, rodas de 17 polegadas com rodas 265/65, plataforma de apoio para os pés na cor preta e logomarca GR-S na parte traseira e lateral da picape.

A picape é uma edição especial e limitada a 420 unidades numeradas.

IMG_3493Yaris X-Way – A nova versão chega com destaque para completar a família Yaris. A novidade estará disponível no mercado a partir de fevereiro de 2019 e terá diferenciais como rodas com acabamento na cor preta, rack no teto, aplique no para-choque e para-lama, frisos exclusivos nas laterais e o logotipo da versão X-Way inseridos na traseira e nos tapetes.

Dentre os itens de série, destaque para os retrovisores pintados na cor do veículo com rebatimento elétrico e piscas integrados, bancos em material que imita o couro, computador de bordo com tela de 4,2 polegadas com tecnologia TFT colorido e de alta resolução, câmera de ré, Smart Entry e sistema de partida sem chave tipo Start Button, Toyota Play+, sistema que permite espelhamento de aplicativos por meio da tecnologia SDL e com tecnologia Harman e navegador Tom Tom Navigation para sistemas operacionais IOS e Android e Waze para sistema IOS, entre outros.

O modelo é equipado com motor 1.5 16V flex que rende 110 cv de potência a 5.600 rpm, quando abastecido com etanol, e 105 cv, a 5.600 giros, com gasolina. O torque máximo nesta configuração, a 4.000 giros, é de 14,9 kgfm (com etanol) e de 14,3 kgfm (com gasolina).

IMG_3495

Ainda um concept car, VW Tarok desafiará a Fiat Toro

Salão Internacional do Automóvel de São Paulo

José Oswaldo Costa

de São Paulo (SP)

IMG_3422

José Oswaldo Costa

O estande da Volkswagen traz uma das mais aguardadas novidades do Salão. Trata-se do conceito Tarok, a futura picape média da marca que disputará mercado com a Fiat Toro.

Ela utiliza a mesma plataforma MQB do Polo, do Virtus e do recém-lançado T-Cross. Foi anunciado que sua capacidade de carga será para 1 tonelada. Falando em carga, ela traz uma solução original para o transporte de objetos compridos.

5fa8c3c78c068d508adb2e58a2302bd1

baa1b6a9f12359b274f5057925483fe3

Volkswagen / Divulgação

Os bancos traseiros são rebatidos e passa-se a ter acesso à caçamba de dentro da cabine. Quando os bancos estão rebatidos, formam um piso inteiriço com o restante da caçamba.

A VW informou que cerca de 80% do carro conceito será aproveitado na Tarok definitiva. O que se sabe é que, muito provavelmente, não será esse o nome oficial da picape.

IMG_3427(1)

IMG_3432

José Oswaldo Costa

A motorização não foi confirmada, mas as opções mais prováveis giram em torno do 1.4 turbo e do 2.0 turbo. Sabe-se que a nova picape média terá opção de ração 4×4.

Pólo e Virtus GTS – Apesar de serem apresentados como concepts cars, os dois modelos estarão no nosso mercado em breve. A motorização será a 1.4 turbo, de 150cv.

IMG_3440

IMG_3438

IMG_3411

IMG_3409

José Oswaldo Costa