Chevrolet S10 Z71 estreia tradicional versão no Brasil

Nova opção da picape média apresenta, apenas, mudanças estéticas

Amintas Vidal*  (Publicado no Diário do Comércio – Edição: 24/06/2022)

20220611_113517

Depois dos SUVs, as picapes são os modelos que mais crescem em vendas, atualmente.

É verdade que as picapes compactas e intermediárias incharam este bolo mas, as picapes médias continuam como as referências, tanto na capacidade de carga, quanto no desempenho no fora de estrada.

Nesse segmento das médias, a S10 se mantém no pódio deste o seu lançamento, em 1995.

No fechamento dos cinco primeiros meses desse ano, a Chevrolet S10 é o segundo modelo mais vendido da categoria, registrando 11.012 emplacamentos, ficando abaixo da Toyota Hilux, que emplacou 17.702 unidades, e acima da Mitsubishi L200, que registrou 5.588 emplacamentos, segundo dados fornecidos pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

O DC Auto recebeu a Chevrolet S10 Z71 2.8 diesel para avaliação. No site da montadora, seu preço sugerido é R$ 283,89 mil. A cor metálica custa mais R$ 1,95 mil. Versão intermediária, ela foi posicionada entre a LT e a LTZ.

20220611_115042

As versões Z71 são tradicionais na linha Chevrolet dos Estados Unidos. Originalmente, essa sigla identificava uma configuração de equipamentos que se tornou uma variante naquele país e, agora, ela chega ao Brasil pela primeira vez.

Por lá, além dos diferenciais estéticos, os modelos dessa versão também ganham mudanças mecânicas.

Por aqui, a S10 Z71 não traz essas mudanças mecânicas, apenas alguns equipamentos especiais e muitos detalhes estéticos que a diferenciam das demais versões.

Diferenciais – Pneus Michelin de uso misto na medida 265/60 R18, assim como alargadores nos para-lamas, santo antônio e estribos exclusivos, grades e rodas da versão High Country são as mudanças mais relevantes, todas elas no estilo all black.

No mais, uma profusão de adesivos, emblemas, faróis e lanternas escurecidas e a sigla Z71 na grade e nas laterais completam a indumentária que transformou a versão na mais bela da linha S10, principalmente nessa cor cinza da unidade avaliada, denominada Dark Shadow.

20220611_114611

Os principais equipamentos de série da S10 Z71 são: ar-condicionado analógico; direção elétrica; sistema multimídia My Link de 7 polegadas com espelhamento por cabo; computador de bordo com múltiplas funções; volante multifuncional; bancos revestidos com material sintético que imita o couro, capota marítima e protetor de caçamba.

Em segurança, os destaques são: seis airbags; controle eletrônico de estabilidade e de tração; luzes de condução diurna (DRL) em LED; assistente para partida em inclinação; indicador de pressão dos pneus; ajuste elétrico da altura dos fachos dos faróis; câmera de marcha à ré de alta definição com três modos de visão e sensores de estacionamento traseiros.

Motor e Câmbio – O conjunto mecânico da S10 é o mesmo para todas as versões automáticas.

O motor diesel de quatro cilindros em linha é posicionado longitudinalmente e tem 2.776 cm³ de capacidade. Seu comando de válvulas é duplo, tracionado por correia dentada e ele é equipado com turbocompressor e injeção direta de combustível.

Ele atinge a potência máxima de 200 cv às 3.600 rpm e o torque chega aos 51 kgfm às 2.000 rpm.

20220614_100916

O câmbio é automático convencional de seis (6) velocidades com conversor de torque. As marchas podem ser trocadas manualmente por meio da alavanca de câmbio.

A tração pode ser bloqueada em 4×2, 4×4 e 4×4 reduzida, operação acionada em botão giratório.

A S10 tem 5,36 metros de comprimento; 1,87 metro de largura; 3,09 metros de distância entre-eixos e 1,82 metro de altura.

São 228 mm de vão livre e seus ângulos de ataque e de saída são de 29° e 16,1°, respectivamente. Pesando 2.042 kg, sua carga útil é de 1.180 kg. O tanque de combustível comporta bons 76 litros. Na caçamba cabem 1.061 litros.

Internamente existem menos diferenças entre as versões Z71 e LT. Em ambas, o centro do painel é a única área macia ao toque, bem como as portas e o encosto de braço central.

Mesmo nas portas, essas áreas são escassas. Todas as outras peças são injetadas em plástico rígido. Detalhes cromados, em cinza fosco e em preto brilhante, sofisticam a cabine, mas não muito.

20220614_091242

O revestimento em material sintético que imita o couro é o grande diferencial da Z71. Costuras em linha vermelha e a sigla Z71 próxima às maçanetas dianteiras são as assinaturas internas desta versão.

Segundo a Chevrolet, este material e o acabamento simples favorecem a limpeza da picape após o uso, principalmente, no fora de estrada.

A explicação é válida, mas não justifica o alto preço pedido. Um veículo de quase R$ 300 mil merece um acabamento mais caprichado.

O espaço interno da S10 é muito bom. Quatro adultos altos viajam com muito conforto. O quinto passageiro também se acomoda bem, precisando apoiar o pé sobre o túnel central que é largo, porém, baixo.

Mesmo grande por dentro, a ergonomia na cabine é ótima. Os comandos estão todos à mão e não exigem grande deslocamento dos braços para serem alcançados.

20220614_095627

20220614_095337

Multimídia, ar-condicionado, seletor da tração e outros controles de navegação apresentam botões giratórios para as funções principais e de pressão para as secundárias, arquitetura ideal. 

Equipamentos – Espelhando ou pareando celular, o sistema multimídia foi muito eficiente. Ter uma tela pequena, necessitar de cabo para o espelhamento e não ter o wi-fi embarcado são as suas limitações.

A potência do som e sua qualidade agradam bastante, mas a acústica da cabine causa reverberação em volumes mais altos. Definição da imagem, sensibilidade ao toque e velocidade de operação estão na média do mercado.

O sistema de refrigeração é analógico (mais um erro diante do seu alto preço) e de zona única, sendo bem defasado para essa faixa de preço.

Porém, sua operação cega é das melhores, pois os botões são grandes, sendo o central menor que os das extremidades, característica que facilita a identificação dos mesmos sem a necessidade de desviar o olhar da via.

O funcionamento é eficiente na manutenção da temperatura e no volume de ventilação. Não ter saídas para o banco traseiro aumenta o tempo de resfriamento da cabine.

20220614_095531

Todos os outros recursos também são comandados por botões físicos que permitem fácil localização e manuseio cego. Alguns em um primeiro contato, outros, após certo tempo de uso.

Destaque para o computador de bordo que apresenta informações múltiplas e completas em páginas comutadas por anel giratório na alavanca satélite. A sequência destas páginas está adequada ao uso cotidiano e é facilmente visualizada com apenas uma operação neste anel.

Alguns equipamentos básicos de conforto e segurança fazem falta, mesmo em uma versão intermediária.

Estão ausentes equipamentos como a chave presencial para abertura das portas por aproximação e partida por botão; a regulagem do volante em distância, pois ele só pode ser alterado em altura; e um sistema de faróis em LED, já que somente a luz de condução diurna tem este recurso.

Por outro lado, dois acessórios instalados nessa unidade avaliada ajudaram bastante no uso diário.

Um amortecedor a gás tornou a abertura da porta da caçamba muito leve e um tapete semirrígido sobre o protetor da caçamba permite puxar as cargas do fundo da mesma.

20220614_101639

O volante está bem dimensionado e os seus comandos de áudio e do controle de velocidade de cruzeiro estão corretamente posicionados.

A assistência elétrica da direção é adequada, tanto deixando o volante leve para manobras de estacionamento, quanto tornando o esterço mais pesado em velocidades, algo necessário em um veículo tão grande.

Como na maioria das picapes médias com tração 4×4, as rodas viram pouco e a distância entre-eixos é muito grande, ampliando o raio de giro e, consequentemente, o número de manobras para transitar em garagens e outros espaços reduzidos.

A câmera de marcha à ré com guias dinâmicas e os sensores de aproximação traseiros são essenciais nessas manobras, pois o comprimento e a altura da S10 quase neutralizam a boa visibilidade que as amplas janelas e os grandes retrovisores oferecem.

Esse sistema também simula um eixo longitudinal que auxilia em aproximações para engate de um trailer, por exemplo, e permite a visualização traseira momentânea com o carro em movimento para frente, recurso útil para a conferência do equipamento que está sendo rebocado.

20220614_101424

Ironicamente, o belo santo antônio, exclusivo da versão, ampliou o seu ponto cego. Sensores de aproximação dianteiros seriam bem vindos para ajudar em todo esse trabalho.

Desempenho é destaque da picape, assim como o conforto ao rodar

O grande destaque da S10 é a sua dinâmica. O conjunto motor e câmbio é muito bem casado. As marchas são trocadas com precisão, sem trancos e silenciosamente.

O motor tem torque para tirar a picape da inércia e para fazer ultrapassagens seguras, em uma condução responsável. Mas é necessária certa atenção, pois o grande peso e o turbo lag exigem alguma antecipação na ação para o veículo deslanchar.

A boa elasticidade deste motor a diesel permite à S10 atingir altas velocidades rapidamente, chegando aos 100 km/h em 10,1 segundos, de acordo com a Chevrolet.

Marca admirável para um carro a diesel com mais de duas toneladas. Providencialmente, sua velocidade é limitada aos 180 km/h.

20220611_113640

Aos 90 km/h, e de sexta marcha, o motor trabalha às 1.400 rpm. Aos 110 km/h, e na mesma marcha, ele gira às 1.750 rpm. Nessas condições, quase não se ouve o seu ruído.

O atrito dos pneus e o barulho vento contra a carroceria são contidos para uma banda de rodagem tão larga e uma carroceria tão volumosa.

As suspensões projetadas para sustentar mais de uma tonelada entregam mais conforto que o esperado para um modelo preparado para o trabalho.

Elas são muito firmes e trabalham em alta frequência quando o modelo está sem carga, causando as típicas oscilações das picapes.

Porém, copiam bem as ondulações dos pisos e transferem menos vibrações para a cabine que o usual na categoria.

20220611_114943

O lado bom desta rigidez do conjunto é a estabilidade. Mesmo alta, a S10 contorna curvas com pouquíssima inclinação da carroceria e ótimo controle direcional, apesar de tender a sair de traseira.

Mas isso, somente quando muito exigida, bem depois dos pneus começarem a cantar e sinalizarem o início dessa perda de tração.

A capacidade off-road também sobressai. O elevado torque do motor, somado à tração 4×4 e aos pneus de uso misto, confere alta capacidade de transposição dos obstáculos mais comuns, encontrados em estadas de terra e em trilhas de baixa e média dificuldade.

A robustez do chassis permite submeter a S10 a essas forças de torção sem comprometer a integridade de sua estrutura.

Consumo – Em nosso teste padronizado de consumo rodoviário a S10 Z71 se mostrou econômica, considerando seu tamanho e peso.

20220611_115510

20220611_115036

Nele, realizamos duas voltas no percurso de 38,7 km, uma mantendo os 90 km/h e outra, os 110 km/h, sempre conduzindo economicamente.

Na volta mais lenta, o consumo foi de 13,5 km/l e, na volta mais rápida, a média registrada caiu para 12,1 km/l de diesel.

Já no teste padronizado de consumo urbano, o peso do modelo jogou contra. Nele, em um circuito de 6,3 km, realizamos quatro voltas, totalizando 25,2 km.

Simulamos 20 paradas em semáforos com tempos entre 5 e 50 segundos. Vencemos 152 metros entre o ponto mais alto e o mais baixo do acidentado percurso. Seguindo os padrões complementares descritos acima, a S10 registrou 7,4 km/l de diesel.

A S10 Z71 tem grande diferenciação estética e a capacidade para o fora de estrada um pouco aprimorada.

O valor que se paga a mais em relação à versão LT pode se justificar para quem valoriza esse visual exclusivo que é, provavelmente, o mais bonito que a S10 já apresentou em quase 30 anos de existência.

20220611_113109Fotos: Amintas Vidal

*Colaborador

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

Perua BMW M3 Touring é revelada no Festival de Goodwood

Da Redação

P90468215_highRes_the-first-ever-bmw-m

Separe os seguintes ingredientes: um dos esportivos mais desejados do planeta e uma charmosa carroceria do tipo station wagon.

Entregue-os na mão de uma equipe de engenheiros fanática por carros esportivos e diferenciados e espere a mágica acontecer. O resultado? O novo BMW M3 Touring!

Pela primeira vez na história da marca, o M3 está disponível em uma versão station wagon.

P90468223_highRes_the-first-ever-bmw-m

P90468214_highRes_the-first-ever-bmw-m

O modelo fez a sua estreia em um lugar mais do que apropriado, o Festival de Velocidade de Goodwood 2022, ao lado do também novíssimo M4 CSL.

Mecanicamente, o novo BMW M3 Touring herda todo o conjunto mecânico da versão sedan.

Ou seja, debaixo do capô, o modelo usa um motor de 6 cilindros em linha, equipado com tecnologia M Twin Power Turbo, que envia toda sua força para o eixo traseiro por meio da transmissão M Steptronic com Drivelogic.

P90468186_highRes_the-first-ever-bmw-m

P90468182_highRes_the-first-ever-bmw-m

Com 510 cv a 6.250 rpm e 650 Nm de torque entre 2.750 e 5.500 rpm, o modelo mantém toda a agilidade e diversão da versão sedan, só que com mais espaço para as bagagens.

P90468194_highRes_the-first-ever-bmw-m

P90468196_highRes_the-first-ever-bmw-m

P90468200_highRes_the-first-ever-bmw-mFotos: Enes Kucevic Photography / BMW Group / Divulgação

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

Peugeot lança linha 2023 do SUV 2008

Da Redação

alta4369-62b103d79f2c8

A linha 2023 do Peugeot 2008 chega com novidades no exterior e no pacote de itens de série de segurança e conforto, para todas as versões.

O modelo passa a contar com a nova cor cinza Artense, tampa traseira black-out com lettering PEUGEOT, além do inédito teto pintado em Black Diamond e os retrovisores em preto com detalhes cromados.

A marca também apresenta duas novas versões para agregar as atualizações da gama 2008, junto às versões Allure e Griffe THP.

A série Style chega para o modelo com opções de motorização 1.6 Flex AT6 a partir de R$ 106,99 mil e 1.6 THP Turbo Flex AT6 a partir de R$ 119,99 mil, com elementos exclusivos.

alta4601-62b103cc9480a

O SUV conta agora com câmera de ré, cruise control, volante multifuncional e lanternas traseiras em LED entre os itens de série, a partir da versão Style.

Também conta com equipamentos já bem conhecidos da marca, como o teto panorâmico, a central multimídia All-In-One compatível com Apple CarPlay e Android Auto.

O modelo conta com o quadro de instrumentos em posição elevada, nomeado de i-Cockpit, e com o sistema de tração Grip Control que se adapta ao funcionamento do veículo em todos os tipos de terreno.

Em seu exterior, o 2008 Style, em ambas motorizações, apresenta uma identidade mais marcante, com exclusivo jogo de rodas de liga leve 16 polegadas com pintura Noir Onxy, nova grade com Dark Chrome, máscara negra nos faróis e novas lanternas traseiras em LED que trazem um ar mais elegante ao modelo.

Peugeot 2008 Style

Por dentro, a versão Style é equipada com o volante de diâmetro reduzido, multifuncional, em couro, posto de direção elevado que agrupa todas as funções no eixo do olhar do condutor permitindo uma maior concentração no trajeto e multimídia touchscreen que agrupa de forma intuitiva todas as funções de conforto.

Também conta com novos bancos revestidos com detalhes em material sintético que imita o couro, nova cor interna em dark grafite e ar-condicionado automático digital bi-zone com três modos de operação.

A versão topo de gama da família 2008, denominada Griffe, caracteriza-se por apresentar bancos inteiros em material sintético que imita o couro, teto panorâmico, 6 airbags (2 dianteiros, 2 laterais e 2 de cortina), além da nova cor interna dark titanium.

O exterior apresenta uma grade preta com acabamento cromado, enquanto o perfil traseiro agora ostenta um novo emblema THP.

Peugeot 2008 Griffe THP

Sob do capô, o SUV da Peugeot embarca o motor flex 1.6 acompanhado do câmbio automático sequencial de 6 marchas que entrega 120 cv com etanol e 113 cv com gasolina.

Já as versões com motores turbo 1.6 THP alcançam 173 cv com etanol e 165 cv com gasolina.

As motorizações contam, ainda, com modo de condução ECO, ideal para ser utilizado no trânsito intenso das grandes metrópoles, com principal funcionalidade de economizar combustível e modo SPORT, desenvolvido para obter respostas mais rápidas e potentes do motor.

Todas as versões incorporam uma nova alternativa de cor, a cinza Artense.  Adicionado à paleta já disponível para o modelo, totalizam 6 opções de cores, sendo elas: vermelho Rubi, branco Banquise (sólido) ou nacré (perolizado), cinza Artense, preto Perla Nera e cinza Grafitto.

alta8412-62b1017922b2a

E a partir de agora, uma combinação de dois tons com o novo teto preto, além de todas as versões receberem uma significativa atualização incorporada a nova tampa traseira.

O logotipo PEUGEOT protagoniza o perfil traseiro, juntamente com os novos faróis com DRL em LED.

alta8321-62b102a47a60e

Versões e Preços*: 

Peugeot 2008 MY’23 Allure: R$ 99,99 mil

Peugeot 2008 MY’23 Style: R$ 106,99 mil

Peugeot 2008 MY’23 Style THP: R$ 119,99 mil

Peugeot 2008 MY’23 Griffe THP: R$ 124,99 mil

*Preços exclusivos de lançamento através do canal e-commerce, por tempo indeterminado.

alta4614-62b103be80ae7

alta4245-62b1040d70f4bFotos: Pedro Bicudo / Stellantis / Peugeot / Divulgação

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

iCar é o 1º subcompacto elétrico da Caoa Chery no Brasil

Da Redação

FGD_6154

Iniciando uma nova era tecnológica no Brasil, a Caoa Chery está lançando o primeiro subcompacto com motorização 100% elétrica da marca, o iCar.

Urbano, sustentável, moderno, dinâmico e com um design inovador, o modelo é diferente de tudo o que existe no mercado nacional. Entre os principais diferenciais está o fato de ser um veículo genuinamente elétrico.

Ou seja, nasceu como um projeto eletrificado e, por isso, possui características inovadoras que envolvem desde a motorização até os materiais utilizados.

FGD_6159

Importado da China, onde é comercializado há cinco anos, o iCar está em sua quarta geração, já teve mais de 200 mil unidades vendidas e é, hoje, o mais emplacado de seu segmento no mercado chinês, informou a fabricante.

No Brasil, o modelo será comercializado em versão única por R$ 139,99 mil, a partir do fim desse mês.

Fruto de um novo conceito na categoria de EVs e de uma nova plataforma da Chery, voltada 100% à eletrificação, o modelo tem sua carroceria essencialmente composta por alumínio de aviação com polímeros de alta resistência.

FGD_4832

Na prática, isso significa que o iCar possui compostos leves, extremamente confiáveis, de baixo custo de manutenção e que suportam grandes variações de temperatura e alta resistência à impactos.

Graças a essa característica estrutural também apresenta redução de cerca de 20% a 30% no peso em relação às carrocerias tradicionais em aço, que auxiliam no desempenho da autonomia e na experiência de condução do veículo, sem comprometer a segurança.

Para chegar ao mercado brasileiro, o iCar recebeu adaptações exclusivas na suspensão, visando atender às expectativas do exigente consumidor nacional, além de adaptações no motor.

FGD_4505_

O modelo tem bateria com capacidade total de 30,8 kWh, com sete estágios de regeneração de energia, e classificação IP67 em relação ao grau de proteção.

O modelo possui motor com potência máxima de 45 kW (61 cv) e torque máximo de 15,3 kgf.m (150 Nm). Focado na economia e sustentabilidade, o iCar conta com autonomia de 282 km.

A bateria pode ser carregada completamente em apenas 36 minutos em estações de carga rápida (eletropostos), em pelo menos cinco horas em sistema de carregamento portátil e em onze horas com cabo emergencial em tomada de três pinos.

_CHR5920

O conector é do tipo CCS Combo 2, o mais comum no mercado nacional.

O Caoa Chery iCar conta com três opções de cores:  verde, cinza e branco que, junto com o design externo diferenciado e o amplo teto panorâmico, agregam mais personalidade ao modelo.

No interior, o design contemporâneo e integrado chama atenção, assim como o acabamento sofisticado.

_CHR6653

_CHR6070

O painel de Instrumentos é em LCD, digital e colorido, e a multimídia de 10,25 polegadas possui tela colorida sensível ao toque.

Os bancos dianteiros possuem regulagem elétrica, o volante multifuncional vem com regulagem de altura, além de duas entradas USB e carregamento de celular wireless.

Com capacidade para quatro passageiros, tem o acesso aos bancos traseiros feito por comando eletrônico (via banco do passageiro dianteiro). A capacidade do porta-malas pode chegar a 380 litros com os bancos traseiros rebatidos.

O iCar traz elementos de segurança de série como o monitor de pressão e temperatura dos pneus, câmera traseira e sensor de estacionamento, freios a disco e suspensão independente nas 4 rodas, airbag duplo frontal, além do controle de estabilidade e freio eletrônico AutoHold.

Com a carroceria em duas cores, sendo o teto em preto, possui molduras das caixas de rodas, soleiras, e para-choques em preto fosco.

O aerofólio (externo) é na cor do carro que traz, ainda, rack de teto decorativo, para-choque traseiro em preto fosco com detalhe em prata e lanternas fumê com LED.

Equipado com kit de reparo de pneus, o iCar oferece cabo portátil de carregamento de emergência (220V / 20A). A garantia é de 8 anos para o sistema de propulsão elétrico e 3 anos para o veículo.

FGD_4732_

FGD_4797Fotos: Chris Castanho Fotografia / Caoa Chery / Divulgação

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

BMW 118i ganha tecnologia e equipamentos

Da Redação

BMW-118i-2022 (1)

Mais completo, mais conectado e mais esportivo. É desta forma que o BMW Série 1 chega ao mercado brasileiro neste ano, informou a fabricante.

Com novos equipamentos e visual mais atraente, a nova versão M Sport do 118i já está à venda nas concessionárias da BMW do Brasil.

Visualmente, a nova versão 118i M Sport se diferencia pela aparência mais esportiva e atraente. Os para-choques dianteiro e traseiro têm visual mais agressivo, padrão nos modelos da versão M Sport.

A grade troca o acabamento cromado, da versão Sport GP, pelo acabamento em preto brilhante e as rodas de 18 polegadas ganham novo desenho.

bmw_118d_sportline_47

Já os faróis, assim como as lanternas traseiras contam com acabamento escurecido. Por dentro, o volante M Sport e o revestimento em couro dos bancos dão o tom de esportividade na cabine.

Debaixo do capô, o 118i M Sport usa um motor BMW TwinPower Turbo de 3 cilindros. Ele rende 140 cv de potência entre 4.600 rpm e 6.500 rpm, e torque plano de 220 Nm entre 1.480 rpm e 4.200 rpm.

A transmissão é automática de sete (7) velocidades e a suspensão tem acerto e calibração M Sport.

Focado em atrair um público mais jovem, o 118i é recheado de tecnologias. O painel é chamado de BMW Live Cockpit Professional. Ele é composto pelas duas telas de 10,25 polegadas, que compõem o quadro de instrumentos e a central multimídia.

BMW-118i-M-Sport-5

É possível se comunicar diretamente com a assistente Alexa da Amazon, e há compatibilidade com Android Auto e Apple CarPlay.

A versão também é equipada com Assistente Pessoal Inteligente BMW, que pode ser ativado pela frase “olá, BMW” ou qualquer outra que esteja programada.

O sistema é capaz de executar inúmeras funções do veículo ou explicar o funcionamento de equipamentos. Além disso, a tecnologia é capaz de aprender os hábitos do motorista e adaptar suas funções.

O sistema se soma ao BMW ConnectedDrive, um pacote de tecnologia que engloba várias funções. É possível atualizar remotamente o carro, ter o serviço de concierge ou de informações do trânsito em tempo real.

BMW 118d

O BMW Teleservices também envia mensagens automáticas sobre o estado do seu carro com base no uso, o que possibilita agendar serviços na concessionária mais próxima. Também é possível acionar o SOS em uma emergência ou acidente.

Até mesmo quando você está distante do BMW 118i M Sport é possível ficar conectado com o carro pelo My BMW app, que permite ativar funções remotas. Exemplos: localizar o veículo, trancar ou destrancá-lo, checar se as janelas estão abertas, se todas as portas estão fechadas, e ainda, receber notificações a cada atualização remota de software (Remote Software Upgrade).

O quesito segurança não fica de lado. O BMW 118i M Sport vem equipado com assistentes de direção como o Parking Assistant (baliza automática), Reverse Assistant (capaz de refazer os últimos 50 metros percorridos autonomamente), farol de LED adaptativo e assistente de farol alto, controles de tração e estabilidade e seis airbags com 8 pontos de proteção.

Também são de fábrica ar-condicionado de duas zonas, sistema de som Hi-Fi, teto solar e retrovisores anti-ofuscante.

O novo BMW 118i M Sport chega ao Brasil, importado da Alemanha, em cinco opções de cores para a carroceria (branco Alpino, preto Safira, cinza Skyscraper, azul Misano e vermelho Melbourne) e quatro opções de acabamento interno (couro Dakota Vermelho Magma/Preto, couro Dakota Mocha/Preto, couro Dakota Preto/Costura Azul, couro Dakota Preto/Preto), com preço sugerido de R$ 315,95 mil, enquanto a versão de entrada, chamada 118i Sport GP, custa R$ 295,95 mil.

BMW 118d

Fotos: BMW Group / Divulgação

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

Chevrolet anuncia série de carros elétricos para a América do Sul

Da Redação

Chevrolet Blazer EVChevrolet Blazer EV

A General Motors caminha para a eletrificação dos seus modelos América do Sul, com uma linha de veículos zero emissão, que virá para complementar o atual portfólio da marca Chevrolet.

A empresa decidiu iniciar a revelação de seus futuros veículos elétricos pelos SUVs, segmento que mais cresce no mercado regional.

Entre as novidades estão o Bolt EUV, o Blazer EV e o Equinox EV. Apesar de todos serem produtos tecnologicamente inovadores, com design atraente e alta performance; cada qual terá proposta e características próprias para atender diferentes perfis de consumidores, informou a GM.

O anúncio foi feito por Santiago Chamorro, presidente da GM América do Sul, e por Marina Willisch, vice-presidente de Comunicação, Relações Governamentais e ESG da GM América do Sul.

Os dois executivos também compartilharam detalhes sobre o cronograma de lançamento desses futuros produtos e enfatizaram a ofensiva que a empresa irá promover em relação a eletrificação, iniciada em 2019 na América do Sul com a comercialização do Bolt EV, exclusivamente no Brasil.

Um novo lote do produto, que passou por atualizações visuais e de acabamento recentemente, será disponibilizado em breve no País.

Chevrolet Bolt EUVChevrolet Bolt EUV

“O próximo modelo a chegar na região será o Bolt EUV, que estreia na Colômbia já no segundo semestre deste ano e em outros mercados a partir de 2023. Depois planejamos ofertar outros modelos globais da marca, como o Blazer EV e o Equinox EV, que ainda estão em fase de desenvolvimento nos EUA”, contou Chamorro.

Esses veículos elétricos zero emissão da Chevrolet passam a ser identificados de forma diferenciada em comunicações da marca, com as letras EV do logotipo destacadas em azul.

Com sua visão de um futuro com “Zero acidente, Zero emissão e Zero congestionamento”, a GM tem o compromisso de se tornar neutra em carbono até 2040.

Como parte deste plano global, a empresa está investindo 35 bilhões de dólares no desenvolvimento de 30 veículos elétricos e autônomos até 2025.

“Estamos avançando globalmente neste sentido. Parte importante deste processo é tornar cada vez mais sustentáveis nossos veículos a combustão até a migração total do mercado para os carros 100% elétricos, os únicos que não emitem qualquer gás poluente”, explicou Marina.

A GM ainda anunciou recentemente uma parceria com a Honda para o desenvolvimento de carros elétricos mais acessíveis para os segmentos mais populares do mercado mundial, incluindo o da América do Sul.

Esta nova família global de veículos elétricos deve chegar ao mercado no final desta década. A colaboração entre as duas empresas prevê, ainda, a possibilidade de produção global em larga escala e desenvolvimento conjunto de baterias.

Chevrolet Equinox EVChevrolet Equinox EV

Fotos: General Motors / Chevrolet / Divulgação

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

Jeep anuncia pacotes de serviços conectados para o Adventure Intelligence

Da Redação

unnamed(2)Stellantis / Jeep / Divulgação

Conveniência, assistência e entretenimento. Tudo isso em um único lugar: o carro. Em 2021, a Jeep apresentou ao mercado sua plataforma de serviços conectados, a Adventure Intelligence. Agora, a marca anuncia os novos pacotes para os usuários dos veículos conectados.

Os proprietários dos modelos Jeep com Adventure Intelligence possuem um período de degustação dos serviços conectados (12 meses), contados a partir da ativação da garantia do veículo.

Depois desse prazo, podem escolher entre sete opções de pacotes. Quatro são planos individuais, dois são combos (não configuráveis) e um premium oferece todos os serviços.

Os individuais custam R$ 50,00 por mês ou R$ 500,00 no plano anual (com desconto de R$ 100,00). Já a assinatura dos combos parte de R$ 80,00.  

O pagamento pode ser realizado por cartão de crédito e os planos podem ser contratados diretamente no próprio portal de serviços conectados da plataforma (https://myuconnect.jeep.com/br/pt/login) ou pela Central de Serviços Conectados (Call Center Concierge – 0800 007 7128).

Conheça mais sobre cada um dos novos planos:

Individuais:

– Controle do veículo à distância: com este plano o usuário pode controlar o seu veículo, mesmo não estando nele. As operações remotas podem ser feitas por meio do celular, smartwatch e assistente virtual.

Além disso, também possui alertas de condução, que são configuráveis para que o proprietário possa manter o controle do veículo mesmo quando conduzido por outra pessoa, como ultrapassar o limite estabelecido de velocidade ou até mesmo estabelecer um perímetro ou horário para aviso.

Ainda está incluída a localização do veículo, em que o usuário pode verificar exatamente onde está seu carro pelo aplicativo no celular ou pelo smartwatch. Outra funcionalidade é a conexão com assistentes digitais.

O cliente que possuir um dispositivo com a assistente Alexa (Echo Dot ou Echo Show) pode adquirir informações sobre o seu carro como nível de combustível e quilometragem, além de efetuar algumas operações remotas (travar e destravar portas, por exemplo).

Para os proprietários do Jeep Compass 4xe há, ainda, a função de localização de estação de recarga e programação do carregamento, em que é possível escolher a data e o horário de início do seu percurso, dia da semana e a recorrência.

Inclusive, com um único toque no aplicativo, o usuário pode iniciar automaticamente a recarga, caso o veículo esteja plugado em uma estação de recarga.

Também há a função programação de climatização, configurações de nível de recarga (apenas na central multimídia) e Telas do Veículo, em que o cliente pode obter o melhor controle do seu veículo com informações como preferências de recarga, cronograma de recarga, fluxo de energia (mede o uso/saída atual de energia para o motor, bateria e clima em quilowatt) e histórico de direção.

– Socorro Inteligente: com quatro serviços, este pacote oferece assistência e segurança em momentos de emergência, como em caso de acidentes ou problemas mecânicos. Isso porque oferece a chamada de emergência, função que em que o usuário poderá entrar em contato com o call center da plataforma por meio da central multimídia ou do app, caso esteja fora do veículo.

Já em casos de acidentes graves, em que alguns itens de segurança do veículo sejam acionados (como os airbags) o sistema fará uma ligação automática para o call center, que agirá conforme necessário para ajudar na situação, passando as últimas coordenadas do GPS e as informações básicas do veículo para o serviço de emergência responsável pela área do acidente.

Além disso, também há assistência mecânica: em caso de problema no funcionamento do veículo, o cliente pode entrar em contato com o call center e solicitar assistência. Fora tudo isso, ainda apresenta o feature de assistente pessoal.

– Segurança: nesta configuração o usuário dispõe da funcionalidade de assistente de recuperação a roubo e furto e de alerta preventivo de furto. Este último funciona como um aviso de que o veículo do cliente pode ter sido levado.

Se, por exemplo, o alarme disparar, o usuário receberá uma notificação no app informando a possibilidade do furto. Caso ele não confirme que está com o carro, a central é acionada e o veículo começa a ser rastreado.

O alarme é apenas um exemplo de sensores disponíveis no carro que atuam de maneira preventiva em relação a possíveis furtos. 

Também inclui assistência de recuperação para roubo e furto, sendo que nestas ocasiões, o proprietário pode entrar em contato com a central e informar o ocorrido. A partir deste ponto, o operador inicia o rastreio do veículo.

Na sequência, o cliente deve fazer o boletim de ocorrência. Assim, juntamente com uma empresa parceira, é feita uma análise prévia da situação no local em que o carro estará e a polícia será acionada. 

– Mapa Inteligente: ideal para aqueles que gostam de uma navegação completa porque o pacote apresenta busca por pontos de interesse, mapa Inteligente (que fornece informações em tempo real sobre tráfego e radares, por exemplo, baseadas na localização do veículo), atualização remota de mapa e mapa de alcance dinâmico.

No Jeep Compass e Jeep Commander Overland ainda há outras duas funcionalidades. A Send & Go permite que o usuário pesquise algum ponto de interesse pelo celular enquanto ainda está em casa ou no escritório, por exemplo, e envie para a navegação no veículo.

Ao ligar o carro, a rota será automaticamente traçada pelo mapa inteligente e a viagem pode começar em segurança, sem a necessidade do cliente ficar parado dentro do veículo pesquisando um endereço ou ponto de interesse.

O outro serviço é o Last Mile Navigation, recurso que permite ao usuário enviar do sistema de navegação para o aplicativo móvel o último endereço salvo.

Combos: 

No total são três combos oferecidos: 2, 3 e o Premium, que conta com a mesma configuração do período de degustação.

O combo 2 traz os pacotes de Segurança e Socorro Inteligente combinados por R$ 80,00 por mês ou R$ 800,00 por ano.

Com esses dois planos anteriormente citados e o Controle do Veículo a Distância, o combo 3 custa R$ 105,00 por mês ou R$ 1,05 mil por ano.

Já o premium traz os quatro pacotes oferecidos por R$ 120,00 ao mês ou R$ 1,20 mil ao ano.

WiFi Hotspot:

Vale ressaltar que o WiFi Hotspot não está vinculado a nenhum dos pacotes de conectividade já que está vinculado ao eSIM 4G da TIM, chip virtual para acesso a Wi-Fi nativo a bordo.

A contratação permanece diretamente com a operadora conforme os planos de dados disponíveis de 5GB, 10GB e 40 GB.

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

Tem início a pré-venda do BMW iX3 M Sport

Modelo 100% elétrico possui motor com potência de 286 cv e torque de 400 Nm

Da Redação  (Publicado no Diário do Comércio – Edição: 10/06/2022)

bmw-ix3-2022_2

O futuro elétrico e conectado da BMW está cada vez mais presente no portfólio atual da marca. Desta vez, a novidade é o BMW iX3 M Sport, versão 100% eletrificada do X3, com o apelo esportivo tradicional das versões M Sport.

Com até 460 km de autonomia, segundo a BMW, ele chega para ser o quarto modelo do BMW Group completamente movido a energia elétrica (BMW i3, iX, além do Mini SE) e já está em pré-venda em toda rede de concessionárias da BMW no Brasil.

“Tecnologia, conectividade, prazer de dirigir e uma das maiores autonomias do mercado estão alinhadas a um modelo que entrega toda a expectativa de um BMW. Sabendo que o cliente premium foca em carregamento em casa ou no ambiente corporativo, ofertamos ainda dois carregadores para apoiar seus deslocamentos e se somam aos mais de 10 mil pontos de recarga pessoais já distribuídos em nosso País”, reforçou Henrique Miranda, Head de Eletrificação da BMW do Brasil.

“Após o pioneirismo de modelos como os BMW i3 e iX, trazemos agora a versatilidade do X3 e ainda traremos a esportividade no i4 até o final do ano, ofertando a maior gama de opções elétricas em nosso mercado”, disse o executivo.

bmw-ix3-2022

Importado da China, onde é produzido nas instalações da joint venture BMW Brilliance Automotive, o iX3 M Sport chega ao Brasil com a quinta geração do BMW eDrive para complementar a produção nacional, em Araquari (SC), do X3.

O motor elétrico, posicionado no eixo traseiro, rende 286 cv (210 kW) de potência e torque máximo de 400 Nm. Com esse conjunto, o iX3 acelera de 0 a 100 km/h em 6,8 segundos e tem velocidade máxima limitada a 180 km/h, informou a fabricante.

Com 80 kWh de capacidade, o conjunto de baterias do BMW iX3 M Sport é capaz de fornecer energia para até 460 km de autonomia (WLTP).

Em estações de recarga rápida (até 150kW), o iX3 é capaz de recarregar 70% da bateria em apenas 32 minutos. Vale destacar que, assim como o BMW iX, todos os iX3 M Sport são entregues com dois carregadores (BMW i Wallbox Essential e Flexible Fast Charger) de cortesia para possibilitar a recarga em dois pontos particulares distintos.

BMW iX3

Visualmente, a versão M Sport do iX3 se destaca pelo design marcante com a grade com novo design e acabamento em preto, para-choque dianteiro com aerodinâmica aprimorada e mais esportivo, e rodas aerodinâmicas de 19 polegadas com design inédito.

Por dentro, acabamentos em aço escovado, diversas opções de cores para o revestimento dos bancos em couro e sistema de som da Harman Kardon com 16 alto-falantes e 464W são os destaques.

Tecnologias – Além de 100% elétrico, o BMW iX3 M Sport é recheado de tecnologia e tem os mesmos equipamentos das versões tradicionais do X3.

O BMW Live Cockpit Professional, por exemplo, está presente e ajuda a dar ao interior um visual bastante tecnológico.

ix3Dentro-1024x768

bmw-ix3-onepager-gallery-psfs-02

Duas telas, de 12,3 polegadas de alta resolução, exibem as informações do veículo e do sistema de entretenimento, sendo esta última sensível ao toque e compatível com Apple CarPlay e Android Auto, além de integração com Amazon Alexa.

O modelo sai de fábrica conectado com internet e dispensa o uso de celular ou dados dos ocupantes do veículo, como padrão em todo modelo BMW no Brasil.

O ar-condicionado tem controle de temperatura automático com três zonas. Além do porta-copos, o console central acomoda a alavanca seletora de marchas, carregador por indução para smartphones, botões para o sistema start/stop e partida do motor, freio de estacionamento elétrico, controle da multimídia, entre outros comandos do veículo.

Há, ainda, os sistemas Driving Assistant Professional, Parking Assistant Plus e Surround View, com câmera de ré e sensores de estacionamento dianteiro e traseiro.

bmw-ix3---china

O Driving Assistant oferece uma condução inteligente em situações de trânsito lento ou em longos deslocamentos, informando, por meio de alertas visuais e sonoros, de condições de tráfego cruzado, riscos de colisão traseira, mudanças involuntárias de faixa de rolamento e controle e prevenção de aproximação frontal, entre outras funções.

A versão conta com o Drive Recorder, uma funcionalidade capaz de capturar vídeos em 360° ao redor do veículo através das 4 câmeras.

As gravações podem ter até 40 segundos de duração, incluindo os 20 segundos imediatamente antes da ativação e os 20 segundos posteriores.

A função pode ser ativada a qualquer momento através do menu iDrive ou automaticamente quando algum acidente for detectado.

bmw-xseries-ix3-models-equipment-impressive-lines-01-04

BMW iX3

Os vídeos podem ser gravados para entretenimento e diversão como em viagens, em deslocamentos com paisagens encantadoras, mas também pode ser configurado para ativação automática em caso de acidente.

Com o My BMW App, é possível ativar funções remotas, como localizar o veículo, trancar e destrancar o carro, acender os faróis, ligar as buzinas e acionar a ventilação do carro.

Para os modelos eletrificados, com o My BMW App é possível obter informações sobre o processo de carregamento do carro, a autonomia atual, climatizar o veículo (aquecê-lo no inverno ou resfriá-lo no verão), programar a próxima recarga e outras configurações relevantes do veículo.

Além disso, o proprietário ainda recebe notificações a cada atualização remota de software (Remote Software Upgrade).

bmw-ix3-2022_3

O modelo também possui o Assistente Pessoal Inteligente. Ele permite interação por voz com o próprio carro, sendo capaz de ativar diversas funções, como o controle de temperatura, ativar o aquecimento do banco, abertura de janelas, e até informar sua próxima revisão.

O novo BMW iX3 chega ao Brasil exclusivamente na versão M Sport em seis opções de cores para a carroceria (branco Mineral, Carbon Black, prata Cashmere, cinza Sophisto, azul Phytonic e vermelho Piemont) e nove opções de acabamento interno (couro Mocha/Preto, couro Preto/Costura Azul, couro Oyster/Preto, Sensatec Vermelho Tacora/Preto, Sensatec Vermelho Tacora, Sensatec Mocha/Preto, Sensatec Preto/Costura Azul, Sensatec Cognac e Sensatec Preto), com preço sugerido de R$ 475,95 mil.

2022-BMW-iX3-LCI-22-e1635127236491Fotos: BMW Group / Divulgação

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

Jeep Wrangler ganha câmera off-road

Da Redação  (Publicado no Diário do Comércio – Edição: 10/06/2022)

wrangler_rubicon_0172_optimized-629df909df4c9

A linha 2022 do Jeep Wrangler chega ao Brasil nas versões Rubicon e Sahara 4P (quatro portas) e 2P (duas portas).

Essas versões receberam novidades e estão mais confortáveis para o dia a dia e, principalmente, eficientes para encarar as mais difíceis trilhas off-road, seu principal habitat.

Ícone de seu segmento, o Jeep Wrangler 2022 agora conta com novos sistemas de condução autônoma, comutação automática do farol alto e câmera off-road frontal de série em todas as versões.

A câmera frontal off-road foi pensada para facilitar a vida dos clientes Jeep nas mais diferentes trilhas e aventuras. Ela usa uma lente do tipo grande-angular e fica posicionada centralmente junto à grade do radiador.

wrangler_rubicon_0274-629df9d852729

wrangler_rubicon_0277-629df97f7c573

Seu acionamento é feito por meio da tela de 8,4 polegadas do sistema multimídia UConnect e permite ao motorista enxergar obstáculos à frente mesmo nas trilhas mais fechadas ou inclinadas.

A câmera frontal off-road possui um sistema de lavagem automático embutido. Ao ser acionado, um jato d’água de alta pressão remove da lente sujeiras como lama e terra, garantindo a melhor visão para o motorista.

Ela também pode ser usada em conjunto com a câmera traseira e sensores de estacionamento para facilitar balizas e manobras.

Condução Autônoma – Outra comodidade do Jeep Wrangler 2022 é a chegada de um amplo pacote de sistemas de auxílio à condução autônoma.

O piloto automático com controlador de velocidade adaptativo aumenta o conforto das viagens, mantendo uma distância segura do carro à frente de maneira automática: se o outro veículo frear, o Wrangler reduz a velocidade automaticamente e volta à velocidade programada assim que o outro carro sair da faixa ou retomar a aceleração.

wrangler_rubicon_0051-629dfc78d579c

O sistema também inclui a frenagem automática de emergência (AEB). Essa tecnologia faz um monitoramento constante do tráfego à frente, alertando o motorista para o risco de colisões.

Caso não haja nenhuma atividade por parte do condutor, o AEB pode frear o veículo automaticamente, reduzindo o dano em batidas ou até mesmo evitando pequenas colisões.

Esse pacote é completado pela comutação automática do farol alto Full LED. Ela usa imagens de uma câmera posicionada na parte superior do para-brisas para acompanhar o tráfego dos veículos à frente do Wrangler (em ambos os sentidos).

Quando for detectada a proximidade com um carro próximo, o facho alto dos faróis é ajustado automaticamente para evitar o ofuscamento de outros motoristas. Isso permite que o motorista se concentre totalmente na viagem e tenha a melhor iluminação em qualquer situação.

wrangler_rubicon_0001-629dfdfb0fb46

A versão Rubicon traz, ainda, o sistema Off-road+. Quando ativado, esse sistema ajusta automaticamente o veículo para as condições do terreno.

Atua nos principais sistemas, como acelerador, controle Selec-Speed, controle de tração e trocas de marchas, a fim de garantir o desempenho ideal para o terreno.

Se habilitado em 4-HI, ele adapta a operação para velocidades mais altas na areia. Se habilitado em 4-LO, ele ajusta a operação para baixa velocidade off-road.

O Jeep Wrangler 2022 também chega com rodas de liga-leve polidas em preto e alumínio.

Esse conjunto é movimentado por um motor turbo de 272 cv e 400 Nm de torque, com câmbio automático de oito (8) marchas, tração 4×4 com reduzida e diferenciais dianteiro e traseiro com bloqueio e a exclusiva barra estabilizadora frontal desconectável.

O novo Jeep Wrangler 2022 já está disponível para os clientes nas concessionárias da marca.

wrangler_rubicon_01361_optimized-629df92fcea1cFotos: Stellantis / Jeep / Divulgação

Preços sugeridos:

Jeep Wrangler Sahara 2 Portas R$ 459,99 mil 

Jeep Wrangler Sahara 4 Portas R$ 469,99 mil

Jeep Wrangler Rubicon – R$ 484,99 mil

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

N Line é a versão com traje esportivo do Hyundai Creta

Da Redação

HYUNDAI CRETA N LINE - 5

A Hyundai escolheu o Brasil para ser o primeiro país do mundo a receber a versão N Line do SUV Hyundai Creta.

O modelo vem com design diferenciado, com visual esportivo, e elevado conteúdo de segurança, conectividade, conforto e conveniência.

A pré-venda de 200 unidades em condições especiais começou ontem, com preço sugerido de R$ 159,49 mil.

A marca N foi criada em 2015 com a missão de ampliar o portfólio de produtos da Hyundai, desenvolvendo veículos de alta performance com foco em pistas de corrida.

HYUNDAI CRETA N LINE - 4

O nome “N” é inspirado no formato das chicanes, curvas desafiadoras que exigem muita técnica do piloto e desempenho do carro; ele é também uma homenagem a Namyang, cidade na Coreia do Sul onde se localiza o centro de Pesquisa e Desenvolvimento da Hyundai, e a Nürburgring, famoso circuito de corridas europeu onde são testados os veículos N.

Em sua essência, os veículos N nascem em Namyang e são aperfeiçoados em Nürburgring.

Apesar de toda essa história no que tange a marca N, é bom deixarmos claro que o Creta N Line não é um veículo com desempenho esportivo. Ele possui, apenas, um visual esportivo e conta com pequenas alterações na suspensão.

Tanto que o motor escolhido para a versão é o 1.0 Turbo GDI de injeção direta de combustível que entrega uma potência de 120 cv, com torque máximo de 17,5 kgfm logo aos 1.500 rpm, que se mantém até 3.500 rpm.

Percebe-se que, com esse motor, o Creta N Line não se enquadra na categoria de veículos esportivos.

Mesmo assim, trata-se de um motor moderno, de alta tecnologia, que oferece equilíbrio entre economia de combustível e redução de emissões.

A transmissão automática é de seis (6) velocidades e, com o sistema Stop & Go, para desligamento e partida do motor, proporciona uma economia de combustível ainda maior.

O Hyundai Creta N Line contempla mudanças exclusivas no chassi. A versão conta com novos amortecedores e molas, que deixaram as suspensões, dianteira e traseira, mais rígidas e uma nova calibração que deixou a direção elétrica mais firme.

Continuando a história da marca N, a partir do seu sucesso, nasce poucos anos depois a designação N Line, que, com personalidade própria e design exclusivo, atende os desejos de um consumidor que busca, apenas, um visual esportivo, não necessariamente um maior desempenho.

A versão N Line do Hyundai Creta chega ao mercado com itens que destacam sua esportividade, reforçando a atual linguagem de design da Hyundai.

Disponível nas cores preto Onix, azul Sapphire, branco Atlas (com teto preto), prata Brisk (com teto preto) e cinza Silk (com teto preto), seu visual exterior conta com conjunto de para-choques dianteiro e grade frontal com novos elementos.

As novidades passam, ainda, pelas saias laterais e traseira, espelhos e barras de teto em preto brilhante, a moldura da coluna C em grafite, e o emblema N Line na grade frontal, para-lamas e rodas.

Pela primeira vez em um produto fabricado no País, o emblema da Hyundai na grade dianteira tem acabamento escurecido, no lugar do tradicional acabamento cromado.

Além dos faróis e das lanterna em LED com acabamento escurecido, o novo integrante da família Creta traz também rodas de liga leve de 17 polegadas, com design único, e a inédita saída de escapamento com duas ponteiras visíveis.

O interior da nova versão também ganhou detalhes diferenciados. Com acabamento em preto na parte interna e detalhes em grafite no volante, no painel, no console e nas portas, o Hyundai Creta N Line disponibiliza nova alavanca de câmbio, pedais esportivos em metal e banco revestido em material sintético que imita o couro com costura na cor vermelha, acabamento que também está presente no descanso de braço central, nas portas e no volante.

Já o teto solar panorâmico segue sendo um dos pontos altos da versão, oferecendo uma das áreas envidraçada mais amplas disponíveis.

O Hyundai Creta N Line aos clientes itens exclusivos do pacote Hyundai SmartSense. Entre as novidades, estão o sistema de frenagem autônomo, assistente de permanência e centralização em faixa, farol alto adaptativo e detector de fadiga, itens até então disponíveis apenas para o Hyundai Creta Ultimate, topo de linha.

O Sistema de Frenagem Autônomo age em situações em que há risco de colisão frontal com pedestres e outros veículos.

A tecnologia de Assistente de Permanência em Faixa fornece um aviso e auxilia automaticamente na condução para evitar a saída do veículo para a outra pista de forma não intencional.

Já o Assistente de Centralização em Faixa mantém constantemente o veículo no centro da pista, baseando-se para isso tanto nas faixas pintadas no chão como no alinhamento com o veículo à frente, caso não haja marcação no solo.

Para completar a lista dos recursos SmartSense, o Detector de Fadiga analisa o nível de atenção do motorista com base em fatores como padrão e tempo de direção ou quando o veículo à frente começa a se mover após uma parada sem ser acompanhado.

Nesses casos, o recurso fornece avisos como recomendação para um descanso.

Há, ainda, o sistema de Farol Alto Adaptativo que, ao dirigir à noite, detecta o brilho das luzes dos veículos que se aproximam e ajusta automaticamente a intensidade dos faróis, evitando o ofuscamento da visão do motorista que está no sentido oposto.

Após o cruzamento, a intensidade dos faróis é retomada automaticamente.

Assim como nas versões Platinum e Ultimate, a N Line tem a central multimídia BlueNaV, de 10,25 polegadas.

Há, também, um pacote exclusivo de funções do Bluelink para oferecer mais segurança, com recursos como a Smart Camera 360º, que permite também o monitoramento remoto do entorno do veículo; mais conforto, com as funcionalidades de climatização e comando de voz; e mais conveniência aos condutores, através das ferramentas de busca de pontos de interesse, localidades em tempo real, informações do tráfego e o modo guia de destino, todas atuando diretamente no GPS do veículo.

O pacote de uso do Bluelink será gratuito nos seis primeiros meses de uso. Após este período, os serviços terão mensalidade a partir de R$ 29,90.

A Hyundai iniciou, ontem, a pré-venda de 200 unidades do Hyundai Creta N Line, com exclusividade para atuais clientes fiéis da marca, proprietários de veículos Hyundai HB20 ou Creta, no site www.hyundai.com.br/nline.

As vendas regulares, nas concessionárias da marca, começam a partir do dia 24 de junho, em todo o território nacional.

HYUNDAI CRETA N LINE - 7-8 TRASEIRA ME_DIA MOTORISTA - CINZA SILK

Fotos: Hyundai / Divulgação

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br