Peugeot inicia a venda do 208, 100% elétrico, no Brasil

Da Redação

PEUGEOTe208GT_02

A Peugeot deu início, hoje, à comercialização do e-208 GT, versão do hatch 208 100% elétrica. O modelo marca o início da eletrificação da marca no Brasil.

A performance do Peugeot e-208 GT é garantida por um motor que entrega 260 Nm de torque imediatos (26,5 kgfm) e 136 cv de potência (100 kW), que permite ao modelo acelerar de 0 a 100 km/h em 8,3 segundos, informou a fabricante.

Há três modos de condução disponíveis, e a escolha fica a critério de quem está ao volante, de acordo com a necessidade do momento. O modo Eco tem como foco a otimização da autonomia; já o Drive é indicado para garantir o conforto ideal nos deslocamentos do dia a dia, enquanto o Sport prioriza o desempenho, utilizando-se da potência e torque máximos.

PEUGEOTe208GT_

PEUGEOTe208GT_26

O câmbio tipo joystick dispõe de cinco modos de seleção: P (Park), D (Drive), N (Neutro), R () e B Mode. Este último atua de modo a garantir regeneração da bateria, otimizando a autonomia do veículo.

O condutor pode escolher entre “moderado”, para sensações semelhantes às de um veículo a combustão, e “aumentado”, para uma desaceleração controlada pelo pedal do acelerador.

Com 50 kWh de capacidade, o Peugeot e-208 GT é capaz de percorrer até 340 km com carga completa (ciclo WLTP). O veículo pode ser carregado em tomadas convencionais do tipo residenciais ou em carregadores rápidos por meio de um plug (presente no mesmo local de abastecimento da versão a combustão).

PEUGEOTe208GT_68

PEUGEOTe208GT_82

O sistema é composto por um plug Type 2, para corrente alternada (AC), e plug CCS-2, para corrente continua (DC).

O carregamento começa imediatamente após a conexão do cabo, e o usuário acompanha o status a partir das luzes indicativas de recarga (branco = abertura para conexão do plug; verde: piscante = em carregamento e fixo = carga completa; vermelho = anomalia/problema na recarga). Para soltar o plug, basta destravar as portas do veículo.

O Peugeot e-208 GT pode ter 80% da bateria carregada em menos de 30 minutos, caso o usuário utilize uma estação de recarga de 100 kW (o que, na prática, significa recuperar cerca de 270 km de autonomia).

PEUGEOTe208GT_139

Os dados de utilização e consumo da bateria e do powertrain elétrico são ilustrados no painel. A bateria tem 8 anos de garantia, com limite de quilometragem de 160 mil km.

Poder de carga Tempo previsto (bateria kW a 80%):

1,8 kW (tomada doméstica) – 24h56

11 kW / 22 kW – 04h03

7,4 kW – 06h02

50 kW – 53 minutos

100 kW – 30 minutos

O Peugeot 208 marcou a estreia da produção de hatches na plataforma CMP (Common Modular Platform), uma das mais modernas do Groupe PSA. Uma das características dessa plataforma é ser multienergia, ou seja, ela pode ser otimizada para versões térmicas e elétricas na mesma linha de produção.

PEUGEOTe208GT_85

PEUGEOTe208GT_89

Assim, a marca é capaz de manter exatamente o mesmo padrão de equipamentos para toda a linha, garantindo que todo Peugeot 208 disponha dos itens de segurança e de assistência à condução do mais alto nível, qualquer que seja sua motorização.

Isso quer dizer, por exemplo, que mesmo com uma bateria de 220 litros de densidade acoplada debaixo do piso do veículo, a arquitetura da plataforma do e-208 GT permite:

–         Manter o mesmo volume de porta-malas da versão a combustão (311 litros).

–         Espaço frontal e traseiro dos ocupantes idênticos aos da versão a combustão.

–         Excelente posição de dirigir e aplicação das mais modernas tecnologias de assistência à condução.

Para rodar com plena segurança no Brasil, o time local de engenharia da Peugeot aplicou um pacote de alterações com reforços específicos para as nossas condições topográficas, climáticas e, principalmente, de pavimentação.

Uma delas é o pacote para proteção da bateria, com aplicação de chapas metálicas (ao invés de plásticas) em toda a região do assoalho e também na área abaixo do cofre. As bandejas de suspensão do e-208 GT ganharam reforços, assim como os pneus, que também tiveram as medidas mantidas, mas aqui são do tipo run flat.

O sistema de fixação da bateria de 12 volts também foi levado em conta e recebeu adaptação para garantir um funcionamento perfeito e seguro em nosso País, assim como o sistema de climatização, que sofreu ajustes para obtenção do máximo desempenho térmico mesmo em situações de elevada temperatura ambiente, ampliando o nível de conforto a bordo do veículo.

PEUGEOTe208GT_25Fotos: Pedro Bicudo / Stellantis / Peugeot / Divulgação

O Peugeot e-208 GT chega ao Brasil com o preço sugerido de R$ 244,99 mil e os 20 primeiros compradores do modelo garantirão uma estação de recarga doméstica da WEG.

Neste primeiro momento, o modelo será vendido somente nas cidades do Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo (SP). A Peugeot garante que ele chegará em outras cidades  em 2022.

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s