BMW R 1250 GS continua sendo referência no mundo das big trails

Motocicleta mostra, nos diversos tipos de uso, o motivo do seu grande sucesso

Jota  (Publicado no Diário do Comércio – Edição: 25/11/2022)

20221121_103448

A BMW Motorrad Brasil apresentou, no meio deste ano, sua versão Sport para a R 1250 GS para a linha 2022.

A big trail mais vendida do mundo é vendida em três versões: Sport, Premium e Adventure, sendo a Sport a mais simples entre elas.

Uma das mais significativas diferenças, as rodas de liga leve, foram abandonadas. A Sport passou a ter as mesmas belas rodas raiadas para uso de pneus sem câmara das demais versões, o que a torna mais próxima, visualmente, das irmãs.

Oferecida apenas na discreta e elegante cor branca, ela é menos chamativa. O que chama a atenção é o preço, praticamente R$ 20 mil a menos do que a versão Premium.

Inicialmente vendida a R$ 88,50 mil, teve o preço reajustado para R$ 94,90 mil em outubro.

20221121_103354

E qual o segredo para tamanha diferença? O principal é a ausência da suspensão eletrônica (ESA) e do quickshifter (assistente de troca de marchas que dispensa o uso da embreagem).

Além disso, mimos menos relevantes não estão presentes. O farol adaptativo, as setas multifuncionais, vários modos de pilotagem a menos (restando apenas 3 – Road, Rain e Eco) e alguns poucos detalhes no acabamento que passam despercebidos ao olhar menos atento.

Ainda assim, o modelo Sport oferece bastante ao piloto.

Entre outros benefícios, painel TFT com conectividade por bluetooth, assistente de GPS curva a curva por app BMW, monitor de pressão de pneus, aquecimento de manopla em dois níveis, protetor de mãos e cárter, entrada 12V, entrada USB, preparação para GPS, bolha regulável, ABS integral, controle de tração otimizados para curvas e piloto automático.

Rodando – Mas é ao montar na moto, ligar e começar o passeio que se torna claro o motivo de, apesar do preço, a R 1250 GS ser, há tanto tempo, a big trail mais vendida. O ronco dos 2 cilindros opostos é imponente, mas sem exageros.

20221121_103508

O banco é extremamente confortável e a ergonomia da motocicleta nos faz lembrar o trabalho de um alfaiate, tamanha a naturalidade com que braços e pernas chegam aos comandos, além da posição de pilotagem que, apesar de bastante relaxada, proporciona total domínio sobre a máquina.

Ao acionar a embreagem, já se nota a leveza proporcionada pela assistência. A primeira é engatada suavemente e o acelerador tem longo curso, o que já mostra a calibragem voltada ao conforto, como tudo mais nessa moto.

O painel, de fundo preto e área bem distribuída, privilegiando o que importa (rotação do motor e velocidade), é legível sob qualquer condição de luz e de muito bom gosto.

Você pode selecionar as informações complementares que deseja ter sempre visíveis e não há parâmetro que não esteja disponível em poucos cliques. No punho esquerdo encontram-se, à mão, os controles necessários para esses acessos.

Suavidade – A troca de marchas é suave, o motor é vigoroso, muito elástico, mas progressivo. Quase não se nota a velocidade crescendo de maneira ininterrupta.

20221121_103632

Seja a 120 ou 180 km/h, a moto é estável e ignora as irregularidades do piso, graças ao conjunto único de suspensões Telelever-Paralever, ainda inigualáveis quando se pensa em conforto e segurança na estrada.

Aliadas ao freio dianteiro otimizado para curvas, e que distribui a frenagem automaticamente para a roda traseira, é surpreendente perceber que mesmo uma frenagem de emergência em curva é absorvida sem perda de estabilidade. Um luxo!

Aliás, o segredo da R 1250 GS ser imbatível pra quem exige a presença da dupla segurança e conforto está no esqueleto: Paralever + Telelever e motor boxer.

A moto é construída a partir desse conceito, e o resultado é uma moto que se torna íntima do condutor logo após o primeiro contato. Previsível, estável, segura.

Para completar, freios da grife Brembo em ambas as rodas, com pinças radiais na dianteira e uso de malha de aço nos flexíveis para não haver perda de eficiência.

20221121_103455Fotos: João Marcos Souza (Jota)

Ainda é bom lembrar a transmissão secundária por cardã, sistema selado e de baixíssima manutenção, tranquilidade para os aventureiros e, até mesmo, para os preguiçosos.

Motor muito forte, com mais de 14 kgfm de torque máximo, e utilização suave já desde as 2.000 rpm, progressivamente mais forte até cortar perto das 9.000 rpm.

A pouca vibração não chega aos pés e mãos do piloto, o que colabora para o extremo conforto das viagens em estradas, seu habitat por excelência.

Estrada e Cidade – As estradas sinuosas também proporcionam momentos de grande satisfação, pois a vocação da GS para curvas é de fazer inveja a qualquer moto esportiva.

Obviamente, uma motocicleta com suspensões de longo curso, aro 19 e roda raiada está apta para incursões na terra, mas não dá pra esperar um verdadeiro off-road de uma moto de quase 250 kg em ordem de marcha.

p90450139-lowres-bmw-motorrad-r-1250

Devido ao centro de gravidade baixo proporcionado pelo motor boxer, à sua suavidade de funcionamento (sem solavancos, mesmo a míseros 2000 rpm), à embreagem assistida, ao proporcionalmente curto entre-eixos e ao generoso ângulo de esterço do guidão, andar com a R 1250 GS no trânsito urbano não é uma tarefa para malabaristas.

Mas o formato do motor dificulta a desenvoltura da pilotagem nos corredores, tão habitual entre motos urbanas.

O “motorzão”, com 1250 cm³ e 136 cv, pode parecer um exagero, mas é um grande aliado para longas viagens com garupa e bagagem.

A moto não sente o peso extra e mantém desempenho esportivo, tornando a diversão garantida e a segurança permanente.

Bom, depois desse relato, fica uma pergunta: Só tem qualidades?

p90450140-lowres-bmw-motorrad-r-1250

É aí que aparecem os aspectos não tão agradáveis de se ter um produto emblemático de uma marca premium.

As revisões, feitas a cada ano ou 10 mil km, têm preços salgados. As peças e acessórios originais carregam o peso e o preço da marca.

Como exemplos, uma película para o painel custa R$ 700,00 e, um protetor de motor, mais de R$ 4 mil.

Mesmo a revisão inicial, feita aos 1000 km, custa mais de R$ 1 mil. O preço de manter a garantia de 3 anos é passar por essas revisões.

Uma outra questão que entra em jogo, quando se dispõe a viajar de “primeira classe”, é o que se espera como destaque.

p90450138-lowres-bmw-motorrad-r-1250-e1643723369594Fotos Estúdio: BMW Motorrad / Divulgação

Se o que você procura é muita emoção e esportividade, a Ducati Multistrada V4 fará você muito mais feliz.

Se quer fazer um off-road com extrema competência em uma big trail, você poderá escolher entre a KTM 1290 e a nova Triumph Tiger 1200.

De qualquer modo, a BMW R 1250 GS, ou apenas GS para os íntimos, continua a ser referência no mundo das bigtrails.

O binômio segurança-conforto permanece como referência para os amantes das longas viagens.

Ficha T´écnica:

Motor: Boxer bicilíndrico a quatro tempos de refrigeração ar/líquido, 8 válvulas e sistema variável de distribuição BMW ShiftCam.

Potência Máxima: 136 cv às 7.750 rpm

Carburação/Gestão do Motor: Injeção Eletrônica

Embreagem: Multidisco em banho de óleo, acionada hidraulicamente.

Transmissão: Seis velocidades com veio de sincronização

Quadro: Conceito de quadro bipartido com seção principal e com a traseira aparafusada, motor autoportante.

Suspensão Dianteira: Telelever BMW Motorrad, diâmetro das bainhas 37 mm, amortecedor central.

Suspensão Traseira: Monobraço oscilante em alumínio fundido com Paralever BMW Motorrad; amortecedor WAD (amortecimento dependente do curso), afinação hidráulica contínua da pré-carga da mola por manípulo, afinação da expansão por manípulo.

Curso Dianteiro/Traseiro: 190 mm/200 mm 

Roda Dianteira/Pneu Dianteiro: 3,00 x 19″/ 120/70 R 19

Roda Traseira/Pneu Traseiro: 4,50 x 17″/ 170/60 R 17

Freio Dianteiro: Dois discos flutuantes, diâmetro de 305 mm, pinças radiais de quatro pistões.

Freio Traseiro: Disco simples, diâmetro de 276 mm, pinça flutuante de pistão duplo.

Entre-Eixos: 1.514 mm

Comprimento: 2.207 mm   

Altura (sem espelhos): 1.430 mm

Largura (com espelhos): 952 mm

Peso: 249 kg 

Capacidade do Tanque de Combustível: 20 litros

Reserva: Aproximadamente 4 litros

Acesse o nosso site: http://www.diariodocomercio.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s